domingo, 1 de agosto de 2021

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

O jangadeiro (Olavo Dantas)

Por entre as brumas da madrugada,
no largo oceano, velas ao vento,
Alada e leve, segue a jangada,
Só, entre as ondas e o firmamento.

Friso de prata, de um curso lento,
Desenha o barco na larga estrada...
E o jangadeiro no céu pedrento
Vê preparar-se rija nortada.

Mas o praiano, lobo do mar,
Quando se encontra com a ventania,
Colhe o velame, põe-se a vogar...

Tranquilo fica como era dantes
Pois perto dele o protege e guia
Nossa senhora dos Navegantes.

HUMOR

No Congresso Internacional de astronáutica, o representante de um dos países participantes anuncia, orgulhosamente:
- Nós seremos os primeiros a desembarcar no Sol!
- Impossível! Vocês morreriam queimados com todo aquele calor!
- Ah, mas nós não somos burros. Nós iremos à noite!
(Folhinha do Coração de Jesus)



Nenhum comentário:

A PRIMA

Peço que brotes E exales seu cheiro Mundo afora Que perfumes Onde estiveres Fincados no chão Seja em lugar plano Ou elevação. Nesses dias Em...