quinta-feira, 18 de agosto de 2022

OH! ESCOLA!

Iluminai os que estão no escuro da ignorância, tateando, e não escutam as vozes da sabedoria, que gritam, e poucos querem escutar.

Oh! Escola! 

Lance luzes do saber, mas que seja a verdade e de verdade.

Que as luzes do saber iluminem os ensinantes a ensinar o que seja adequado, na linha reta, sem tortezas, enganezas ou apelações.

Nenhum comentário:

POEMINHA

Canto num canto  Aquela canção fria Que longas horas Ao meio-dia  Num começo de tarde Achei você.  Estavas em pé  Meio risonha  Meio triston...