sábado, 22 de setembro de 2012

NÃO É QUE ELE VOLTOU?

Ele sabe quem sou eu. Eu não sei quem ele é, porque não se identificou.

Quem quer escrever algo, com todas as letras, botando os pingos nos is, é punido com comentários de quem não tem a dignidade de escrever publicamente. Preferem o mundo da obscuridade. Preferem atirar do escuro em pessoas no claro.

Se contrariar os interesses ou a paixão de certos fora da lei, então eles se apresentam, todo cheio de razão e autoridade. 

Só não têm a capacidade de escrever: Sou que estou escrevendo isso. 

Ele (ou ela) voltou. Até pensei que não tinha mais gente dessa qualidade com os dedos na tecla do computador.


Nenhum comentário:

QUE PALAVRA!

Celso Excelso, sublime (Aurélio) Elevado, alto, sublime, sublimado, excelso. Celso - personativo. (Diconário Escolar das dificuldades da Lín...