segunda-feira, 7 de setembro de 2020

LEITURA NO SETE

Uma das recordações de desfiles do dia 7 de setembro foi uma leitura que fiz nos tempos de estudante, ainda na tenra idade. O palanque onde ficavam as autoridades e os diretores de escola era nas imediações da Praça Padre Adelino. 

Só sei que li um texto fornecido pela professora. Falava de pátria. Apenas li, sem entender nada, pois a emoção diante de tanta gente não permitia isso. Era um tempo em que uma criança ler em público era uma coisa absolutamente comum.

PS. Tremia mais que vara verde.

Nenhum comentário:

PRECIPITAÇÃO

A boa chuva de ontem foi de quarenta e cinco milímetros.