quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

O QUE FAZER?

A Câmara de vereadores entrou em recesso no dia 14/12.

Na próxima legislatura será bem diferente no que se refere aos personagens dos que vão fazer história daquela casa.

Um dos problemas enfrentados pelo legislativo é a credibilidade. Isso é comprovado pelo número de pessoas que assistem às reuniões. 

Hoje o número pode ter aumentado, porque há outro meio de se assistir a uma reunião, por causa da TV.

Mesmo assim, tem que ser feito alguma coisa para que mais pessoas se integrem na política depois das campanhas. Muitos se dizem odiar política, mas negam nas ruas na época das campanhas.

Poucos sabem que a verdadeira política deve ser exercida depois das eleições, ou mais especificamente, depois da posse.

As pessoas se esquecem até em quem votou para vereador. Chegam também a considerarem a eleição de prefeito mais importante do que a de vereador. Grande equívoco pensar dessa maneira. O poder legislativo tem poderes que até certos vereadores desconhecem.

O que fazer diante desse quadro? Seria o momento de os vereadores se aproximarem mais do povo e divulgarem mais o que realizam?

Ou seria o caso que cada vereador fosse mais produtivo e mais fiscalizador? 

Nenhum comentário:

TERREMOTO

Ainda muito longe do ocorrido, os futurologistas, terremotólogos do povo, previam que poderia haver mesmo aquele reboliço na cidade.  "...