quarta-feira, 19 de setembro de 2012

EVENTO DO AQUIFLORA

Dia da Árvore terá comemoração especial em Upanema
Projeto Aquiflora e Secretaria de Educação se unem para promover palestra sobre
o bioma Caatinga e plantio de árvores nativas com participação de alunos

No dia 21 de setembro comemora-se no Brasil o Dia da Árvore. Historicamente, a data foi escolhida em razão da data oficial da chegada da primavera. Como forma de despertar a consciência ecológica dos alunos do ensino fundamental, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Upanema e o projeto Aquiflora - Petrobras Ambiental vão promover uma palestra sobre o tema em questão e também o plantio de mudas nativas de espécies ameaçadas de extinção na caatinga potiguar. O evento terá início a partir das 9h da próxima sexta-feira (21) na área onde será construída a Estação Ecológica de Umari - às margens dessa barragem.

A expectativa é de que cerca de 100 alunos e professores estejam presentes no evento. Além de conhecer mais sobre a flora e também sobre a fauna da região, eles irão receber informações sobre o próprio Projeto Aquiflora - selecionado em 2010 junto com outros 13 projetos do Nordeste para receber o patrocínio da Petrobras, dentro de um grupo de 928 inscritos. Finalizando a programação, haverá o plantio de mudas de algumas espécies nativas, entre elas a Aroeira, o Angico, Braúna, Ipê Roxo, Quixabeira e Pau-Branco.
CURIOSIDADE - Antes da escolha do dia 21 de setembro, o Dia da Árvore acontecia no país na última semana de março - com o título de "festa Anual das Árvores", instituída pelo presidente Castelo Branco, em 1965.
SOBRE O PROJETO – O Aquiflora desenvolve duas ações básicas de recuperação de espécies da caatinga: uma de Reparação focada em espécies nativas ameaçadas de extinção; e outra de Prevenção de espécies sobre-exploradas nas matas e açudes. No caso da Flora, as espécies ameaçadas são as árvores Aroeira, Angico, Braúna, Quixabeira e, entre as excessivamente cortadas, estão o Ipê roxo e o Pau-Branco. Do lado da Fauna aquática nativa, o camarão Pitu é a espécie ameaçada, enquanto a Curimatã, Traíra, Piau e o Acará-Açu (Apaiari) figuram entre os peixes nativos mais capturados.  A ideia, segundo os idealizadores e executores do Projeto, é contribuir para a construção de um modelo sustentável de uso e ocupação da caatinga para ser replicado em outras partes do Bioma.

O Projeto é patrocinado pela PETROBRAS, através do Programa Petrobras Ambiental. Sua execução está a cargo da ABDA (Agência Brasileira de Desenvolvimento Socioambiental) em parceria com prefeituras e escolas dos municípios de Upanema, Campo Grande e Triunfo Potiguar.  Para atender demanda de mudas de plantas e filhotes de peixes, está sendo implantada às margens da Barragem de Umari, em Upanema, uma estação ecológica com unidade de piscicultura e silvicultura. Esta infraestrutura da estação atenderá também um centro de estudos e de educação ambiental da caatinga em uma área total de 2,5 hectares. Com projetos arquitetônicos e de engenharia já realizados, a previsão é de que as obras sejam iniciadas no primeiro semestre de 2013.

SERVIÇO
Evento: Dia da Árvore em Upanema
Data: 21 de setembro (sexta-feira)
Local: Estação Ecológica de Umari
Coordenação:  Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Upanema
Informações: (84) 3217-8511
PROGRAMAÇÃO
8h30 – Recepção e distribuição de material aos participantes
9h00 – Abertura pelo Secretário Municipal de Educação, Prof. Inácio Araújo de Souza: Significado do Dia da Arvore para a Escola do sertão semiárido.
9h30 – Preservação da Flora Nativa da Caatinga, Prof. J. Salim, Projeto AQUIFLORA
10h – Lanche
10h – Plantio de mudas de árvores nativas do sertão: Aroeira, Angico, Ipê, Quixabeira
11h – Encerramento.

Riccardo Carvalho
Equipe técnica/Comunicação
aquiflora@gmail.com
riccardocarvalho.rn@gmail.com
(84) 9141-3040

Nenhum comentário:

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

As jabuticabeiras (Vivaldo Coaracy) À hora do café matinal, a moça entrou, vindo do jardim, fingindo uma indignação que não era lá muito si...