quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O MÍNIMO DO MÍNIMO

Nos tempos da inflação galopante no Brasil, o salário mínimo, ao contrário de agora, perdia seu valor por um curto período de tempo.

Os grandes defensores de salários melhores para os trabalhadores, como a CUT e outros sindicatos, diziam que a inflação corroía o salário.

"O salário mínimo é o mínimo do mínimo", diziam eles.

Hoje o salário mínimo continua ainda muito aquém de um salário adequado e justo, mas essa história de "mínimo do mínimo" eu não escutei mais.

Hoje escuto muita gente falar de mínimo do mínimo quando refere-se a atitudes e comportamentos.

"O conteúdo dado aos alunos de escola pública é o mínimo do mínimo. Por isso que eles não se dão bem nos vestibulares. Por isso que eles precisam de cota para que tenham mais vagas nas Universidades".

Ou noutra ocasião: "Botar o lixo no depósito de lixo é o mínimo do mínimo que devemos fazer como cidadão."

Expressões como essas e outras desaparecem e ressurgem depois com outros sentidos.

Nenhum comentário:

QUE PALAVRA!

Cabide Móvel com pequenos braços, ou móvel, ou objeto apropriado, onde se penduram roupas, chapéus, toalhas, etc. (Aurélio) Silveira Bueno a...