quinta-feira, 22 de março de 2012

PERIGO NA PISTA

O que vou escrever agora não é novidade pra ninguém, especialmente daqueles que passam pelo centro da cidade todos os dias. Refiro-me ao trãnsito. Digo, ao modo como pedestres e motoristas se comportam naquele trecho próximo ao mercado, na encruzilhda do lado do bar de Neguim. Há pessos que cruzam o trecho sem olhar quem vem ou vai.

Ali só não houve acidente grave por que o quê mesmo? Uns dizem que é a sorte. Outros poderão dizer que é a Providência divina. Seja o que for, sabemos que urge uma mudança de comportamento das pessoas.

Pena das grandes que esse texto seja lido por tão pouca gente. Mesmo assim, fica o registro.

Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

Nem tudo que se espeta, assa.