segunda-feira, 12 de dezembro de 2022

TEMPESTADE

O tempo se formou. 

Acima, as nuvens que se preparavam, com caras ferozes, bravas, até.

Estavam carregadas de altas cargas, prontas para o desembarque e o descimento, em forma de disparo em direção ao espaço, na direção de cima para baixo.

Raios, descargas elétricas. Perigo à vista!

Pequenas e grandes centelhas já se pode serem vistas. Do aquecimento também resultam estrondos vindos de todas as direções.

Os para-raios entram em ação. As ações dos raios serão neutralizadas?

Escurece. O barulho continua e não deixa que se possa raciocinar.

Agora a tempestade tomou de conta e não pensa em terminar tão cedo. O tempo dirá.

Nenhum comentário:

SANGRIA MAIS UMA VEZ

Segundo Dedé, faltam agora quarenta e dois centímetros para a barragem "Jessé Pinto Freire" transbordar. Todos os dias Dedé faz...