sábado, 20 de junho de 2020

QUE PALAVRAS!

Candonga - Carinho fingido; adulação. Intriga, mexerico. (Aurélio).

Havia uma novela global que um personagem tratava uma senhora com esse nome. "Minha candonguinha" pra aqui e pra ali. Na verdade, ele não era flor que se pudesse cheirar.

Entre nós, tal palavra praticamente não é nem escrita, nem pronunciada. 

Há somente um caso de um homem que chamava sua mulher com esse nome. Não sei se influenciado pelo personagem da novela.

Há ainda o verbo candongar: fazer candonga.

Campanha - Planície, campo aberto. Batalha. Movimento comum para se conseguir alguma coisa. (Soares Amora).

O segundo significado é o mais atual: ela já começou antes do prazo legal. Já há campanha. Chama-se de pré, mas é revestida de campanha mesmo. Falo, é claro, da campanha política deste ano. A batalha está nas ruas. Quem é coxo e até os que não são partiram cedo. Este ano será de uma forma bem diferente das outras. Não se sabe nem se haverá comícios. Esperemos pra ver.

Nenhum comentário:

QUESTÃO DA LÍNGUA

Bater à porta ou bater na porta Bater à porta é tocar nela levemente para pedir permissão de entrada ou constatar se há alguém dentro da cas...