quarta-feira, 3 de julho de 2013

TUDO ESCURO OUTRA VEZ

A escuridão à que aludo não é de energia não. É de falta de claridão no terminal do BB local, centro da cidade.

Outra vez está apagado. Quando não está quebrado ou sem dinheiro, está nas trevas.

"Isso é a treva", diria o ditado que já se ouve mais.

Nenhum comentário:

QUE PALAVRA!

Celso Excelso, sublime (Aurélio) Elevado, alto, sublime, sublimado, excelso. Celso - personativo. (Diconário Escolar das dificuldades da Lín...