sexta-feira, 10 de abril de 2020

RETROVISOR

Olhei e vi
Seu rosto brilhava
Não pude desgrudar mais
Um momento sequer.

Prossegui na estrada
Aumentei a velocidade
Sua imagem me perseguia
E dela não desgrudava.

Virei a direita
Depois a esquerda
Olhei mais uma vez
Lá estava ela
Olhos fitos em mim.

Era só miragem
Percebi depois de algum tempo
De ter dado muitas voltas
E muitas acelerações
Me encontrei enfim.







Nenhum comentário:

O ENAMORADO DA VIDA

Reproduzo aqui o belíssimo poema do poeta  Olegário Mariano O enamorado da vida  Eu sou um enamorado da Vida! Para sentir melhor o céu na mi...