quarta-feira, 26 de agosto de 2015

50 ANOS - TEXTO 31

Saudades

Mais uma das antigas se foi. Faz menos de um mês que dona Caboca, antiga vizinha, faleceu.

Octogenária, faz parte do meu passado, no tempo em que Upanema via as águas do rio tomarem as várzeas. Era época em que podíamos dormir com as janelas e portas escancaradas e podíamos deitar no calçamento por um bom tempo sem que fôssemos incomodados.

Um comentário:

ednalva bezerra disse...

Dona Caboca visitei no meu segundo dia...

LÁ PARA AS DEZESSEIS

Pingaram pingos leves, para depois engrossar e voltar a ser leves e, aos poucos, desaparecer. Eis o singelo quadro que posso pintar na tar...