quinta-feira, 15 de outubro de 2009

DIA DO PROFESSOR II

MUITO O QUE ESCREVER
Há muito o que dizer sobre o dia do professor.
Começo pelo seu papel ontem e hoje. Antigamente éramos mais do que professores: chegávamos a educadores também.
Hoje a coisa está tão preta que mal podemos executar a tarefa de professor.
Se não estamos podendo ser educadores é porque as condições para tal inexistem.
Não conseguimos ser educadores quando os suspostos educandos não se abrem. Simplesmente fecham-se contra nós e não deixam a gente exercer o papel direito.
Falo de uma parte dessa clientela. Sei também que elas variam de escola para escola, de turma para turma e de aluno para aluno. No geral, a coisa está pintada do jeito que disse acima.
Quando parte para o salário, nada mais frustrante. Se já era desgastante antes da chagada do tal piso salarial, agora a coisa piorou porque os governantes entenderam diferente o significado do termo.
Assim, saímos perdendo e ainda por cima, frustrados.

Nenhum comentário:

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

GÍRIA DO MOMENTO Uma das gírias do momento é "entrar na sua mente".  Preciso entrar em sua mente, ou seja, fazer com que você se c...