terça-feira, 19 de maio de 2020

VAMOS FUGIR

Precisamos fugir das notícias venenosas. Antes da doença  do século, não podíamos mais ligar a tv porque era somente aquilo: crimes hediondos não punidos.  Agora os crimes continuam, mas por um sujeitinho invisível a olho nu, que colocou o mundo inteiro genuflexo. E os outros continuam, só que estão sendo colocados em segundo plano.

Então, fujamos das notícias. Uma olhada não faz mal. Mas o ficar grelado ao pé da TV ou nas redes, faz mal. Com ele (l).

Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

Quem faz o que pode, não fica a dever.