domingo, 19 de abril de 2020

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

Caminhamos. Sobreviventes de algo que não é hecatombe como pinta muito bem os meios de comunicação e o povão. Este reproduz o que passa na telinha e na grande rede de comunicação mundial. Este era objeto que muita gente já estava enganchado antes do covid, agora a coisa piorou. Caminhamos com cuidado, ponderando e medindo o que se diz como verdade. O que não podemos é ficarmos parados, pois a até a água não pode ficar assim.

AMANHÃ É QUINTA FEIRA

Amanhã é a quinta feira sem feira tradicional, a chamada feira-livre da cidade. O motivo é o decreto municipal que restringe os feirantes e clientes acerca dos perigos do contágio com o coronavírus.

QUEM SE LEMBRA?

Alfinim - Tipo de doce feito nós engenhos de moer cana, puxado com as mãos que são polvilhadas numa bacia de goma seca, diz Raimundo Nonato em seu Calepino Potiguar.
Entre nós havia alfinim, mas era caseiro e não em engenhos.  O puxa-puxa por aqui é outra coisa. Enquanto o alfinim parece com um pequeno biscoito e com formato de animais, o puxa-puxa é retangular ou quadrado. Todos os dois são iguarias doces.

NOTAS TRISTES

Dona Francisca - Quando vim morar na Francisco Agostinho, Dona Francisca já morava ali. É até onde minha lembrança alcança. Seu marido, Seu Zé Cabôco, era homem trabalhador. Dona Francisca, andar lento, sorriso no rosto. Sempre me cumprimentava quando a gente se encontrava. Mencionava o nome do velho pai. Meu pai e Zé Cabôco trabalharam juntos em trabalhos manuais de tijolo e telha.

Quando soube da morte de dona Francisca, pude recordar com saudade os tempos passados, ali na beira do rio. Faleceu no dia 9, numa quinta-feira feira deste mês.

Jônatas Rocha - Outra nota triste é a morte de Jônatas Rocha, também conhecido por Natinha. Por diversas vezes tive a oportunidade de conversar com ele. Tinha uma prosa boa e muitas amizades. Ele está entre as pessoas que partem e a gente não tem nenhuma chance de se despedir. São os mistérios da vida e da morte que não cabem a nós entender. Jônatas faleceu ontem em Mossoró.

EDUCAÇÃO

Ontem fez um mês que as escolas fecharam por causa do corona. O governo do Estado decretou a paralisação das escolas para evitar a disseminação da doença. Pelo último decreto, as aulas estão suspensas até o dia 23, quinta-feira.

Para que serve a escola - Quando um aluno se matricula numa escola, ele vai buscar conhecimentos que não adquiriu, tudo porque ele ainda é muito novo para saber de muita coisa. Na área da linguagem, irá conhecer uma linguagem que não aprenderá em casa: a linguagem formal. Logo após concluir o Ensino Médio, dá desgosto a gente ouvir um aluno dizer que a famia está boa. Ele entrou na escola, mas a escola não entrou nele.

COMPORTAMENTO

Muitas pessoas adotaram uma estratégia para afugentar cachorros da frente das residências, especialmente os mijadores de paredes. O esquema é o seguinte: botam na calçada uma ou duas garrafas de plástico de dois litros cheias d'água. Só isso. Dizem que os cães não encostam nem perto. Só precisamos saber qual o motivo.

Por não poderem fazer shows ao vivo, alguns cantores adotaram as lives (laives).

SAÚDE

Muitas interrogações acerca dessa doença. As informações sobre o Corona trazem mais dúvidas que certezas. Por exemplo, o número de pessoas que morreram por causa da dita cuja são exatos ou é o que muita gente acredita? Há pessoas que juram que o número é bem abaixo.

O consumo de vitamina C está alto. Muita gente seguindo as determinações dos médicos acerca do fortalecimento do sistema imunológico.

Se o cidadão comum está apavorado com medo da malvada da coisa-19, os médicos não ficam atrás. Muitos deles já foram vítimas.

Na cidade, todos os dias há fila de pessoas para receberem os seiscentos. Há até quem esqueça que exista esse coisa-19.

Enquanto isso, a Universidade de Campinas estuda um resumo para a coisa-19. A notícia é um pingo de luz nesse túnel escuro e cheio de incertezas.

CULTURA

Originalmente, a palavra cultura vem do latim - colere - e significa cultivar. Com os romanos, na Antiguidade, a palavra cultura foi usada pela primeira vez no sentido de destacar a educação aprimorada de uma pessoa, seu interesse pelas artes,  pela ciência, filosofia, enfim, por tudo aquilo que o homem vem produzindo ao longo de sua história. É aplicado nas mais diversas situações, desde um plantio de um produto agrícola, do cultivo da pesca, criação de animais etc. (Waldenir Caldas em "O que todo cidadão precisa saber sobre cultura")
Assim, música é cultura. O conceito de cultura é tão amplo que permite a subjetividade do seu conceito. Se música é cultura, toda música deve ser cultura. Mas quando não gostamos de uma, a tendência é rejeitamos o seu conceito.

Repercussão do programa Resenhas -A exibição do programa "Resenhas do RN" aqui em Upanema foi grande. Muitas pessoas não conheciam o "dicionário upanemês" e outros sugeriram mais palavras para o mesmo. De igual modo, os outros participantes também foram bem avaliados. O programa gravado em Upanema foi o último inédito desde quando surgiu o corona. A tv está reprisando alguns programas.

POLÍTICA

Os prés para prefeito estão praticamente certos. Os prés vice é que estão dando trabalho de saírem. Os prés para vereador poucos meteram dos pés. Por certo estão esperando o coisa-19 passar.

ESCOLA DE ANTIGAMENTE

A sabatina era um momento de vexame dos alunos do passado. Cada um prestava contas do estudo da tabuada em casa. Quem não sabia, ia pra palmatória. O bolo era uma pancada que as mães davam nós meninos desobedientes. Havia o bolo com a palma da mão ou com chinela. Na escola, o bolo era com a palmatória. O escritor maranhense Viriato Corrêa relata em seu "Cazuza" o regime da palmatória: "Eu? Cruz! Não nasci pra levar bolo. A palmatória de lá trabalha na mão da gente... O Hilário me disse que bolo de palmatória dói muito mais que bolo de chinela". O personagem Ioiô tinha medo de ir à escola por causa da palmatória. No dia da sabatina, a palmatória cantava alto nas mãos de quem não sabia a tabuada.

FRASE

Diz uma pessoa acolá: "Você pensa que é fácil endoidar?"

POESIA

Ousadia
                     Júlia Costa

Ouso pensar em ti
Quando falta inspiração
Visto que és poesia
Melodia da minha canção.

Ouso pensar em ti
Nas mais gélidas noites
Visto que és calor
Aconchego dos amores.

Ouso pensar em ti
Se já me falta esperança
Visto que és farol
Traz-me ao cais em segurança.

RELIGIÃO - A palavra vem do latim:religio - onis.

Religião não se discute? Por que não?
Está no imaginário popular que há três coisas que não se discute: política, religião e futebol. Sobre religião, que dizer do que fazia Jesus com os fariseus? Os fariseus eram adversários de Jesus e não perdiam a oportunidade de confrontar com o Mestre. O apóstolo Paulo, cristão, muitas vezes discutia com os filósofos gregos, epicureus e estoicos. Não se deve discutir a toda hora. Mas às vezes é inevitável.

ESPORTE

Hoje a partir das 15:45, vamos rever o jogo entre Brasil e Argentina pela Copa das Confederações de 2005.

LITERATURA

Uma dica de leitura: livros de Sherlock Holmes. Conan Doyle é o autor, mas foi engolido pelo personagem. Mais pessoas conhecem o personagem que o autor. Conan era médico oftalmologista, mas não teve sucesso. Nas horas ociosas, criou Sherlock. Hoje há filmes e seriados. A leitura de Holmes faz a mente ficar aguçada.

Dia Nacional do Livro Infantil- Dia 18 de abril é comemorado esse dia em homenagem ao escritor Monteiro Lobato. As histórias do Sítio do Pica-Pau Amarelo são conhecidas de todo brasileiro.

LAZER

Advinha: Qual o futuro do fogo?
Virar fumaça.
Piada: O advogado, no leito da morte, pede uma bíblia e começa a lê-la avidamente. Todos se surpreendem com a conversão daquele homem ateu. Uma pessoa pergunta ao doente o motivo. Ele responde: "Estou procurando alguma brecha na lei".(Folhinha do Sagrado Coração de Jesus 2019)

PUBLICIDADE

Josivan Pereira de Almeida - Técnico em edificações - CRT/RN
08196995431

Está apto a:

● Elaborar orçamento  de obras.
● Executar orientar, fiscalizar e coordenar obras.
● Elaboração e execução  de projetos arquitetônicos.
● Tira TRT de obras.
Entre outros  serviços...

Contato:

Telefone 84 99962-0341
Upanema-RN
sivan_pereira@hotmail.com







Nenhum comentário:

ESPANTA-MURIÇOCAS

Um vento-brisa que soprou por aqui ontem no início da noite, trouxe bons ares e serviu como um bom espanta-muriçocas.  Elas não nos deixam e...