domingo, 4 de março de 2012

REPITA O QUE DISSE

A outra história

Como eu disse no domingo passado, o repita o que disse tinha duas versões. A de domingo pertence à ficção. A de hoje, é verdade mesmo, porque um cara que não é mentiroso me contou.

Diz ele que ia passando no carro, em frente a um bar, quando um cara grita:

- Vamos tomar uma!

Ele voltou imediatamente e foi logo falando bem sério:

- Repita o que disse!

- Não, rapaz. Eu não disse nada.

- Você disse. Só quero que você repita o que disse.

O clima já estava meio tenso, quando um dos colegas do que estava no bar, veio em seu socorro:

- Ele só chamou você pra tomar uma.

- Ah! Então vamos tomar!

 


Nenhum comentário:

PROVÉRBIO

Nem tudo que se espeta, assa.