segunda-feira, 25 de julho de 2022

IMPÉRIO

Impera entre nós, depois do período invernoso, um bando de bichinhos miúdos, de vários tamanhos, vistos a olho nu.

Seu império prospera, mesmo que os afugentemos de muitas formas, como assopramentos, ventiladores, inseticidas, tapas e até descomposturas.

As picadas e os piados são inexoráveis e tiram o sossego de todo mundo.

Nenhum comentário:

POEMINHA

Canto num canto  Aquela canção fria Que longas horas Ao meio-dia  Num começo de tarde Achei você.  Estavas em pé  Meio risonha  Meio triston...