quarta-feira, 28 de abril de 2021

SINTE VAI AO SUPREMO

O Sinte (Sindicato dos Trabalhadores em Educação) vai ao Supremo para derrubar a decisão do juiz que determinava a volta das aulas presenciais

O encontro ainda aprovou que o SINTE/RN deve protocolar uma Reclamação Constitucional junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). A ideia é derrubar a decisão do juiz Artur Cortez Bonifácio, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, que no último sábado (24) determinou que o Governo do Estado tinha 48 horas para permitir a retomada das aulas presenciais. O objetivo da entidade é manter a decisão que o STF proferiu em 2020, determinando que Estados e Municípios têm autonomia para estabelecer restrições na circulação de pessoas quando objetiva controlar a disseminação da Covid-19, com os decretos mais rígidos se sobrepondo aos mais brandos. 

(Site do Sintern, ontem)

Demora

As aulas presenciais, pelo visto, vão demorar muito tempo ainda, se considerarmos a marcha das vacinações.

Se for mesmo condicionada à vacinação - e é o que tudo indica - podemos nos acostumar com as aulas remotas. Daqui para a frente, cada um cuide de si e deve fazer da fraqueza, a força e  da força a fortaleza.


Nenhum comentário:

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

As jabuticabeiras (Vivaldo Coaracy) À hora do café matinal, a moça entrou, vindo do jardim, fingindo uma indignação que não era lá muito si...