domingo, 30 de maio de 2010

MODELO DE DEMOCRACIA

Vi recentemente na TV uma cena que contraria o modelo de democracia em que acredito.

Nas galerias de uma dessas câmaras de deputados havia uns manifestantes em gritos, reivindicando algo para si.

Os gritos, na verdade, contrariam as normas do regimento interno. E o pior: eles sabiam que aquilo era contra a lei.

Com democracia dessa maneira, não conseguiremos melhorar uma nação.


2 comentários:

Kleber Ricardo disse...

Muita gente confunde democracia com a liberdade de perturbar o sossego alheio,denegrir imagem de alguém em um meio de comunicação é um exemplo bom disso,vimos muito isso na imprensa brasileira,jornalistas sem nenhuma responsabilidade com a verdade joga a noticia e quem foi agredido que dê seu jeito para provar que está inocente. O bom exemplo foi aquele jornalista americano que disse que Lula era alcoólatra e a impressa(a safada)brasileira deu todo crédito a esse inrresposável. Vimos isso também nos esportes e em outras seguimentos.Quando se falou no PNDH,que todos devem respeitar os direitos humanos inclusive a imprensa,os jornais brasileiro caíram todos em cima alegando que a imprensa iria ser censurada,impressionante como todos temos o dever de respeitar os direitos humanos menos essa imprensa safada.

Kleber Ricardo disse...

Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

As jabuticabeiras (Vivaldo Coaracy) À hora do café matinal, a moça entrou, vindo do jardim, fingindo uma indignação que não era lá muito si...