terça-feira, 11 de maio de 2010

TUDO VERDE

Apesar de não estar chovendo com intensidade, o cenário na zona rural é muito bonito, verdinho. É tão bonito a ponto de ficar apreciando, todas as vezes que pendo para as bandas dos assentamentos.

No final de semana, apreciei uma dessas paisagens, com direito a sentir o cheiro do mato e a colher cajaranas bem madurinhas.

Outras coisas boas de lá são os alpendres e a conversa boa e às vezes fiada, que quando bem aproveitadas, tornam-se bem proveitosas. Aqui e acolá colho uma palavra ou expressão que ainda não figuraram no nosso upanemês.

Aspectos negativos daquelas paragens não faltam.

Vou deixar, porém, para depois, numa outra oportunidade.

Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

Nem tudo que se espeta, assa.