sábado, 5 de outubro de 2013

PALESTRANTE DA USP

Foi numa dessas capacitações para o Ensino Médio que participamos, vez pr outra. De Upanema, pelo que me lembro, só tinha eu e mais um colega. Isso já faz quase dez anos, por issso minha memória me trai, e não permite que eu situe o tempo.

Pois bem. No primeiro dia, foi a entrega do material e as apresentações de praxe. Tinha expositores de Mossoró e de Natal. Depois da entrega do material, cada um se apresentou e expôs o assunto que ia discorrer ao longo dos dois dias.

O que mais me chamou a atenção foi um que se apresentou com as seguintes palavras: Sou fulano de tal, professor ou professora. Tenho experiência em tal área, bá, bá, bá, bá, bá, bá. Hoje TRABALHO NA USP.

Quando ouvi o nome USP, pensei: hoje estou realizado. Nunca assisti a uma palestra com alguém da USP. E ainda esnobei: quando chegar na escola, vou fazer inveja aos colegas e dizer que eles perderam um palestrante da Universidade de São Paulo.


E assim, os dois dias se passavam e eu com os ouvidos e olhos atentos na conversa do palestrante da USP. Vi que o assunto não me agradava muito, pois era um assunto pesado. Qual não foi minha decepção quando folheei o material e vi que USP não significava Universidade de São Paulo, mas Unidade Setorial de Planejamento.

(Publicado no JORNAL DE UPANEMA, edição 91)

Nenhum comentário:

FRASE

Humor demais é como fé demais.