domingo, 23 de dezembro de 2012

O PULO DA ONÇA

A onça pediu ao gato que lhe ensinasse a pular, e o gato prontamente ensinou. Depois, indo juntos para a fonte beber água, fizeram uma aposta para ver quem pulava mais.
Chegando à fonte, encontraram lá o calangro e então disse a onça ao gato:
 -  “Compadre, vamos ver quem de um só pulo pega o camarada calangro?”
- “Vamos”, disse o gato.  – “Só você pulando adiante”, - propôs a onça. O gato pulou em cima do calangro; a onça pulou em cima do gato. Então o gato pulou de banda e se escapou.

O PULO DA ONÇA II

O texto acima é de autoria de Sílvio Romero. Curiosamente ele grafa o nome daquele lagartinho de uma forma diferente: calangro. A maioria dos dicionários grafam calango. No folclore, calango ou calanco é uma forma de desafio de viola.

O PULO DA ONÇA III

A fábula do pulo da onça está no imaginário popular. “Dar o pulo do gato” significa é realizar algo que não foi ensinado, de propósito, para ser usado na hora certa.

Nenhum comentário:

TERREMOTO

Ainda muito longe do ocorrido, os futurologistas, terremotólogos do povo, previam que poderia haver mesmo aquele reboliço na cidade.  "...