quarta-feira, 28 de junho de 2023

METAMOS PROSA

Se há muita prosa
Metamos poesia
Para suavizar
Tudo que está pesado
No fim do dia.

Se há muita poesia
Metamos prosa
Para contar em palavras
Mais densas
E dar mais cheiro à rosa.

PROVÉRBIO

O pé conhece caminho, mas dá topada (Francisco Ildefonso, Chico Preto - Citado por Câmara Cascudo em O tempo e eu).

terça-feira, 27 de junho de 2023

PROVÉRBIO

Peixe tem todo o mar e engole anzol (Francisco Ildefonso, Chico Preto - Citado por Câmara Cascudo em O tempo e eu).

segunda-feira, 26 de junho de 2023

domingo, 25 de junho de 2023

DOMINGO

LINGUAGEM DO NORDESTE 

Antão

Em "Os tambores de São Luís", de Josué Montello, lemos um diálogo, no qual Samuel dirige-se a Damião nesses termos:

- Antão é tu, Damião? E sozinho na estrada? Cadê tua gente, cumpanheiro? Nunca mais ouvi falá de ocês. Tá tudo vivo?

A fala acima, apesar de nomearmos como do Nordeste, não há uma uniformidade entre os falantes. Longe disso. Os que falam daquele jeito são os não ou pouco escolarizados.

O "antão" é substituído por "entonce" ou "então".


sábado, 24 de junho de 2023

QUE PALAVRA!

Chávena

Do malaio chavan, do chi.  Chakvan. S.f. xícara (Minidicionário Escolar Silveira Bueno, com etimologia).

Xícara, sobretudo para chá. (Aurélio)

Xícara grande, média. Chávena de chá. (Dicionário escolar das dificuldades da língua portuguesa - Cândido Jucá Filho)

Xícara; taça. No Brasil é palavra literária, em Portugal é ao contrário: chávena é a palavra usual como xícara o é entre nós. (Silveira Bueno)

Encontramos chávena em Machado de Assis:

Iremos votar, decerto, tu e eu, mas há de ser depois de me haveres lido e bebido a chávena de café. (A Semana II, página 96, em Obras Completas). 

sexta-feira, 23 de junho de 2023

CHÁVENA

Tomar uma chávena de café ou chá é um hábito arraigado dos brasileiros.

A expressão "chávena de café ou chá" é que não é usual.

É uma bela metonímia. Isso é.

ARRAIÁ NO ALFREDO

É hoje na Escola Estadual Professor Alfredo Simonetti o arraiá, denominado de "Arraiá do Alfredão".

Na programação, haverá comidas típicas. 

FOGUEIRAS

São poucas as fogueiras de São João nesses dias modernos. 

A tradição é, aos poucos, quebrada.

Até os traques são poucos. Restam as quadrilhas, pamonhas, canjicas e músicas juninas.

PROVÉRBIO

Tolo é o cão que enjeita o osso que lhe dão.

ESTILO

A maneira como atuamos, agimos, escrevemos, pintamos.

Eis o estilo.

quinta-feira, 22 de junho de 2023

EM RITMO

Em ritmo de recesso escolar

Por uns dias, as escolas públicas dão uma parada, com nome de recesso escolar de meio de ano.

Será a partir de amanhã, com volta no dia 3 de julho, uma segunda-feira.

PROVÉRBIO

Todos vivem neste mundo, mas poucos sabem viver.

quarta-feira, 21 de junho de 2023

ARRAIÁ NO CALAZANS

Duas turmas de terceira série do Calazans montaram barracas em frente ao colégio. 

Nas barracas encontraremos comidas típicas e muito mais. 

Haverá quadrilha.

Será hoje à noite.

PROVÉRBIO

 Todo barato sai caro.

A PETECA

A peteca bem jogada não cairá com facilidade.

Poderá cair, caso os jogadores não atentarem para o manejo. 

Há quem consiga dominá-la por um bom tempo, mas sempre terá o risco de num dado momento, num pequeno enrolar-se, ela cair contra seu gosto.

Não há super-superes que não deixe a peteca cair.

terça-feira, 20 de junho de 2023

BOM JESUS

O time de Bom Jesus, no município de Campo Grande, foi campeão no domingo passado, 18, na final com o Cabeça do Boi, também daquele município.

A partida foi transmitida pela Webrádio independência, com conexão com a rádio 104,9 de Campo Grande.

A partida ficou em zero a zero. Os pênaltis decidiram o título.

PROVÉRBIO

Todo boi, enquanto vivo, pasta.

domingo, 18 de junho de 2023

DOMINGO

ANOTAÇÕES DE CÂMARA CASCUDO 

Trapiazeiro - O engenheiro-arquiteto Herculano Ramos residiu muitos anos em Natal, construindo edifícios públicos e, sobretudo, sendo o arborizador da cidade, devastada pela incurável dendrofobia prefeitural subsequente. Vendo Herculano transplantar um alentado trapiazeiro para diante da residência de Olímpio Tavares, princípios da então Sachet, o capitão Brito apostou, em 1910, as próprias barbas contra o bigode de Herculano Ramos, como a planta sucumbiria dentro de um ano. Herculano deixou Natal em 10914 e o trapiazeiro continuou forte e virente. Sabendo que o engenheiro passava para o Ceará, o capitão Brito foi a bordo, entregar-lhe as barbas, perdidas na aposta. Tudo se transformou em abraços e cerveja Porter, no bar do navio. O trapiazeiro veio até 1930 quando foi abatido às machadadas, com intuitos de embelezamento urbanístico. (O tempo e eu, página 65)

NOSSO TRAPIAZEIRO - Havia, em nossa casa da Lagoa Seca, bem no quintal, um trapiazeiro. Chamávamos o pé de trapiá, em referência à fruta.

ORIGEM DE TRAPIÁ - Planta da família das caparidácias, também chamada catauri. Do tupi tarapi'a. (Dicionário etimológico Nova Fronteira)

A MARAVILHOSA INTERNET 

Oferece às pessoas presentes a oportunidade de rever o que viu e ver o que nunca viu.

NO ENTRETANTO

Não é todo mundo que sabe controlar os instintos da grande rede. Jovens e velhos - não necessariamente nessa ordem - de todas as idades estão perdendo a visão e o tempo com besteiróis de todos os tamanhos e matizes.

sábado, 17 de junho de 2023

QUE PALAVRA!

Dantes - antes, antigamente (Aurélio).

Dantes

Uma palavra erudita. Uma boa pedida para aqueles que querem alargar o vocabulário e escrever bons textos.

MANHÃ CINZA

Horizonte, até onde a vista alcança, cinza.

O azul se esconde nela. O sol, por sua vez, nada fiz quando vai meter a cabeça.

É o quadro dessa manhã de sábado.

segunda-feira, 12 de junho de 2023

O MENINO VEM AÍ

O menino vem aí, diz a imprensa.

Traz seca pra uns e chuvaradas pra outros.

PROVÉRBIO

Só galinha é que dorme cedo. (Rodrigo Cambará em "O continente", obra de Érico Veríssimo, num momento em que um dos jogadores disse que já era tarde).

domingo, 11 de junho de 2023

DOMINGO

PRECISO DESLIGAR - Preciso entender a hora em que preciso desligar. Às vezes precisamos desligar algo que estamos estamos no comando e incomoda os outros e prejudica a nós mesmos. No passado era o rádio, e depois, a TV. Agora o celular. Mas não culpemos somente o celular. Muitas vezes são as palavras, a verborragia desenfreada. Verborragia desenfreada é um pleonasmo. E pleonasmo não é erro de linguagem. Pode ser se for o vicioso. Vício não presta nenhum. Nem um. Nem unzinho.

Voltemos ao ato de desligar. Diz-se algumas vezes com alunos que chegam na aula e não param um instantezinho para dar oportunidade de o professor iniciar os trabalhos. Então diz-se: 

- Onde é que a gente desliga aí para você parar de falar um pouquinho?

HÁBITOS E VÍCIOS - Há hábitos que tornam-se vícios. Certos bordões que introduzem a fala em direção aos interlocutores que substituem um bom dia podem não soarem bem aos ouvidos dos que os recebem. É as palavras cortam e sangram sem derramar sangue. Ferem e não deixam marcas materiais, mas invisíveis.

PONTO - Há uma gama de significados à palavra ponto na língua portuguesa e ainda preferimos algumas vezes dizê-la em inglês: point.

Ponto - Vestígio minúsculo deixado por uma ponta aguçada na epiderme, num pano, num papel etc. O lugar marcado por essa ponta. A marca de partida, de início de uma ação, movimento, traçado etc. (Silveira Bueno).

CARTÃO - De todos os cartões, o mais contundente é o vermelho, aplicado no futebol.

DELETREAR - Ler mal. Deletrear é uma daquelas palavras que não ouvimos ninguém dizer, e por isso exclamamos: 

Que palavra!

ENCOMENDAMENTO DOS MORTOS - O costume dos encomendamentos dos mortos é antigo. O escritor maranhense Josué Montello, descreve uma cena em seu livro "Os tambores de são Luís":

Novamente havia passado a estação das grandes chuvas. Vinham agora as noite límpidas, de céu estrelado, com os bandos de garças e de guarás voando baixo pelo cair da tarde, Aos domingos, na capelinha, o velho Quincas Nicolau, todo curvado, sempre com um bastão para escorar o corpo, a barbicha rala algodoando-lhe o queixo, , fazia as vezes do padre,  numa espécie de missa a seu modo, e era também que fazia os batizados e encomendava os mortos à beira da cova,. 

As orações que fazemos pelos falecidos expressam principalmente a nossa fé cristã no mistério da morte e da ressurreição de Jesus.

Afinal, a aparência negativa da morte só é superada pela manifestação pessoal e comunitária da nossa fé pascal. Para nós, não existe outra esperança de vida após a morte senão em Jesus Ressuscitado. Por isso, a encomendação dos mortos é um ato de confiança em Deus e de entrega da pessoa falecida à sua misericórdia. (Do blog Devoção e Fé).

ALFABETIZAÇÃO - Quase não dá para a gente acreditar que num mundo tecnológico, com ferramentas as mais variadas, o analfabetismo  no país seja uma realidade. E ainda: não há horizontes para encontrar-se a solução.

QUANDO UMA CRIANÇA PODE SER CONSIDERADA ALFABETIZADA?

Dentre as habilidades necessárias para serem considerados alfabetizados, o MEC estabeleceu que os estudantes precisam: 

Ler pequenos textos, formados por períodos curtos e localizar informações na superfície textual. Produzir inferências básicas com base na articulação entre texto verbal e não verbal, como em tirinhas e histórias em quadrinhos;

Escrever, ainda que com desvios ortográficos, textos que circulam na vida cotidiana para fins de uma comunicação simples como: convidar ou lembrar algo, por exemplo. (Do "Diário do Nordeste").


sábado, 10 de junho de 2023

QUE PALAVRAS!

Bandolim - Espécie de guitarra com quatro cordas duplas, que se toca com palheta. 

Banjo - Certo instrumento musical de cordas com caixa de tambor; guitarra norte-americana

Pistão - Peça mecânica de motor de explosão; êmbolo; certo instrumento de música.

(Silveira Bueno)

São instrumentos muito pouco conhecido entre nós.

Em Solo de clarineta livro de Érico Veríssimo narra um trecho em que os instrumentos acima são mencionados: Em cima dum estrado a orquestra do Quirino marca o compasso das danças. (Quirino toca bandolim, é do tempo das valsas e não gosta o jazz.

Querem jazz? Lá vai jazz! Transformou sua orquestra de flautas, cavaquinhos, violões e bandolins num jazz como os das fitas de cinema, uma banda barulhenta com pancadaria, saxofone, trombones, banjos e pistões.


sexta-feira, 9 de junho de 2023

RETIRADA

Nesses dias houve uma retirada das chuvas e uma chegada com mais intensidade dos bichinhos atormentadores, que gritam nos ouvidos e picam se a gente não afugentá-los sem trégua nem piedade.

PROVÉRBIO

Tempo bom não é o que foi, mas o que vem.

quinta-feira, 8 de junho de 2023

HORA DERRADEIRA

Na hora derradeira da tarde em que o sol se esconde e dá lugar à claridade da lua, das estrelas e das luzes artificiais, os elementos da natureza se movimentam, trocam de lugares. Uns deixam de esquentar, enquanto outros esfriam.

Aparecem da mata uma gama de animais minúsculos, picadores, e por consequência, atormentadores das vidas sossegadas, seja gente ou bicho.

A hora derradeira da tarde é sombria para quem está na sombra da tristeza. A hora é triste por natureza, pois anuncia a hora da escuridão. 

TRADIÇÃO

O que é?

Transmissão de valores espirituais de geração a geração. (Dicionário Escolar Silveira Bueno)

Então

As fogueiras de São João, São Pedro e Santo Antônio pertencem à tradição.

PROVÉRBIO

Te vigia. Não deixa o diabo te pôr sela.

terça-feira, 6 de junho de 2023

CINZA

Manhã cinza e raios de sol que despontam.

Foi de manhã. De manhãzinha, naquela hora em que muitos, vencendo a preguiça, enfrentava o asfalto em busca de saúde e bem-estar.

PROVÉRBIO

Tatu velho não se esquece do buraco.

segunda-feira, 5 de junho de 2023

CAVALOS CORREDORES

Muitos pensadores já disseram que as oportunidades são cavalos.

Não direi que são cavalos. Não basta serem cavalos. Elas têm que ser cavalos velozes para a metáfora ficar melhor.

E o pior disso tudo é que depois de passarem, não tem vivente neste mundo quem os alcance.

Portanto, não deixemos que os cavalos corram na nossa frente.

PROVÉRBIO

Tatu na toca é rei.

domingo, 4 de junho de 2023

DOMINGO

UMA BATALHA CONTRA O ANALFABETISMO

Há tempos que os que trabalham na área da educação começaram a se preocupar com o analfabetismo. Não somente aquele no sentido tradicional, mas o funcional.

Os dois tipos ocorrem simultaneamente e ascendente.

Com o advento de ferramentas midiáticas, o problema aprofundou-se. 

O curioso é notar que o celular poderia ajudar e não o contrário.

ENCICLOPÉDIA - Com muitas enciclopédias na mão, os estudantes poderiam aprender tudo o que quisesse, inclusive aprender a ler e escrever divinamente. 

GARIMPO - A garimpagem das informações é mais um desafio para o pesquisador.

sábado, 3 de junho de 2023

BALANÇO DAS CHUVAS DE MAIO

Foram sessenta e oito milímetros as chuvas deste maio.

QUE PALAVRA!

Damasceno

De Damasco (Síria). O natural ou habitante de Damasco. (Aurélio).

Há pessoas - não muitas - com esse nome.

Athos Damasceno Ferreira foi um escritor brasileiro gaúcho. Foi também jornalista.

CHUVA

A chuva de hoje foi de 13mm.