sexta-feira, 30 de setembro de 2022

ALÍVIO

Próximo da hora das eleições que ocorrerão no próximo dia 2, há eleitores que sentirão um grande alívio depois daquele dia.

Segundo eles, o acirramento, o barulho, as disputas, sufocam-lhes.

PROVÉRBIO

Quem guarda, tem.

quinta-feira, 29 de setembro de 2022

FOMES

As fomes do mundo são muitas.

A do saber é estrondosa. Do saber sustentável, claro. Saber besteirol não serve para nada.

Saber, por exemplo, muitas palavras interessantes. Em suma, um bom vocabulário. Saber muitas histórias, muitas ideias interessantes. 

A fome da comida já são outros quinhentos. São quinhentos que muitos pensam que só é dela que as pessoas precisam.


PROVÉRBIO

Quem guarda com fome, o gato come (Ceará).

quarta-feira, 28 de setembro de 2022

PROVÉRBIO

Quem faz o que pode, não fica a dever.

O PENSAR E SUAS CONEXÕES

O pensar, o ler, o escrever, o desenvolver têm conexões fortes, se levarmos em consideração a produção textual, entendendo-se aqui o texto como um ato produzido pelo interlocutor não só escrito, mas oral também.

terça-feira, 27 de setembro de 2022

DIAS NUBLADOS

Voltam os dias nublados para quebrar a rotina dos dias ensolarados. 

São obras da natureza que nos ensinam que precisamos quebrar a rotina sempre que ficarmos incomodados com ela.

ÂNIMOS

Os ânimos nesse período, sempre, sempre, ficam mais animados acima do normal.

Há ânimos que que ficam tão animados que chegam a animalizar, a dos limites passar, numa velocidade freneticada, num andar sem freio, que nadinha os farão esbarrar.

Ainda bem que tudo é onda. Ela sobe, sobe, sobe, sobe, até chegar o dia agar. Depois baixa, baixa e baixa. E ninguém mais se lembra.

PROVÉRBIO

Quem faz o cavalo é o cavaleiro.

segunda-feira, 26 de setembro de 2022

COISAS DA GRAMÁTICA

O grande valor da gramática

A espinha dorsal de um texto - a despeito das modernas opiniões sobre o assunto - é a gramática.

Se alguém é um bom leitor de textos bem articulados, ele tem a chance de escrever bem e terá mais chances ainda se entender pelo menos o básico da gramática.

A gramática disciplina as palavras, as frases, o texto em geral quando o leitor de textos de bem  articulados está de caneta na mão ou os dedos dedando o teclado.

Se o leitor entende bem do assunto que está a escrever e ainda por cima, sabe concordância verbal, terá mais chances de escrever Aqueles meninos gostam muito de ler os clássicos e não Aqueles menino gosta muito de ler os clássico.


PROVÉRBIO

Quem faz bem, faz para si.

domingo, 25 de setembro de 2022

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

A MELHOR COISA  (Maria Eugênia Celso)

Qual a melhor, ó criança,
Das coisas todas que vês?
O mar que nunca se cansa,
A flor que o vento balança,
O ninho que a rola fez?...

O brinquedo com que brincas,
A bala doce que trincas,
O peralta do teu cão?
O livro que histórias conta,
Ou a lua que desponta
Lá no céu, como lampião?...

O sol, que da terra ao fundo,
Torna o grãozinho fecundo,
Melhor que tudo será?...
Desde o sábio mais profundo
Aos mais pobre vagabundo,
Nada é melhor neste mundo
Que a mamãe que Deus nos dá!

DE HOJE A OITO

De hoje a oito dias o país para para escolher novos administradores dos recursos públicos. Em tempos modernos, não se fala mais nisso: administradores. Somente os mais velhos que ainda teimam em expressões que não se usa mais. Agora quem cuida dos bens pecuniários são os gestores. O outro poder a ser posto lá nas alturas são os legisladores, que não são inferiores em poder. Eles também gestam as pecúnias quando propõem leis que regulam os poderes dos administradores.

Novo lixo 

Há um novo lixo na rua. Um lixo de uma época, digamos.

Tropeçamos cotidianamente nessas coisas por serem jogadas, descartadas. Cabeça, tronco e membro. 

Uns jogam fora por não apoiarem; outros, por não preservarem a natureza ou terem o costume de preservarem a história estampada naquilo que agora é lixo, mas no futuro é material histórico vivo.




sexta-feira, 23 de setembro de 2022

quinta-feira, 22 de setembro de 2022

ELE VAI TE AJUDAR

Se você precisar de alguma coisa, dentro das possibilidades, ele vai te ajudar.

Agora, é necessário que ele seja ajudado primeiro.

Deves seguir o mandamento que diz:

Ajude-me e serás ajudado.

Ele tem a fórmula de resolver os problemas que os outros não o fizeram por falta de competência ou até vontade de fazer.

Precisando de ajuda, procure logo, porque o prazo já está se esgotando e o mandamento não será mais observado.

PROVÉRBIO

Quem fala no diabo olha pra porta (Gaúcho).

quarta-feira, 21 de setembro de 2022

COISA DA GRAMÁTICA

Conglomerado verbal 

Andar numa roda viva: não descansar um só instante.

JOSÉ ALBERTO

Faleceu ontem José Alberto. Era conhecido por Dedé do ônibus.

Em tempos de Orkut, alguém fez uma página denominada "Quem andou no ônibus de Dedé".

Trabalhou há muitos anos na profissão de motorista do ônibus da prefeitura de Upanema.

O ônibus era especial para levar os alunos para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.


PROVÉRBIO

Quem fala muito, dá bom dia a cavalo.

PONTAPÉ

Em sentido positivo, o pontapé é a atitude de todos que pensam em um bom começo ou num recomeço. 

É atitude para quem quer de fato progredir nas suas ações e produzir bons frutos, sem atentar para as mesmices dos mesmos que se diziam os detentores do saber, do poder e até do supra-sumo do querer.

Pontapé, sem arrebentar a porta dos outros, mas um bom pontapé da que poderá abrir as portas interiores e proporcionar no final, um vibrante aquele abraço.

terça-feira, 20 de setembro de 2022

ANO DE MOVIMENTO

Por uns meses, o país vive em rebuliço de vários matizes.

O matiz política e o futebolístico predominam. A população só tem olhos para isso.

De repente, tudo passa e volta ao que era antes. E o mundo piora numas coisas e melhora noutras. E chega o tempo de folia de novo. E o ciclo continua. E vira e desvira, e volta para o mesmo lugar e torna a voltar e piorar ou a despiorar. E já está chovendo de novo, para apagar a poeira do ano que passou.

PROVÉRBIO

Quem fala assim, não fala fanhoso.

segunda-feira, 19 de setembro de 2022

PROGRAMA NOITE NA WEB

Estivemos hoje no programa "Noite na web", na Web Rádio Independência, de Edgar Lopes.

Estivemos a convite de Edgar para comentar o livro de Silva Júnior que relata sobre Jaime Americano. O autor falou acerca dos motivos que levaram a produzir e publicar o livro.

Foi uma conversa descontraída. 

Quem quiser ver o programa é só acessar o Face na web Rádio Independência.

PROVÉRBIO

Quem está no bom, está calado; quem está no ruim, está danado.

domingo, 18 de setembro de 2022

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

DO ALMANAQUE

Agricultura - Clima: os dias já são mais quentes.
Na horta transplantam-se agrião, aipo, alface, alho-poró, berinjela, brócoli, chicória, couve, couve-flor, jiló, morango, repolho e tomate; em canteiro definitivo plantam-se abóbora, abobrinha, acelga, beterraba, cebola, cebolinha, cenoura, ervilha, espinafre, feijão, melancia, mostarda, nabo, pepino, pimentão, quiabo, rabanete, rúcula, salsa, milho, lentilha, araruta e café. No jardim plantam-se alpina, amor-perfeito, begônia, boca-de-leão, cravina, cravo, dália, gerânio, girassol, margarida, onze-horas, papoula, petúnia, rainha-margarida e violeta-africana. (Almanaque Renascim, 1986, página 21).

O QUE É A VIDA?

Etimologicamente, o termo BIOLOGIA significa 'estudo da vida' (do gr. bios, 'vida'; logos, 'estudo'). Todavia, dar uma definição para a vida tem sido, através dos tempos, uma tarefa sempre frustrante para cientistas, filósofos e lexicólogos. Nos dicionários, é comum encontrarmos definições de vida que a qualificam de "um complexo de propriedades, como nutrição, respiração, excitabilidade e reprodução, que caracteriza a matéria vivente e a distingue da matéria não-vivente, chamada matéria-bruta". Mas o que anima essa matéria, emprestando-lhe a dinâmica que lhe permite desencadear toda aquela atividade e que, às vezes, cessa tão bruscamente com a morte? (Biologia, volume único, José Luis Soares, página 7, Editora Scipione).

ORIGEM DAS PALAVRAS

Arapuca - armadilha para pegar passarinho; embuste.

Do tupi urupuca (grafia também muito usada), o cesto que desaba. O sentido evoluiu para designar uma casa de comércio onde não se respeitam a leis da ética comercial. (Dicionário da origem e da evolução das palavras, Luiz A. P. Vitória).

Cair na arapuca significa ser pego em uma armadilha - em sentido figurado. alguém bola um plano para pegar alguém em algum falta. Assim, infelizmente, ele caiu na arapuca.

Arapuca em sentido literal é aquela armadilha quase extinta hoje, mas que no nosso tempo de criança era comum seu uso para apanhar passarinhos quando não era possível através da atiração de espingardas ou baladeira. Às vezes não se pegava passarinho para o consumo, mas para criá-los em gaiolas, já que as arapucas não feriam o bichinho.

DO LIVRO DOS MIL PROVÉRBIOS - Ao acusarem-te com o mal, responde com o bem.

sábado, 17 de setembro de 2022

QUE PALAVRA!

Coivara - Pilha de ramagens não atingidas pela queimada proposital de roça, que se incineram para limpar o terreno e adubá-lo com as cinzas (Aurélio).

sexta-feira, 16 de setembro de 2022

TERRA DOS PEGAS

Muito antes do desligamento de Campo Grande, antes ainda de se tornar vila, a terra viu os índios, denominados pegas. 

Era gente que sobrevivia dos recursos naturais disponíveis naquele tempo. Viviam dum nomadismo no próprio território. Mudavam de lugar conforme o tempo em que houvesse água.

Já a Upanema da emancipação sessenta e nove anos está bem distante daqueles primeiros habitantes. 

CRÔNICA

O encontro

Depois de viajar muitos quilômetros, léguas e léguas, tendo vindo para uma missão até então não revelada e entendida, aquele sujeito, já na maioridade, mas com cara de jovem, se depara com um alguém.

E quem era?

Uma jovem, que sem nunca o ter visto, nem ouvido falar, mas somente de sua terra longínqua, poderosa e muito conhecida pelas notícias que saíam na TV, o recebe de braços abertos.

A princípio, tanto ele como a jovem - que tinha apenas quinze anos - ficaram olhando um para o outro, sem saber nem ter o que dizer. Ele, por não conhecer bem o vocabulário da interlocutora, ficou observando e ao mesmo tempo ouvindo o que ela tinha para dizer. Ela, às vezes gritava, às vezes falava tentando fazer com que o interlocutor entendesse. Algumas vezes chegou a rir da perplexidade do estrangeiro, que fixava o olhar nela, em sua simplicidade e total desconhecimento do objetivo por que ele estava ali, diante dela.

- Veio para ficar? O que está fazendo aqui? De onde és tu, estrangeiro?

Ela sabia que ele era estrangeiro, pois a fala era bem diferente da dela. Eram apenas balbucios, frases soltas, desarticuladas e faltando palavras para completá-las.

E aos poucos, depois de se explicar, começou a dizer a ela o que estava fazendo ali. O básico foi entendido no primeiro encontro. 

Passou o tempo. Agasalhou-se. Adaptou-se aos seus costumes e suas comidas. Aprendeu o "tá cedo", depois de algumas mancadas. Aprendeu também que podia recusar uma comida se já estivesse de barriga cheia. Prestou algum serviço a ela. Depois de cumprida a missão, despediu-se e voltou para sua terra. Ele já tinha mais de vinte anos.

Será que ele algum dia voltaria a revê-la? Talvez. 

E voltou. Encontrou-a bem mais velha, assim como ele. Agora se despede de novo dela, faltando menos de um mês para os 69 anos, mas promete voltar outra vez.

PROVÉRBIO

Quem está na beira, está pra cair (Pará).

BONS ATACANTES E BONS GOLEIROS

Numa partida de futebol, bons goleiros podem decidir a partida. Mas não farão sozinhos, sem uma zaga boa e um ataque idem.

Em outros tipos de partidas, fora do esporte, as comparações são pra lá de parecidas.

Há jogadores que jogam principalmente na defesa. Defendem-se o tempo todo e não têm tempo para fazer jogadas positivas. Quando sobra um tempinho, vão para o ataque. Aí é a hora do adversário reclamar.

- Ele só faz atacar!

Os atacantes têm papel preponderante na partida. Atacar faz parte desse jogo, mas, ao contrário do outro, não é o principal, mas as belas jogadas, e têm outro nome: propostas de projetos possíveis sem demagogias. 


quinta-feira, 15 de setembro de 2022

NOME PRÓPRIO CERTO

Judite e Edite

Os nomes próprios Judite e Edite devem ser escritos assim e não com penduricalhos como é de costume nos nomes próprios.

A dica é do mestre Sacconi.

DESVALOR IMATERIAL

Incoerência

É do ser humano defender a coerência e ser incoerente na primeira oportunidade que tem de ser coerente.

Pois bem. Vemos muita gente e instituições assim neste presente século. Eles não estão nem aí nem aqui pelo fato de não serem coerentes. Afinal, ser incoerente não mata ninguém nem dá provoca gripe!

PROVÉRBIO

Quem está de fora, joga melhor.

quarta-feira, 14 de setembro de 2022

FELICIDADE

A felicidade é um caminhão carregado de material subjetivo.

Ela pode estar em todos os lugares em que haja paz e disposição das almas e corpos.

Ela está onde não só a intenção impera, mas os bons atos.
 
Fazer o bem gera felicidade para quem o faz.

PROVÉRBIO

Quem espera de mão alheia, não janta nem ceia.

terça-feira, 13 de setembro de 2022

AOS BONS LEITORES

Aos bons leitores, boas leituras

Os bons leitores, por natureza, não conseguem ler leituras infrutíferas ou involumosas.

Ao bom leitor interessa a riqueza. A riqueza que lhe interessa é a do vocabulário, porque o bom leitor quer produzir de forma oral e escrita com uma carga positiva de novidade de ideias. Ele sabe que precisa de boas leituras para ser nutrido do saber que vem do centro da intelectualidade.

Leituras frutíferas e volumosas. É disto que esta geração precisa.

PROVÉRBIO

Quem é visto, é lembrado.

segunda-feira, 12 de setembro de 2022

POSSE DE BOLA

Há muitas vantagens para quem está com a posse da bola. Para tirar do pé do outro precisa ter força de vontade ou competência.

Se tem o domínio, pode quase tudo, mas sempre, ou quase sempre, pensa que pode tudo, atropelar o adversário e ainda por cima, não deixa de achar - inclusive os torcedores - que a posse da bola nunca sairá dele.

O tempo de jogo corre - veloz para quem tem a pelota - eterno para quem não a tem.

Corre o tempo e não se vê que ele anda tão normal do mesmo jeito de tempos passados. 

O tempo passou tão rápido. Está mais rápido do que no passado, dizem com convicção alguns. Ledo engano! Estreita visão de ótica!

A posse em algum momento passa! Uma hora passa, e será dominada por um tempo para que o detentor marque gols, feios ou bonitos.

PROVÉRBIO

Quem é infeliz, cai de costas e quebra o nariz.

domingo, 11 de setembro de 2022

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

LANÇAMENTO

Na sexta-feira passada - 8 de setembro - ocorreu o lançamento do livro sobre Jaime Americano. 

Para entendermos como foi que um americano tornou-se o personagem central de um livro em Upanema, precisamos dar muitas voltas. E para darmos essas voltas, precisamos ler o livro, uma obra de duzentas e quarenta e quatro páginas. 

É o primeiro livro do professor Antonio Eudes Barbosa e Silva Júnior. O título é: Missão: Jaime Americano, que conta a história de um voluntário do Peace Corps no Brasil, mais precisamente em sua cidade, Upanema, entre os anos de 1968 e 1970.

Silva Júnior é concluinte da primeira turma do programa de Mestrado ProfHistória da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN, e o livro faz parte do produto final desenvolvido ao longo do curso.

Os interessados em adquirir o livro podem entrar em contato com o autor pelo email eudeslandupanema@gmail.com ou pelo WhatsApp 84 9 9905 2860.

DO LIVRO DOS MIL PROVÉRBIOS - Foge antes do mau povo que do mau príncipe.

sábado, 10 de setembro de 2022

QUE PALAVRA!

Chicote-queimado

Brinquedo infantil em que uma criança esconde um objeto que deverá ser procurado pelas outras (Aurélio).

Divertimento, brinquedo de rapazes, cujas faltas são punidas com um lenço torcido e forma de chicote (Silveira Bueno).

Nem preciso jurar para afirmar que nunca brinquei dessa brincadeira. Apenas ouvi falar muito, mas nem vi ninguém brincar na minha infância.

sexta-feira, 9 de setembro de 2022

QUESTÃO GRAMATICAL

Meia preocupada

Não existe alguém meia preocupada.

Segundo a gramática, meio, como advérbio, é invariável. Como adjetivo, varia. Quando usamos meio no exemplo acima, ele dá ideia de intensidade e não de metade. 

Então, devemos dizer: Ela está meio preocupada.


PROVÉRBIO

Quem é feio, volta pelo caminho que veio.

quinta-feira, 8 de setembro de 2022

UMA VIAGEM

Quem já passou dos cinquenta e não viajou ontem aos anos setenta e oitenta, e ainda por cima, com uma saudade maltratante?

Ontem, dia da pátria amada Brasil, sempre é dia de ter saudade dos tempos difíceis de escola, mas ao mesmo tempo, tempos gostosos quando nos referimos a práticas simples, como a do desfile cívico.

PROVÉRBIO

Quem é desconfiado, mora na ponta da rua.

quarta-feira, 7 de setembro de 2022

SINÔNIMO DE SAUDADE

O Sete de Setembro é sinônimo de saudade. 

Não é demais repetir todos os anos nesta data que os desfiles que eram realizados faziam um bem danado a todo mundo e nos deixaram marcas profundas no nosso ser.

A escola era encarregada de organizar o desfile, desde o ensaio até o dia sete, entre a tarde e a noite.

Os ensaios eram eram realizados próximos das escolas e ganhavam as ruas da cidade. No dia, era aquela satisfação para todo mundo, desde o aluno até os familiares e vizinhos.

Uma dívida - O sistema de ensino hoje tem essa dívida para com a sociedade e especial para com o alunado.

PÁTRIA

Nação que serviu de berço a uma pessoa, ou da qual esta faz parte como cidadão. Terra natal, parte de um país em que alguém nasceu. (Enciclopédia Brasileira globo, volume 8)

O GOSTO

O gosto
Depende de cada paladar
E a maneira como se ouve
Do jeito como escutamos
Quando alguém está a pronunciar.


PROVÉRBIO

Quem é coxo, parte cedo.

segunda-feira, 5 de setembro de 2022

NO AVIÃO

O título deste despretensioso texto poderia ser "Como pássaros", mas "No avião" bem que substitui bem e dá o mesmo sentido.

No avião ou como pássaros todos estão quando o assunto é entender o que está se passando com as coisas referentes à política partidária. 

Há, sim, os que dizem não estar no avião. Esses acham-se preparadíssimos, iluminados e iluminadores e uns verdadeiros entendedores do assunto e até com a capacidade intelectual de acusar os contrários de não terem a honestidade quando se refere ao posicionamento político. 

Os demais, os verdadeiros honestos, que sabem respeitar os contrários, estão como pássaros ou como quem estar num avião: voando alto.

PROVÉRBIO

Quem dorme em pé, não cai da cama.

TARDE NEBLINOSA

Ontem tivemos uma manhã nublada em alguns momentos e culminou com uma tarde com pequenas pancadas de neblina, que deram para produzir goteiras nos telhados.

domingo, 4 de setembro de 2022

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

COMO ESTÁ O TEMPO DE MANHÃ

Poucas nuvens. O sol se esconde, mas deixa escapar algum brilho. O vento venta pouco.

CONGLOMERADO VERBAL - Andar com a pulga atrás da orelha significa andar desconfiado.

QUESTÃO GRAMATICAL 

Algoz - Como devemos pronunciar esta palavra?

Apesar de ser uma palavra tão pequena e da língua portuguesa, são muitos os que tropeçam na pronúncia. Ontem mesmo, numa rede social,vi alguém, de relativa cultura, se considerarmos sua formação superior e alguém influente na sociedade, pronunciar de maneira inadequada, conforme a gramática.

Segundo os melhores dicionaristas, a letra ó da palavra algoz deve ser pronunciada com som fechado. É como se algoz tivesse um acento circunflexo: algôz e não um acento agudo: algóz.

DO LIVRO DOS MIL PROVÉRBIOS - A justiça do príncipe nutre o povo no amor e no temor.

ANOTAÇÕES DE INEZ - Luiz Cândido Bezerra foi prefeito em dois mandatos. O primeiro (1970-1972). O segundo (1983 a 26/05/1986)

sábado, 3 de setembro de 2022

QUE PALAVRA!

Chico

Designação afetiva de macaco (Aurélio).

Pequeno. Hipocorístico de Francisco (Silveira Bueno).


sexta-feira, 2 de setembro de 2022

MINHAS REGRAS

Minhas regras não podem ser executadas, visto que não vivemos isolados. E por conseguinte, somos desprovidos de regras próprias para o bem viver e o bem funcionar da sociedade.

O mundo, lembremos, não gira ao nosso redor.

PROVÉRBIO

Quem desconfia, fica sábio.

quinta-feira, 1 de setembro de 2022

CANDIDATOS

Quem se arrisca numa candidatura a mergulhar no conhecimento técnico das palavras, no saber literário, enfim, no mergulho nas leituras mais profundas, desprovidas de superficialidades e trivialidades?

Quem se candidatará para ter sua eleição no governo dos esclarecidos?

PROVÉRBIO

Quem de mel se faz, abelhas lhe lambem.

VEM DEZEMBRO

Como diz a canção "Vai , meu irmão", interpretada por Antônio Marcos, vem dezembro e eu cansado. Pois é. Já chegamos em dezembro d...