sexta-feira, 26 de novembro de 2021

MANTENHA DISTÂNCIA

Mantenha distância
De quem distancia
Do razoável
De quem não aprecia
O saudável
De quem não é maleável
No fazer e no querer
No ser e no fazer.

Mantenha distância de mim
Quando a ti não convieres
Que manterei distância de ti
Quando meu querer
Não bater com o teu
E quando o teu querer
Se chocar com o meu.






Nenhum comentário:

POEMINHA

Canto num canto  Aquela canção fria Que longas horas Ao meio-dia  Num começo de tarde Achei você.  Estavas em pé  Meio risonha  Meio triston...