domingo, 30 de abril de 2023

DOMINGO

FERIADO DE QUÊ?

Ou é um "feriado de quê" ou pergunta-se o motivo de não haver aula tal dia. Ou ainda, a dúvida se terá ou não aula porque alguém disse que em tal dia vai ser feriado. Por esse motivo, não haverá aula.

Acima o resumo das dúvidas de muitos alunos sobre os feriados municipais, estaduais ou nacionais.

FALTA O QUÊ?

Alguma coisa há de faltar ou de sobrar. Temos uma geração que tem carência de algumas informações importantes e sobra em outras perfeitamente dispensáveis.

O TEMPO NÃO PARA

O tempo não para e não corre mais ligeiro do que outrora. Nem o tempo nem as regras ortográficas param.

No tempo em que a canção "O tempo não para" foi escrita, para tinha acento no primeiro a. 

ESCOLA PARA QUÊ?

A que movimento musical pertenceu Roberto Carlos?

a) Tropicalista
b) Jovem Guarda
c) Bossa Nova

Escolher a alternativa correta é dever de alguém que estuda? A escola ensina isso?

Talvez isso nunca cairá num concurso, mas a resposta certa acima faz parte da chamada cultura geral das pessoas. Perguntas como essas caem muito em programas de auditório de TV. Indagado, um participante saiu com essa:

"Não sou desse tempo".

ESCOLA PARA QUÊ? II

A escola é lugar de ensino: conhecimentos gerais, línguas, matemática, ciência. O mais é só mais alguma coisa.

quinta-feira, 27 de abril de 2023

VIROSES DERRUBANDO

Como é de praxe, as viroses aparecem em todos os anos e praticamente no mesmo mês.

E derrubam pessoas e até os pensamentos. Elas perturbam e deixam-nos inativos momentaneamente.

Ainda bem que a onda não é eterna, como bem cantou o poeta num ano desses.

PROVÉRBIO

Sombra de pau não mata cobra.

quarta-feira, 26 de abril de 2023

FÉRIAS PARA QUE TE QUERO?

As férias escolares do ano tornaram-se mais esticadas devido a greve. 

Teremos um recesso de meio de semestre e não necessariamente de meio de ano.

No final do ano não teremos aquele fim de ano como nos outros. Estaremos mergulhados nos livros depois do Natal e Ano Novo.

No lugar de férias esticadas, abreviadas.

PROVÉRBIO

Só quem não bebe é sino e ovo. Sino porque tem a boca pra baixo, e ovo porque é cheio.

terça-feira, 25 de abril de 2023

MUNDÃO DE CHUVA E TROVÕES

O horizonte está cercado de nuvens no ponto de chover e carregado de fortes trovões e relâmpagos. 

Quem não estremece como as xícaras?

EU SEI

Contraponto ao pensamento socrático

Eu sei que sei de muita coisa, mas não sei o suficiente para dizer que sei de tudo.

Sei muita coisa, mas também sei que não chego aos pés de muitos outros sabidos.

Talvez seja nesse sentido que Sócrates tenha dito que sabia que nada sabia. Talvez uma modéstia exagerada.

PROVÉRBIO

Só peru morre na véspera.

segunda-feira, 24 de abril de 2023

AS PREVISÕES DE CHUVA COM BASE NO TRÊS

Anos com terminação 3, já viu: não é bom de inverno.

A afirmação acima é uma crença muito forte entre nós.

A experiência até agora com certo sentido foi desmentida pelas boas chuvas que tivemos neste ano. Até a barragem voltou a sangrar depois de quatorze anos.

PROVÉRBIO

Sinal do céu, castigo na terra.

PRODUZIR

Produzir é verbo bom e dos melhores.

Temos o plantio, que é a produção de grãos, e por consequência, o alimento. 

Temos a produção textual, que é a redação nas suas múltiplas formas: descrição, narração, dissertação, notícia, bilhete, piada, e por aí se vai.



domingo, 23 de abril de 2023

DOMINGO

Joaquim, o ilustre desconhecido

Joaquim nasceu no século XVIII em Minas Gerais. Foi um dos ícones da denominada Inconfidência Mineira. O país para todos os anos em 21 de abril. Entretanto, muita gente não sabe, inclusive os que deviam saber, a saber, os que frequentam os bancos escolares.

Um fenômeno - Ocorre um fenômeno em torno desse desconhecimento do feriado: o porquê de muita gente não mais saber. Não mais saber, porque antigamente contava-se nos dedos quem não sabia disso.

Seu nome completo - Joaquim José da Silva Xavier.

Alcunha - Tiradentes.

Descobrimento - Sobre o descobrimento, é outra cantilena. Em 22 de abril não é feriado, mas é uma data marcante no calendário. Cabral descobriu ou não o Brasil? 

sábado, 22 de abril de 2023

QUE PALAVRA!

ASSESTAR

Apontar ou dirigir (arma de fogo) para disparar. (Aurélio)

Apontar, dirigir. Pôr (qualquer instrumento óptico) na direção de. (Soares Amora)

Do italiano, assestare de sesta; sesta é a abertura do compasso, tomada como sendo o raio do circo igual à corda equivalente à sexta parte da circunferência, disposição matemática para a exata colocação da arma de fogo a fim de atingir o alvo desejado. Vt. Colocar em seu devido lugar; preparado para; disposto a atingir o alvo. (Silveira Bueno)

Em "Música ao longe", Érico Veríssimo escreveu: 

Tia Zezé assesta os óculos e pergunta:

- Quem é que está ali, Clemência?
- É o Vasco.
- Venha cá, menino.

Das três definições acima para a palavra assestar somente Aurélio não define o sentido que deu Érico Veríssimo na cena com Tia Zezé.

Imaginemos a cena: Tia Zezé assestando seus óculos: ela coloca os óculos no lugar adequado, em seu devido lugar, ou seja, próximo dos olhos. 

A palavra assestar é totalmente ausente no nosso meio. Apesar de fazer parte do nosso vocabulário, poucas pessoas conhecem o significado. Daí seu uso não ser corrente.

Tempo presente do indicativo do verbo assestar:

Eu assesto
Tu assestas
Ele assesta
Nós assestamos
Vós assestais
Eles assestam

E asseste? 

Há quem diga que fulano asseste a televisão. 

Ela quer dizer que alguém assiste à televisão.





OUTRA LÍNGUA

Saber outra língua - Conhecer outra língua, principalmente se souber escrever bem e ser fluente na pronúncia, ajuda e muito a fazer com as pessoas se deem bem na vida.

Dito isto, comprovo com o que disse, em tom de lamentação, o escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez em seu livro autobiográfico Viver para contar: "Hoje tenho que admitir, em homenagem a meu pai, que uma das falhas de minha vida de escritor foi não falar inglês".

O pai de Gabriel queria que ele estudasse no Colégio Americano, mas sua mãe se opôs.

Saber outra língua hoje - Hoje tudo está mais fácil do  que no passado para quem deseja estudar e aprender outra língua. Com disciplina e método, aprende-se com facilidade a língua que a pessoa desejar aprender.

A maravilhosa e grande rede oferece gratuitamente cursos em vários níveis e a bambão.

sexta-feira, 21 de abril de 2023

FERIADO DE QUÊ?

Informados de que no dia 21 de abril não haveria aula porque é feriado, muitos dos nossos estudantes indagam:

Mas é feriado de quê?

Se conhecer os feriados do país não é importante para a vida, pelo menos merece uma reflexão:

O que está acontecendo com os nossos estudantes? Eles não estão aprendendo ou os professores não estão mais ensinando as datas dos feriados por não acharem isso interessante?

PROVÉRBIO

Silêncio também é resposta.

quarta-feira, 19 de abril de 2023

VAZÃO

O nosso rio está na fase da vazão. 

Não parou de chover totalmente, mas as pancadas têm sido leves de ontem pra hoje.

Quem foi ver o rio hoje percebeu que está vazando lentamente, mas  o volume ainda dificulta a passagem pela Passagem Molhada.

ÍNDIOS

Os grupos indígenas encontrados no litoral pelo português eram principalmente tribos de tronco tupi que, havendo se instalado uns séculos antes, ainda estavam desalojando antigos ocupantes oriundos de outras matrizes culturais. Somavam, talvez, 1 milhão de índios, divididos em dezenas de grupos tribais, cada um deles compreendendo um conglomerado de várias aldeias de trezentos a 2 mil habitantes.

Eles eram autossustentáveis em tudo. 

Além da mandioca, cultivavam o milho, a batata-doce, o cará, o feijão, o amendoim, o tabaco, a abóbora, o urucu, o algodão, o carauá, cuias e cabaças, as pimentas, o abacaxi, o mamão, a erva-mate, o guaraná, entre muitas outras plantas. Inclusive dezenas de árvores frutíferas, como o caju, o pequi etc. Faziam, para isso, grandes roçados na mata, derrubando as árvores com seus machados de pedra e limpando o terreno com queimadas.

A agricultura lhes assegurava fartura alimentar durante todo o ano e uma grande variedade de matérias-primas, condimentos, venenos e estimulantes. (O povo brasileiro, Darcy Ribeiro, página 28)

Dia do índio  

Todo dia era dia de índio
Mas agora eles só têm
O dia dezenove de abril

Diz a canção que relembra a trajetória dos índios no Brasil.

Aqui - Nossos índios não foram alcançados pelos brancos quando nossa cidade foi fundada pelo padre Adelino. Pelo menos é o entendimento de nossos historiadores.

PROVÉRBIO

Sem ofício, nem benefício (Ceará).

terça-feira, 18 de abril de 2023

O VAI E VEM DAS ÁGUAS

Consoante o fluxo das chuvas, as águas vão e vêm. 

As pessoas da cidade também fazem o mesmo movimento de vai e vem da ida à beira do rio espiar com olhos presentes e pretéritos, com lembranças das cheias daquele rio que tantas histórias gerou ao longo dos anos.

BALANÇO DE ABRIL

Já chegamos a cento e oitenta e oito milímetros de chuva neste mês de abril.

PROVÉRBIO

Segredo muito encoberto é sempre sabido.

CHUVA DE ONTEM

Somam-se quarenta milímetros aos tantos deste mês.

segunda-feira, 17 de abril de 2023

domingo, 16 de abril de 2023

DOMINGO

Chuva de ontem - 15mm.

Águas de abril - As águas de abril foram muitas águas. Fez-nos lembrar as águas de abril de 2009. A Passagem Molhada sofreu com suas águas. Impediu e depois dificultou a passagem das pessoas das bandas do nordeste do município.

Canoas - As canoas precisaram ser usadas. Duas estiveram em atividade no dia 10.

Ainda aguas - As águas são boas, especialmente as das chuvas, mas que incomodam, incomodam muito.

Tire por aí o fato de que elas não têm o menor respeito - entre aspas - por seu ninguém. Elas chegam e não pedem passagem: passam. Até que avisam, mas muitas vezes tardíssimo.

O incômodo maior são para quem mora em lugares baixos, muitas vezes onde outrora era lago ou lagoa. Outras vezes, em lugares altos, construções nas alturas sem nenhuma infraestrutura.

As águas são boas, mas dão dor de cabeça sem remédio que se possa encontrar na farmácia.

Vale lembrar um livro infantil de ciências que apertava nesses termos: "o rio é bom, mas cuidado!" Havia desenhos de animais que vivem dentro d'água e podem fazer mal.

Elas voltaram - As chuvas recuaram mas estão de volta. Bem-vindas!


quinta-feira, 13 de abril de 2023

ACABOU

 Acabou a greve da rede estadual de ensino.

Em assembleia ontem em Natal, a maioria dos presentes aprovaram o fim da greve que durava mais de trinta dias.

Aqui as duas escolas da rede também voltaram hoje.

PROVÉRBIO

Se não há fubá, desocupe o lugar.

quarta-feira, 12 de abril de 2023

INAUGURAÇÃO DA BARRAGEM

Muita gente na cidade tem dúvida sobre a data da inauguração da barragem "Jessé Pinto Freire", também conhecida como Barragem de Umari.

Com base nas minhas anotações, ela foi inaugurada em 22 de março de 2002.

A festa foi em dose dupla. Na barragem, houve discursos, entre os quais, do ministro da Integração Nacional, Ney Suassuna, do governador Garibaldi Filho. O presidente Fernando Henrique não estava presente.

O segundo evento foi próximo a Casa Show Portal do Sol. O secretário de Assuntos especiais do governo Garibaldi e pré-candidato ao governo Henrique Alves, Dorian Carlos, superintendente da obra, discursaram.

Depois houve um momento musical com as bandas Brasas do forró e Impacto 5.



DEZ DE ABRIL DE 1961

Foi em dez de abril de 1961 que amanhecemos debaixo de uma grande enchente.

Assim contam os mais velhos que eu. 

A cheia de 1961 fez história. As águas invadiram as várzeas, dizimaram plantações já em ponto de colher, derrubou árvores e o que estivesse pela frente. As águas bateram bem ali perto da casa de Seu Dieca, nas proximidades do hoje posto de Saúde do Beira-rio.

Contam ainda os mais velhos que houve tanta chuva naquele ano que muitos plantaram de novo e obtiveram boa colheita.

PROVÉRBIO

Se ignorância pagasse imposto...

terça-feira, 11 de abril de 2023

SANGRIAS DA BARRAGEM

Quantas sangrias teve a nossa barragem? 

Durante a semana, uma das dúvidas era o número de sangrias da barragem de Umari.

Depende. Se considerarmos o ano 2.000, quando ainda estava em curso a construção, são quatro com a do dia 9 deste mês.

Datas

14/ 04/2000

12/05/2008

23/04/2009

09/04/2023




segunda-feira, 10 de abril de 2023

ENCHENTE DO RIO

Depois da sangria leve da barragem de Umari ontem, hoje elevou-se a ponto de fazer ecoar no rio e proporcionar uma enchente à moda antiga.

Muita gente foi atraída muito cedo para ver o rio cheio e enchendo aos poucos. 

Aqueles balseiros denunciavam um aumento das águas. 

À beira do rio, quem lembrava das antigas enchentes, relatava para os mais novos.

Outro assunto muito badalado era a especulação se as água iam inundar as partes mais baixas da cidade, principalmente os Teimosos.

Os afogamentos no nosso rio foram lembrados.

Até o remanso num trecho na Passagem foi lembrado. Fora ele que vitimou um jovem senhor na cheia de 2009 e quase vitimou animais.

Quatorze anos nos separam da última cheia grande em Upanema. Novos tempos e novas formas de divulgar o espetáculo natural.

Quantas sangrias teve a nossa barragem? 

Uma? Duas? Três? Quatro?

Isso vamos recordar na próxima postagem.


PROVÉRBIO

Se eu pudesse adivinhar, jogava na loteria.

domingo, 9 de abril de 2023

DOMINGO

CHUVA ONTEM - Ontem choveu pela madrugada. Dez milímetros.

GOTA D'ÁGUA - A chuva de ontem foi a gota d'água para o leve sangramento da nossa barragem já pela manhã.

INUNDADOS - Estamos inundados de tantos vídeos do sangramento da barragem hoje. Foram tantas pessoas fazerem fotos e vídeos, diferente de 2009, em que as redes sociais só estavam começando.

sábado, 8 de abril de 2023

QUE PALAVRA!

Cunhã

Amaz. Mulher (Aurélio).

Menina. Garotinha. Ex: A cunhã, aquela mais assim jitinha, hoje não quis ir à aula. Disse que estava adoençada (Dicionário da língua popular da Amazônia, de Paulo Jacob).

ProvérbioSábado de Aleluia, carne no prato, farinha na cuia.


quinta-feira, 6 de abril de 2023

TRINTA E POUCO

Pouco mais de trinta centímetros faltam para a sangria da barragem. É o que dizem os medidores de plantão.

Dizem até que daqui para o final da tarde teremos sangria.

Aguardemos, pois!

PROVÉRBIO

Se bom é o leite, não pergunte de que vaca é.

QUARENTA E DOIS

Alguns vídeos nos grupos de uóts informam diariamente o nível da nossa barragem. Há gente que parece estar de plantão para atualizar até mais de uma vez por dia.

A última informação é de que faltam somente quarenta e cinco centímetros para que a barragem Jessé Pinto Freire, barragem de Umari, transborde.

No andar da carruagem, se chover nesses dias, mais uma vez a nossa barragem vai dar espetáculo.


quarta-feira, 5 de abril de 2023

QUE TRÊS QUE NADA!

As boas chuvas deste ano desmentem a crença popular que diz ser seco o ano que termina com o numeral 3.

O ano de 1983 é inesquecível quando se trata de seca. O Plano de emergência e o feijão preto e duro estão incrustados nas nossas mentes.

Entretanto, o 3 não diz nada sobre ser seco ou de muita chuva.

Que três que nada, disse um agricultor de longa experiência.

CHUVA ONTEM

Foram 34mm.

PROVÉRBIO

São Soubera é santo que nunca valeu a ninguém, pois chega sempre tarde.

domingo, 2 de abril de 2023

DOMINGO

CHUVA DE ONTEM - A chuva de ontem foi de oito milímetros.

BARRAGEM - A barragem "Jessé Pinto Freire", mais conhecida como barragem de Umari, está tomando água com força, por força das últimas chuvas. 

Já foi quebrada a marca dos 73% do volume total.

ESCOLA - A escola pública do RN, rede estadual, principalmente, está a cada dia mais em dificuldade. Greves sem previsão para o término.

sábado, 1 de abril de 2023

QUE PALAVRA!

Gamela

Vasilha de madeira ou de barro (Aurélio).

Vasilha de pau, muito grande, em forma de tigela. Definição do editor do livro "Cazuza", de Viriato Corrêa, publicação da Companhia Editora Nacional, na página 56.

Em uma das passagens narradas pelo principal personagem, ele refere-se à gamela:

A Domingas Cabacinha, ao disparar para o quintal, rolou por cima da cabeça da Totonha e enfiou a cara numa gamela de miúdos de porco.

ELE VOLTOU

Ele voltou.  Todos os anos, nesta época, ele vem. Vem para atormentar nossos ossos. Que friozinho bom!