quinta-feira, 27 de maio de 2021

SOMOS MALA

Cuido que cada um de nós, em algum momento das nossas vidas somos mala. Mala em não reconhecermos nossas fragilidades, imperfeiçoes e finitudes. Teimamos e teimamos, de cabeças duras, cocais até.

Somos um bando de mala quando não agradecemos por muitas coisas que temos, recebidas de graça, mão beijada, por assim dizer.

Uns verdadeiros mala: uns mala agradecidos! Ou mal agradecidos, numa linguagem mais refinada.

Nenhum comentário:

A PRIMA

Peço que brotes E exales seu cheiro Mundo afora Que perfumes Onde estiveres Fincados no chão Seja em lugar plano Ou elevação. Nesses dias Em...