terça-feira, 28 de novembro de 2023

LEMBRANÇAS DO PADRE SÁTIRO

Quando cheguei na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, ela não tinha esse nome. Era a Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte (FURRN). 

Estávamos em 1996, um ano muito bom para aquela instituição, pois Radir Pereira, vice de José Agripino, assumia o governo por alguns meses. E foi nesse tempo que Padre Sátiro conseguiu cumprir sua missão frente àquela instituição: passar de paga para gratuita. Grande parte dos estudantes tinham bolsa, e outra, pagava do próprio bolso para estudar.

A luta pela estadualização foi encabeçada pelo padre Sátiro. Foi luta renhida e vencedora.

Vices

Antônio Capistrano era o vice do padre e se tornou o titular após este renunciar, pois já sentia-se realizado. A vaga de vice foi preenchida pelo conterrâneo upanemense, Josafá Inácio da Costa. Este lecionava latim e língua portuguesa. A cadeira de Português Histórico foi assumida pelo juiz Cícero Alves de Sousa.

Nenhum comentário:

CHUVA

A chuva de hoje foi de 13mm.