segunda-feira, 21 de setembro de 2020

POESIA

Árvore

Raízes fincadas
No chão da terra 
Nos remetem
Ao nosso ser
Ao nosso estar
À nossa vida 
Aqui na Terra.

Somos ela cada vez
Que no chão fincamos
Nossas esperanças 
Na vida presente
E no futuro projetamos 
Um viver modesto
E na fé nos seguramos.

Somos árvores quando 

Não  nos deixamos abalar

Por ventos que nos sacodem
Pra lá e pra cá
Quando coisas parecem grandes
Mas na verdade elas não podem
De jeito nenhum nos derrubar.








Nenhum comentário:

DEZ

Dez milímetros foi a chuva de ontem.