domingo, 21 de julho de 2013

BIS

Contaram-me que dois cidadãos, daqueles bem matutos, foram para um restaurante almoçar. Como não conheciam outro cardápio, pediram feijoada. 

Já estavam findando a comida, quando um homem muito educado, vira-se para o garçom e diz: ‘bis!” O garçom atende e logo repete a comida para o freguês. Um dos amigos sugere ao outro: vamos pedir aquela comida, já que estamos enjoados de feijoada. “Bis também!” ao olhar para o garçom. Depois de poucos instantes, lá vem o garçom com dois pratos de feijoada. Como tinham pedido, não quiseram fazer confusão. “Por certo o garçom não entendeu”. 

Um deles disse: Cumpade, vamos para o forró?” “Vamos”, respondeu o outro. Ao chegarem ao forró, a música estava roncando. Depois de dançarem a primeira música, um da multidão gritou: “Bis!” “Vamos embora, cumpade, porque lá vem feijoada de novo”, disse um dos matutos.

Nenhum comentário:

INCENTIVO À LEITURA

O incentivo à leitura deve ser desde cedo. O problema é o tipo de leitura. A formação do leitor deve obedecer - não necessariamente com rigo...