sexta-feira, 30 de outubro de 2009

COISAS QUE NÃO VÃO ACONTECER

Não sou profeta, mas vou listar uma porção de fatos que não irão acontecer nesses próximos anos.
Alguns deles são de pouca repercussão como as eleições para diretores das escolas estaduais.
Pasmem, mas elas não vão acontecer. Querem ver? As eleições que estão previstas para Presidente da República, Governo do Estado, Senadores, Deputados Federais e Estaduais também não vão acontecer. Direi outras como os jogos olímpicos no Brasil que muitos dizem que vão acontecer em 2016. Não, não vão acontecer em 2016.
Posso pegar outro, que dizem ser um grande acontecimento municipal: a tão propalada e cobiçada eleição, aliás, as eleições municipais de 2012. Quem pensar que vai acontecer, está redondamente enganado.
Para não se tornar uma leitura mais enfadonha do que está, vou gastar outras linhas para decifrar o enigma. Mas o farei baseado nos melhores dicionários e estudiosos da língua. Tudo é questão de palavras. Os dicionários não definem o sentido das palavras de um modo aleatório. Uma coisa acontece quando não está programada, agendada.
Aurélio diz que acontecer é “suceder ou realizar-se inopinadamente.” Inopinado: “não esperado, não previsto.” Se está programado, não se pode dizer que o jogo vai acontecer. Ele vai ocorrer. Será realizada uma partida de futebol.
Outras formas verbais poderão ser substituídos por acontece: haverá, será realizado, etc. Entretanto, se o jogo estava programado para domingo e choveu, então aí houve um acontecimento: acontece que choveu muito e a partida foi adiada.
Para concluir, nada acontece se estiver previsto. Assim, as eleições para diretores das escolas estaduais, as eleições, do próximo ano, as eleições de 2012 e os jogos olímpicos, serão realizados. Uns num futuro próximo e outro daqui a mais uns anos. Certo?


Nenhum comentário:

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

GÍRIA DO MOMENTO Uma das gírias do momento é "entrar na sua mente".  Preciso entrar em sua mente, ou seja, fazer com que você se c...