sábado, 29 de agosto de 2009

SOLETRANDO HOJE

PROGRAMA EDUCANDO


A FM 104,9, através do "Programa Educando com a 104", transmitirá a versão local do Concurso "soletrando", a partir das oito da manhã de hoje, no auditório da Câmara Municipal.

Quatro escolas participarão do concurso:

Escola Municipal Vicente de Paula Rocha, do Sítio Pereiros;
Escola Municipal Maria Gorete de Carvalho Macedo, da cidade;
Escola Estadual Prof. Alfredo Simonetti e
Estadual José Calazans Freire, ambas da cidade.

Os alunos que podem participar são somente do sexto ao oitavo ano.

Até lá.







sexta-feira, 28 de agosto de 2009

SOLETRANDO

AMANHÃ


Amanhã o "Programa Educando com a 104" transmitirá o concurso "Soletrando", versão local. Será na Câmara Municipal e terá a participação de quatro escolas entre a rede municipal e estadual.

O programa começará às oito da manhã em ponto.

VOLTA DA INTERNET

NOTÍCIA EXTRA-OFICIAL


Ouvi uma pessoa dizer que a internet via RN LAN vai voltar daqui pra o final do dia. Ou amanhã pela manhã.

INTERNET FORA DO AR

É NOTÍCIA


Nós usuários da RN-Lan estamos desconectados do mundo. Motivo: o mesmo de sempre. Nem precisamos explicar.

Posto estas poucas linhas da Escola Calazans Freire.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

DIA DO SOLDADO

SOMOS SOLDADOS


Somos soldados quando lutamos pelos nossos direitos e pelo bem.

Somos soldados quando não temos medo de dizermos o que pensamos.

Neste dia que comemora-se o Dia do Soldado, pensemos nisso.



domingo, 23 de agosto de 2009

COPA OESTE

UPANEMA MUDA DE TOM
Pela Copa Oeste Upanema venceu o time do Independência de Mossoró pelo placar de 2 a 1.
Upanema dominou praticamente toda a partida. No segundo tempo perdeu muitos gols. Isso deixou a torcida apreensiva porque o pior poderia acontecer: tomar um gol e perder a chance de vencer em casa.
No segundo tempo o time ficou cansado e nõa conseguia produzir como no primeiro.
Erros primários ocorreram como na cobrança de lateral de modo errado.
A partida foi boa, mas deixou a torcida nervosa.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

SAÚDE BUCAL

DOIS NOVOS PROFISSIONAIS

O município de Upanema foi contemplado com mais duas equipes de saúde bucal, que irá atender aos pacientes do PSF 04 e PSF 05.

Agora, o município dispõe de 05 equipes de saúde bucal, contemplando todo o município. Os dois novos odontólogos contratados pelo município são: Cristiana Soares Sarmento, que já está atendendo aos pacientes do PSF 05 (Posto de Pereiros) e Flávio Alan Dias Bezerra, que atenderá na Unidade Mista de Saúde.

A saúde bucal foi no passado um dos principais problemas de saúde do município. Filas intermináveis, que começavam geralmente de madrugada, formavam-se em frente a Unidade Mista, para poder garantir uma ficha de atendimento. Hoje, o município possui um dos melhores atendimentos na área de saúde bucal do Estado, com cinco equipes de odontólogos.

FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

MEU CADERNO DE ANOTAÇÕES

MEIO AMBIENTE

A fim de que o mundo sobreviva, é necessário que tomemos medidas drásticas. O meio ambiente não aguenta tanto desprezo e sujeira.

É preciso a cada dia o ser humano encontrar formas de economizar os recursos naturais e sujar menos o espaço e a terra.

(Pequeno texto escrito em 19 de agosto de 2003)

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

EDUCAÇÃO

ESCOLAS MUNICIPAIS SERÃO EQUIPADAS COM LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA‏

No início do mês de agosto o Ministério da Educação - MEC, através do programa PROINFO, entregou a todas as escolas municipais rurais um laboratório de informática contento cinco computadores e uma impressora para serem utilizados por professores e alunos dando, assim, acesso a novas tecnologias digitais.
Os laboratórios também receberão o sinal de Internet banda larga para facilitar as pesquisas de alunos e professores das escolas.O município de Upanema possui oito escolas situadas na zona Rural e uma situada na zona Urbana.Os computadores funcionarão com o sistema operacional Linux e todos os professores receberão um curso para aprenderem a utilizar o sistema, que além de ser complexo também conta com ferramentas e programas exclusivos para serem utilizadas na sala de aula.

O município de Upanema aderiu ao Programa PROINFO no ano de 2008, tendo a possibilidade de receber apenas dois laboratórios, já no ano de 2009 o MEC ampliou o programa para todas as escolas municipais tendo como contrapartida do município a instalação elétrica e grades de segurança, serviço esse que foi realizado no início do ano letivo, possibilitando assim das escolas receberem os laboratórios.Segundo informações repassadas pela Secretaria Municipal de educação, em breve estaremos recebendo os computadores da Escola Municipal Maria Gorete, que por sinal já está com o sistema de Internet ligado como também de uma sala de uso exclusivo para o laboratório.Foi uma conquista importante para a educação do município, pois saber manusear um computador é um dos requisitos básicos exigidos pelo homem moderno.

FONTE: Com informações do Blog Upanema e Educação

sábado, 15 de agosto de 2009

NOTÍCIAS DA PREFEITURA DE UPANEMA

COMBATE AO MOSQUITO

A secretaria municipal de Saúde continua comemorando o ótimo trabalho que vem sendo desenvolvido no município, no combate ao mosquito transmissor da dengue. Depois de reduzir o índice de infestação predial, que é o número de residências que apresentam casos do mosquito do primeiro para o segundo ciclo, os novos números do terceiro ciclo mostram que o trabalho melhorou ainda mais. No primeiro ciclo, o índice apontava 5,8% das residências com casos do mosquito. O índice preconizado pelo Ministério da Saúde para que o município seja considerado livre do mosquito não pode superar 1,0%. A preocupação com o alto índice motivou a Coordenadora de Combate a Dengue, Célia Rocha, em parceria com os Agentes de Saúde, Agentes de Endemias, secretaria de Obras, secretaria de Saúde, meios de comunicação e escolas municipais, se empenharam no combate ao mosquito. A introdução de piabas nos reservatórios de água descobertos, foi uma das alternativas criativas que deram certo. Outra iniciativa foi a parceria com a secretaria de Obras no sentido de acabar com os criadouros do mosquito em terrenos baldios. O trabalho deu resultado, pois os dados do segundo ciclo mostram que o índice caiu de 5,8% para 1,8%.

A expectativa era muito grande para saber os dados do terceiro ciclo, pois se esperava um índice ainda menor, devido à redução das chuvas no município. Para alegria de todos, a Regional de Saúde enviou esta semana os dados que mostram o índice da apenas 1,2% de infestação predial. O índice deixa o município muito próximo do que recomenda o Ministério da Saúde. Os dados são para ser comemorados, explica a Secretária de Saúde Conceição Medeiros. “Já tivemos epidemia da doença em nosso município, inclusive com casos de Dengue Hemorrágica. Hoje, estamos praticamente livres do mosquito”, afirma. A Coordenação de Combate a Dengue já começou o trabalho do quarto ciclo, que compreende os meses de julho e agosto. O trabalho de combate ao mosquito não para. Além dos profissionais de saúde, a população também deve fazer sua parte, evitando deixar latas, garrafas e água parada, pois são locais de possíveis criadouros do mosquito. O combate ao mosquito é dever de todos, explica.

INFORMAÇÕES DA PREFEITURA DE UPANEMA

COBRANÇA

Por Júlio Pinheiro

Os prefeitos do Rio Grande do Norte continuam buscando pressionar o Governo Federal para que sejam definidos os valores dos repasses da União para os municípios tratarem de questões referentes à Saúde.
Na segunda-feira (16), gestores e bancada federal potiguar discutirão, entre outros temas, aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) 29.Atualmente, há um entendimento de que os investimentos na Saúde devem ser de, no mínimo, 8% do orçamento União, 12% dos recursos dos estados e 15% de toda a receita dos municípios.

No entanto, o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Benes Leocádio (PP), afirma que municípios e estado são obrigados a investir bem mais do que os valores pré-definidos devido ao não cumprimento do percentual por parte da União.De acordo com Benes Leocádio, a PEC 29 será fundamental para obrigar o Governo Federal a cumprir os percentuais do repasse. “Esse é um dos principais temas da nossa reunião. Precisamos da regulamentação porque os orçamentos dos municípios estão cada vez mais apertados”, explicou.Outros pontos que serão discutidos durante a reunião com a bancada federal na próxima segunda-feira (16) também são desdobramentos da marcha dos municípios, realizada em Brasília. Os prefeitos vão pedir atenção dos deputados e senadores para a PEC dos Precatórios, a derrubada de veto parcial à MP 457 (renegociação de dívidas junto ao INSS), além dos problemas referentes aos lixões e matadouros dos municípios. A reunião ocorre em um salão de recepções de Natal às 10h da segunda-feira (16). Todos os parlamentares federais do estado foram convidados e a expectativa é que entre 60 e 70 prefeitos compareçam ao evento.

A prefeita de Upanema, Maristela Freire, confirmou presença nesse evento e disse que vai cobrar a liberação de recursos para ampliação da Unidade Mista de Saúde, uma de suas bandeiras de campanha. Inicialmente, as emendas do deputado Henrique Eduardo e do senador Garibaldi Alves, que totalizam R$ 750.000,00 eram destinadas para construção de um novo hospital, mas, em virtude do Ministério da Saúde está com a política de não liberar mais recursos para novos hospitais, e sim, ampliar os já existentes, será feita a mudança para ampliação da Unidade Mista de Upanema. Outra reivindicação será cobrar a emenda para construção de um aterro sanitário equipado com máquinas e usina de beneficiamento do lixo.

FONTE: Com informações do Nominuto.com

Enviado por Anaximandro Eudson da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Upanema.

ELEIÇÃO PARA DIRETOR

RESULTADO

O professor Francisco José é o novo diretor da Escola Rita Dantas Veras, nos Quatro Esses.

Dos 114 votos aptos, ele obteve 101 votos. Assim, foi uma eleição muito bem participada, se considerarmos que foi chapa única.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

VEJAM AMANHÃ

ELEIÇÃO NOS 4 ESSES

Amanhã darei os números da eleição para diretor nos 4 Esses.

ELEIÇÕES PARA DIRETORES

ESCOLAS MUNICIPAIS

Das escolas municipais que realizaram eleições hoje, já temos resultado do Sítio Pereiros. Lá venceu Simone Farias.

Às dez horas teremos o resultado da Escola Maria Gorete. Lá não há disputa. O professor Severino disputa consigo mesmo. A chapa única é composta por Severino: Diretor; Kalênia, vice; diretora pedagógica, Sueli; e Josiel, diretor financeiro.

Nos 4 Esses também é só uma chapa disputando consigo mesma. É o professor e locutor Francisco José. Lá a eleição está quase definida.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

SEM NOTÍCIAS

NADA A DIZER

Sei que o mundo está repleto de notícias, mas euzinho estou sem disposição para comentá-las.

Estou sem apetite para dá meus palpites por dá até um certo enjoo. Enjoo agora sem o acento.

Nas principais notícias há brigas de gente poderosas do passado e do presente. Tem nada não. Estou conformado com isso porque sei que um dia tudo terá fim.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

BR 110

NOVAS NOTÍCIAS SOBRE A BR 110

A prefeita Maristela, os vereadores Anísio Jr. e Adelcina Barbosa, o deputado Henrique Eduardo Alves participaram de uma reunião com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, em Natal.

Na oportunidade, o ministro anunciou que todo o processo burocrático que antecede a licitação para construção da BR-110 já foi concluído. Coube também ao ministro Alfredo Nascimento, anunciar que o processo licitatório será realizado no próximo mês de setembro. “Já estamos assegurando R$ 6 milhões para iniciar a obra, que está avaliada em R$ 30 milhões”, declarou o ministro.

Era intenção do deputado Henrique Eduardo, também agendar conversa com a ministra Dilma Roussef, com o objetivo de solicitar a inclusão da BR-110 no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, mas não foi possível a conversa com a ministra naquele momento. O deputado assegurou que levará a solicitação na próxima reunião que tiver com ministra em Brasília.

Maristela ficou satisfeita com a informação de que já no próximo mês teremos a licitação para construção da obra. “Já é um avanço importante, apesar de que o ideal seria assegurar todo o recurso com a inclusão no PAC”.

FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

MEU CADERNO DE ANOTAÇÕES

MERCADO PÚBLICO

O mercado público está em fase de conclusão.

Escrevi as linhas acima no dia 12 de agosto de 2003, quando o então prefeito Jorge Luiz reformava o mercado público, no centro da cidade.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

DIA DO ESTUDANTE

ESTUDANTE E ALUNO

Hoje é dia do estudante. Este é muito diferente do simples aluno. Este há muitos. Aqueles, poucos.

Muitos que frequentam os bancos escolares não sabem o significado de ser estudante.

São meros frequentadores de escola e nada mais.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

CHUVAS

CHOVEU CHUVA

Se eu não perdi a conta, Upanema foi banhada ontem por mais de duas horas por uma chuva boa, à guisa das que tivemos nos meses de abril e maio deste ano.

Foi um bocado d'água que atrapalhou muitos compromissos noturnos.

Mas não devemos reclamar, não. O que vem de cima quase sempre é bom.

domingo, 9 de agosto de 2009

LITURGIA DE HOJE

DOUTRINA DA EUCARISTIA

"Eu sou o pão da vida. 49Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. 50Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer. 51Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo."

(JOÃO 6, 48-51)

A Escritura acima aponta para uma doutrina polemíssima que é o valor da Eucaristia: Jesus é o pão, materializado na Eucaristia.

Para os reformistas discípulos de Lutero, (lá Santa Ceia) a ceia é apenas um símbolo.

Eles pensam assim.

Fazer o quê?

MEU CADERNO DE ANOTAÇÕES

SOBRE O DIA DOS PAIS

Coincidentemente o dia dos pais do ano de 1992 caiu também no dia 9 de agosto.

Naquele dia eu escrevia no meu caderinho de anotações um comentário meio assim desabafatório. Também não tinha a menor ideia de algum dia ser pai. Não sabia também que num futuro bem próximo - em 1995 - seria pai pela primeira vez.

Passa desapercebido esse dia para muitos. Dia dos pais. Pequena homenagem daqui e dali. Em sua homenagem alguns dão presentes, outros apenas beijo ou um abraço.

Sendo pequeno o movimento em torno do dia, o comércio vende pouco e não fatura como no dia das mães. Não posso entender porque tanta idolatria à mãe e tão pouca para com o pai. Não justifica o que dizem os ideólogos da "mãe divina", que cuida do filho sem reservas, mas esquecem dos pais que carregam o peso da responsabilidade de levar adiante a administração do lar. Se há mães responsáveis e defensoras do filho, o mesmo aplica-se aos pais.

Não tenho experiência própria, mas acredito que é compensador ser pai, apesar dos pesares.

Explico-me: apesar dos desafios de nossa época e do elevado custo de vida, ser pai não é a pior coisa do mundo.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

POSSE DOS CONSELHEIROS E O SAC

INAUGURAÇÃO

Hoje pela manhã, no plenário da Câmara Municipal de Vereadores, ocorreu a posse dos novos membros do Conselho Tutelar de Upanema.

Logo em seguida, a prefeita Maristela entregou à população o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), onde abrigará a Guarda Municipal, o Conselho Tutelar, a Junta Militar e o setor de emissão de documentos.

O SAC passou a funcionar na antiga sede da Secretaria de Educação.




domingo, 2 de agosto de 2009

CONSELHO TUTELAR

POSSE DOS CONSELHEIROS

Nesta segunda, a partir das 08:00h da manhã, no plenário da Câmara Municipal de Vereadores, acontece a posse dos novos membros do Conselho Tutelar de Upanema.

Logo em seguida, a prefeita Maristela estará entregando a população, o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), onde abrigará a Guarda Municipal, o Conselho Tutelar, a Junta Militar e o setor de emissão de documentos.

O SAC funcionará na antiga sede da secretaria de Educação.

Participe!

FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO - ASSESSORIA DE IMPRENSA

DA COLUNA DE ZÉ WILSON PARA O JU

COM APOIO GOVERNAMENTAL A AGRICULTURA FAMILIAR É VIÁVEL

É preciso olhar o campo como um espaço viável para os grandes e pequenos produtores (compreenda grandes e pequenos observando o volume individual de produção), porque de fato realmente é, porém, é preciso uma sintonia da produção com as políticas de Governo para garantir um permanente apoio para o setor responsável pela produção de alimentos, tão necessária a qualquer nação. Garantir apoio significa dar acesso ao crédito, possibilitar acesso a mercados, garantir melhores tecnologias e assessoria técnica e incentivar o uso adequado do meio ambiente. Em muitos países, inclusive os desenvolvidos, isso é traduzido em forma de subsídio. Subsídios esses que em alguns casos são disponibilizados na forma de programas de transferência de renda para a população que vive no campo, para que ali permaneçam. A Suíça é um exemplo clássico desse formato.

Não queremos transferir toda a responsabilidade do sucesso da agricultura familiar para os governos, afinal, vivemos em um país democrático, de economia capitalista, onde a livre iniciativa do trabalho é algo inerente e de livre escolha da população, mas, o direito ao trabalho deve ser fomentado pelo estado.

Recebida a adequada condição de trabalho, os agricultores familiares precisam fazer a sua parte com qualidade, ou seja, tomar as decisões corretas sobre o que produzir, como produzir e para onde vender. Ajuda nessa decisão o fato do agricultor ter um perfil adequado, ou seja, conhecer bem o espaço onde vive, escolher as atividades corretas para produzir satisfatoriamente, alcançar satisfatoriamente o mercado consumidor e praticar atividades sustentáveis. Para ser mais claro vamos comentar cada ponto citado:

1. O agricultor precisa conhecer o espaço onde vive: em se tratando da nossa região, é fundamental que o agricultor conheça o semi árido: sua fauna, sua flora, as condições de clima e os costumes da região no que diz respeito a consumo. Com base nisso, as escolhas poderão são assertivas.

A - as culturas a serem plantadas devem ser: compatível com a precipitação pluviométrica e adaptado às outras condições do clima, adequado ao sistema de produção adotado e favorecer a segurança alimentar da família;
B - os animais a serem criados devem ser definidos em função do tamanho da área, do porte dos animais e com possibilidade de agregar valor a produção;

C - outras atividades devem ser desenvolvidas tais como apicultura, pequena irrigação, piscicultura, beneficiamento da produção, de acordo com as condições locais.

O perfil dos beneficiários tem sido apontado como um dos principais motivos para os casos de fracasso na reforma agrária (principal espaço da agricultura familiar), porém, é preciso perceber que, mesmo tendo nascido e vivido na cidade, é possível conhecer o campo e dele sobreviver com qualidade, principalmente, porque um grande percentual da população urbana do interior brasileiro tem alguma relação direta ou indireta com o campo.

2. Escolher as atividades corretas para produzir satisfatoriamente: primeiro é importante dizer que diversificando a produção, a família tem uma maior possibilidade de ter renda suficiente para se manter no campo, reduzindo assim os riscos de perda. É impraticável estar no campo e produzir apenas as culturas de subsistência, ou fazer investimento em uma única atividade. O agricultor precisa ter a capacidade de se especializar em mais de uma atividade em função das oscilações de clima e da necessidade de reduzir os riscos de perda total.

Ao optar por criação de animais, por exemplo, é preciso planejar a alimentação para o ano inteiro, seja com feno, silagem ou outras técnicas adaptadas a nossa região. Os estudos mostram que a criação de pequenos animais é mais viável (ovino, caprino, aves, suínos) e se optar por bovino, que se observe o tamanho da área e a capacidade de suporte dos animais. É importante agregar valor a produção, por exemplo: se cria bovino, produzir o queijo; se cria galinha, realizar o abate; se produz caju, fazer o doce e beneficiar a castanha.

3. Alcançar satisfatoriamente o mercado consumidor: a comercialização de produtos da agricultura familiar no Brasil passou por vários estágios, no momento passa por uma fase de expansão e de vendas direta ao consumidor. Essa tendência precisa ser seguida. Não enxergamos o chamado atravessador como inimigo do produtor, mas este precisa, sempre que possível, fazer suas vendas direta, forçando uma relação mais justa com os atravessadores. Para isso, estão aí as feiras municipais, os programa de compra dos governos, a possibilidade da criação de clientela fiel com entrega na “porta” e outras formas de comércio direto.

4. Praticar atividades que tenham sustentabilidade no tempo e no espaço: a questão ambiental mundial, ao mesmo tempo em que tem sido palco de discurso para alguns, se tornou algo bastante preocupante e, portanto, precisa ser tratada, individualmente, de forma bastante especial. Esta observação vale para quem produz e para quem consome. Na agricultura familiar, utilizar as técnicas que reduzem impacto ambiental (praticar agricultura orgânica, manejar adequadamente os solos, preservar as reservas legais e áreas permanentes) tem um efeito bastante positivo de sustentabilidade e de viabilidade. Daí surge a oportunidade dessa conscientização, a partir do produtor, colocando essa produção ambientalmente correta, a disposição do consumidor que poderá dar sua contrapartida ao adquirir esses produtos.

Atividades que esgotam os recursos naturais (extração de lenha, venda de argila, produção de carvão, uso exaustivo do solo) são atividades que forçará precocemente o retorno das famílias para a cidade, porque logo os recursos se esgotarão e a família não suportará o impacto, podendo não encontrar com brevidade uma atividade que dê a sustentabilidade da permanência no campo.

Considerando que mais de 90% da população rural que se deslocou para as cidades, sobrevive com uma renda familiar inferior a dois salários mínimos (IBGE, 2005) e que parte destas famílias desenvolve atividades informais, acreditamos que tendo as condições necessárias e adequadas, é possível atingir esta renda produzindo no campo e vivendo com uma melhor qualidade, daí a necessidade do estado garantir, educação, saúde e infra estrutura básica para a agricultura familiar do nosso país.

AGOSTO

ENTRA AGOSTO

O mês de agosto é tido como o mês do desgosto. Mas só para os supersticiosos.

Essa crença não se sustenta, se fizermos uma pequena análise. Basta a gente observar os desgostos que ocorreram noutros meses e veremos que eles acontecem indiferentemente do mês.

A superstição referente a agosto é apenas uma rima e nada mais.

sábado, 1 de agosto de 2009

MUDANÇA

CONTROLADOR GERAL FICA IRRITADO

O Controlador Geral da Prefeitura de Upanema, Gilvandro Fernandes Jácome, mostrou-se muito irritado com o tratamento dispensado pela gerência do Banco do Brasil de Campo Grande.

A irritação deve-se a falta de compromisso demonstrada pelo Banco com os correntistas do município de Upanema. A gota d´água, segundo Gilvandro, foi o não abastecimento – com dinheiro - da caixa eletrônica do BB aqui em Upanema, no dia de hoje.

Com o pagamento da folha do funcionalismo da prefeitura e o PASEP, o dinheiro existente na caixa é insuficiente e deverá faltar logo, logo. "Hoje mesmo deve faltar dinheiro e somente segunda-feira é que teremos o abastecimento novamente", explicou.

A prefeita Maristela ligou para o gerente da agência de Campo Grande, Sr. Júlio Celso e cobrou explicações para a falta do abastecimento da caixa. Segundo a prefeita, a desculpa dada pelo gerente não foi convincente, pois o mesmo alegava que não sabia que o pagamento da prefeitura seria feito hoje. “Isso não existe, pois o calendário do ano de 2009 foi entregue ao banco, informando que o pagamento será feito nos últimos dois dias úteis de cada mês. Portanto, somente em caso de antecipação é que o município tem o compromisso de comunicar ao banco”.

Maristela também não disfarçou sua insatisfação com a falta de compromisso do BB de Campo Grande. A prefeita já sinaliza com a possibilidade de retirar a conta da prefeitura da agência de Campo Grande. “Na próxima semana, vou marcar uma reunião com o sindicato e segmentos da sociedade upanemense para discutir essa possibilidade, pois não vamos admitir que fatos como esses ocorram em nossa administração”, afirmou a prefeita.

A maior preocupação da prefeita Maristela é com relação ao comércio local, pois uma das intenções da prefeitura ao antecipar o pagamento do PASEP, foi beneficiar o comércio local. “Sem dinheiro aqui Upanema, os servidores vão sacar em Mossoró e, lá irão fazer suas compras, prejudicando assim o nosso comércio”, disse.


FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA