domingo, 4 de outubro de 2020

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

VENDEDORES
Como em todas as ocupações, entre os vendedores, há os bons e os maus. Lembro que um dia na feira livre de Upanema, aquela das segundas, um senhor fazia propaganda de sua pomada para todos os males, com um microfone preso ao pescoço. Já era fim de feira quando me aproximei e o vi desabafar diante de um bêbado choco: 
"Meu amigo, se eu estou dizendo que a minha pomada é boa e você não acredita, imagina se eu dissesse que não prestava". 
Antes de eu chegar, um bêbado dissera a ele que o produto dele não prestava. 
Aí é um exemplo de um bom vendedor de produtos e seria bom em qualquer outra profissão que usa da palavra falada.

HUMOR
Sujeito vai fazer entrevista para conseguir emprego.
- Que cargo o senhor pretende? - pergunta o entrevistador.
- Presidente da empresa - responde o candidato.
- Presidente da empresa? O senhor é maluco?
- Não. Eu nem sabia que precisava ser.

TEXTO DE LIVRO DIDÁTICO
O gaúcho - Olavo Bilac - Coelho Neto

O complemento do gaúcho é o cavalo. Ele evo cavalo formam um todo homogêneo, indivisível. Sobre o nobre animal, que o entende e ama, o gaúcho - de alma livre como o vento, de músculos rígidos como o aço, de caráter altivo como as grandes águias - passa a vida, independente, voando de campina em campina, cruzando os gastos pampas, cuja extensão solitária produz e excita o amor da vida nômade, das grandes jornadas, das guerras longas e das aventuras arriscadas.
Desde pequeno, o gaúcho aprende a domar os cavalos bravios. Sem arreios, montado em pelo, o animal se rebela e salta, corcoveia e dispara, roja no chão e recua, espuma e nitre, furioso, desesperado, numa revolta suprema contra o pequeno domador.
Uma queda, duas quedas, vinte quedas...que importa? o pequeno domador não desanima. Volta a montar o animal selvagem. E, já senhor dele, abate-o, subjuga-o, doma-o, humilde, amigo, resignado.
Então, o homem e o cavalo não se separam mais. Na guerra e na paz, ei-los unidos, voando de campina em campina, cruzando os pampas vastíssimos. Sóbrio e altivo, o gaúcho não para, não desce do cavalo para comer. Come assim mesmo, às pressas, voando sempre. Quando a noite vem, desmonta, estira-se no chão, põe a cabeça sobre a sela, fecha os olhos e dorme, despreocupado e feliz, com a face voltada para o alto céu, onde as estrelas palpitam, e de onde desce uma grande paz suave, um grande silêncio consolador.
O gaúcho é o dominador do pampa brasileiro.

CÂMARA MUNICIPAL
A Câmara reunir-se-á em sessões ordinárias, extraordinárias, solenes e secretas, conforme dispuser o seu regimento interno, e as remunerará de acordo com o estabelecido nesta Lei Orgânica e na legislação específica.

POESIA
Se pensamos

Se pensamos
Logo somos
Logo existimos
Logo interagimos
Logo amamos
Logo odiamos.

Se é para odiar
Melhor não pensar
Ser como os outros seres
Que não amam nem odeiam
Que vivem por aí
Deixando a vida levar.

O pensar é frutífero
Quando produz
Boas sementes
Quando conduz
Boas ideias
Para outras mentes.


Nenhum comentário:

VOLTA, PRESENCIAL!

Um assunto extra-classe nas aulas remotas é a volta das aulas presenciais. Os alunos não escondem a angústia que sentem por não poderem aind...