quinta-feira, 20 de maio de 2010

VANDALISMO - UMA RUINDADE DE PRIMEIRA QUALIDADE

Quem se aventura a destruir um bem de todos, não é cem por cento gente, não.

Imagine que graça tem alguém destruir um banco de praça, quebrar uma lâmpada, destruir um canteiro.

Há até uma modalidade de ruindade a ponto de se colocar lixo na rua, logo após o carro passa na coleta semanal.

Práticas dessa qualidade devem ser combatidas.

Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

O que dá fama, dá desdém.