segunda-feira, 17 de setembro de 2012

EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

O dia da emancipação política de Upanema passou quase sem deixar nada registrada. Se não fosse o bolo de 59 metros, as duas celebrações religiosas e as duas bandas, teríamos passado em branco.

Como veem, a cidade não está rumando tão certo!

Um comentário:

Profº Erivan Silva disse...

Que é isso, amigo! Leia meu texto. Ele, também, faz parte da Comemoração. Como você tem feito com seus aniversários, vou fazer com a Emancipação Política de Upanema. Não vou deixar passar um em branco. Abraços

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

As jabuticabeiras (Vivaldo Coaracy) À hora do café matinal, a moça entrou, vindo do jardim, fingindo uma indignação que não era lá muito si...