sexta-feira, 31 de agosto de 2012

ENTRE O CÉU E A TERRA

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que julga nossa vã filosofia". (Horácio)

Coisas assombrosas, em forma de palavras incoerentes e contraditórias, numa flagrante perda de memória da cúpula e da massa, é o quadro que se instala no contexto atual da urbe.

O dito e o crido está se tornando o não-dito e não-crido. Assombroso, portanto.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

DESCOBRIDA

Descobrimos se uma pessoa está velha quando ela conta uma história a você duas, três, quatro vezes.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

AMIGOS DO FACE

Os amigos do Facebook chegam a superar os que são ou se dizem nossos amigos.

Há gente por aqui que supera os duzentos ou mais. Será que podemos somar duzentas pessoas e dizermos que são nossos amigos?

terça-feira, 28 de agosto de 2012

OS NEGÓCIOS CONTINUAM

Há tempos que observo, lembrado por um amigo, que há muita gente fazendo negócios na pista. Os negócios na pista são feitos geralmente em cima de uma moto ou carro.

Às vezes eles tomam a estrada botando os assuntos em dia ou fazendo algum negócio.

Assim, o perigo é constante e poderá ser inevitável um acidente. É assunto pra se pensar com muito carinho.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

A FILOSOFIA PODERÁ RESPONDER

Somente a filosofia, enquanto disciplina que trata das reflexões profundas dos comportamentos humanos é que poderá explicar certos comportamentos errados de certos errados seres humanos.

domingo, 26 de agosto de 2012

QUEM SE LEMBRA?

Quem se lembra da antiga Rua das Pedrinhas? Ali havia muitas pedrinhas, mas também muitas pedras graúdas e roliças, de onde tirávamos para brincar de jogo de pedra.

Havia uns meninos que preferiam metê-las na cabeça dos outros.

QUEM SE LEMBRA?

Há gente que não se lembra mais o que falou há poucos meses. É o que parece.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

EU CHEGUEI

Além de chegar, passei da conta. O número de anos que completo hoje é o número de postagens. Essa que estou produzindo é uma de sobra.

Neste ano não me programei bem. Por essa razão é que não produzi textos robustos. Fiz pequenas postagens para cumprir minha promessa.

As ideias, com certeza, não saíram lá essas coisas. Mas pra mim, o importante é que terminei. 

Voltei e cheguei.

SÃO VICENTE

Fui com outros gondins no domingo que passou à cidade de São Vicente. A cidade serrana, é bastante arrumadinha. Lá governou um parente meu próximo, nas décadas de 80 e 90.

O FRIO DE JUNHO

O frio de junho estendeu-se até agora. São as mudanças dos tempos. Isso foi predito.

LEMBRANÇA DA VELHA UPANEMA II

A outra cerâmica era de Oton Bezerra, no Bom Jesus. A cerâmica tinha um nome pra lá de coisado:

CEBASA.

HISTÓRIAS

Ainda sobre cerâmica, há tantas histórias de trabalhadores de cerâmica que daria um livro.

LEMBRANÇA DA VELHA UPANEMA

Estava relembrando hoje da Upanema dos anos 80. Foi então que me lembrei das duas cerãmicas que tivemos. Uma delas era na minha rua, a Rua Francisco Agostinho. Teve um tempo que era de Zé Reis. Noutro tempo foi de Seu Sebastião ou o Homem da Cerâmica, como ficou conhecido.


IDEB II

Certamente as responsabilidades foram divididas para todos. 

No Calazans, pulamos para 4,2.

IDEB

O resultado do IDEB em Upanema deixou todo mundo empolgado e com vontade de trabalhar. Foi a contribuição de todos, sem olhar quanto ganha.

ATITUDE DE GOVERNO

Um governo justo não permite que nenhum funcionário seja deslocado de sua função ou substituído. Eis a medida justa para quem quer governar bem e dormir sono leve.

NOSSOS ADVERSÁRIOS

Um adversário é caracterizado pela postura diferente da minha, da sua. O que não pode é atitude intolerante e até misisonária.

ALGUÉM UM DIA DISSE

Alguém um dia disse que os humanos mudam de ideia a cada cinco anos, em média.

SÓ OS SERES HUMANOS II

Há, porém, pessoas que não conseguem molgar um centímetro de suas atitudes e ideias.

SÓ OS SERES HUMANOS

Só os seres humanos são capazes de mudar rumos, corrigir posturas, melhorar, emendar-se, rever o que fez.

FRASE DAS MEMÓRIAS

"Cada estação da vida é uma edição,que corrige a anterior,e que será corrigida também,até a edição definitiva". 

A frase acima é retirada de Memórias póstumas de Brás Cubas, romance de Machado.

(Machado de Assis)

A TECNOLOGIA NOCIVA

Não é a tecnologia em si que é nociva, mas é o seu mau uso que a torna assim.

Tenho visto diariamente como aparelhos de celulares estão escravizando muita gente. As funções dos celulares são múltiplas e importantes. Porém, seu mau uso tem detonado muita gente boa.

COMBATE AO DESPERDÍCIO

O desperdício numa administração pública é algo que atrapalha bastante. Gastos que não têm retorno ou tem o mínimo de retorno de momento, como o carnaval, deveria ser repensado pelos administradores.

COM JUSTIÇA

Governar com justiça é dar a cada um conforme sua capacidade e necessidade. Eis a fórmula do bem governar. 

COM ASSISTIR A UM FILME

Pra começar, a regência do verbo assistir, nesse sentido, pede uma preposição: quem assiste, assiste a algo.

De preferência, é bom que quem for assistir a um filme, que assista com a boca fechada. Poderá também tomar notas e prestar bastante atenção.

COMO LER UM LIVRO

Por incrível que pareça ser, mas muita gente ainda não saber ler um livro. Há gente que deforma todinho ao dobrar suas páginas para marcar o ponto onde parou a leitura. 

A solução é colocar um papel dentro (marcador). Só assim não danificará o livro. Ele merece.

QUANDO SONHO NA ESCOLA

Uma das pérolas de aluno é essa frase dita por um, em tom de graça:

"Quando sonho com escola, acordo suado".

DIZER

Um dos dizeres que me ocorreu nesses dias foi "como batata na areia".

Fulano vive como batata na areia. Como esse ditado é aplicado na vida real? É dito esse dito quando uma pessoa vive aí à toa, desleixado, desorganizado, sem rumo nem prumo. Tanto faz como tanto fez.

REGRAS

Até a natureza tem regras. E por que muita gente não quer se submeter a elas?

VIVER

"Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar e cantar e cantar..." 

(Gonzaguinha)

AS CORES

A cor da paz é branco. E a da honradez, competência?

CANDIDATUS

Do latim, candidatus, a palavra candidato hoje perdeu o seu sentido, tendo em vista o comportamento da maioria deles. 

Na antiguidade, quem almejava um lugar público, precisava estar cândido, puro. Para isso, ia em praça pública de roupa branca.

CANIDATOS

Por incrível que pareça, sempre os candidatos e os canidatos.

NÃO É FÁCIL VALIDAR

Fácil é escrachar os outros e esquecermos os pontos positivos. Nós professores fazemos isso com maestria.

Validar não é fácil, pois requer de nós tino para valorizar o que o outro está fazendo positivo. A gente valida alguém através de pequenos gestos. E é na palavra, mesmo uma só, é que validamos e pomos as pessoas pra cima.

VALIDAR SEMPRE

Não é fácil a gente validar os outros. Validar, diz Stephen Kanitz, é a gente tornar válido algo que o outro tem de positivo.

O caminho da validação é inverso ao do que que quase todo mundo faz: só apontar os defeitos dos outros.

JÁ TIVEMOS UMA AGÊNCIA DO BB

Não foi exatamente uma agência do BB, mas um posto avançado do BB local, pertencendo a Campo Grande.

Foi na virada dos anos 80 até 90. Em 90 fechou-se o posto do BB e o Bandern também.

EU E O BANCO

Uma das formas de se decorar datas é fazermos paralelos com outros acontecimentos. A inauguração do BB de Upanema caiu no meu aniversário de um ano eleitoral: uma campanha municipal.

A PRISIACA DO BANCO

A prisiaca acerca do BB local está se quebrando aos poucos. Hoje foi inaugurada a tão sonhada agência.

REALIZAÇÕES

A gente sente-se de certa forma gratificado por ter nascido quando no dia do aniversário recebe de muita gente os parabéns.

É uma gratificação que recebemos, sem recebermos um tostão.

SERIA A FAMOSA PRISIACA?

Escutei a palavra prisiaca muitas vezes dos lábios de Chico Cândido. Por ter escutado muitas vezes é o motivo de de eu nunca ter esquecido. 

É uma palavra que aplico e aqui e acolá, quando está no contexto.

Aqui mesmo neste blog já escrevi umas duas vezes e outra no Jornal de Upanema. 

Prisiaca é uma coisa que não vai pra frente. É um projeto que está enfincado e não sai, não se desenvolve.

A estrada asfaltada é a maior prisiaca de Upanema. Algumas obras que deixaram de ser prisiaca foi a barragem de Umari e agora a agência do Banco do Brasil (se for inaugurada hoje mesmo).

Escutei não sei quantas vezes o conterrâneo Chico Cândido gritar, depois de não poder realizar uma coisa que lutava pra fazer:

- Isso só pode ser uma prisiaca dos diabos!


CAMINHANDO

Há uma nova versão para a música "Pra não dizer que não falei de flores", de Geraldo Vandré:

Caminhando e falando
Da vida alheia...

NÃO PERCAM A DATA

As provas do ENEM deste ano serão nos dias 3 e 4 de novembro. Houve  em torno de 6,4 milhões de inscrições.

TUDO TEM SEU TEMPO E HORA

Há momentos que devemos calar e outros que devemos calar, já dizia o sábio do Eclesiastes. Há tempos que precisamos escutar o que diz o nosso coração. Ele poderá nos dizer muita coisa que na zuada não podemos escutar.

EM 1970

Ainda criança, na Lagoa Seca, em terra de Manezim Lopes, eu via os carros-pipa virem talvez de Açu, para abastecer aquela comunidade, pois a seca era grande e não tínhamos água nem para beber. É o passado que muitas vezes também vejo no presente. Não posso entender esse fenômeno!

INAUGURAÇÃO

"A prefeita Maristela Freire convida toda população de Upanema para
prestigiar a grande inauguração da agência do Banco do Brasil de nossa
cidade. A agência sempre foi uma luta do poder público municipal em
parceria com a sociedade local e deverá representar um novo marco no
crescimento de nossa cidade."

A inauguração está prevista para começar às 5 da tarde de hoje.

Fonte: Anaximandro Eudson

VERDADES

As verdades, em certas estações do anos, tornam-se relativas até demais para o meu gosto.

E PRECISAMOS TODOS REJUVESCER

"No presente a mente, o corpo é diferente
E o passado é uma roupa que não nos serve mais".

Em todas as áreas do conhecimento humano a sábia frase de Belchior se encaixa. Ou melhor, cabe na carapuça de todo mundo, ainda que seja sábio, da mais alta sabedoria.

E precisamos, a cada dia, rejuvenescer. Mas que seja um rejuvenescimento para contribuir para o bem das pessoas e de todo o planeta.

OBRAS LITERÁRIAS PARA O PSV 2013 DA UERN


 O Alienista  - Machado de Assis              
 50 Crônicas Escolhidas  - Rubem Braga
 Horto  - Auta de Souza
 Fogo morto  - José Lins do Rego
 Laços de família  - Clarice Lispector

FONTE: Site da UERN 

Dos cinco recomendados, três são novas sugestões: Horto, Fogo morto e Laços de família.

NA LEI DE DEUS

"Na lei de  Deus, três classes de pessoas erram: os que não sabem e não perguntam; os que sabem e não ensinam; e os que sabem e não praticam." (Autor desconhecido)

NÃO BULA

Um jogo de palavras faz lembrar a todos que praticam o tão conhecido bullying:

"Não bula em mim!"

A BR E A BARRAGEM

A BR 110 e a barragem - as duas começam com b - são lembranças que ocorrem diariamente na mente dos upanemenses. Não tem quem se esqueça.

Será que elas vêm. A BR veio, aos poucos. Ensaiou um início concreto, mas não veio do jeito que nós upanemenses queriam. Por coincidência, uma cachoeira pôs-se no meio e dificultou sua passagem.

A barragem não veio (águas da barragem: metonímia das mais belas). É a parte pelo todo.

Muitos esperavam que ela viesse em 2009. Arrebentou-se e não veio porque foi consertada e as chuvas diminuíram.

Elas não vieram, mas virá. Pelo menos a barragem virá, muito antes da BR. É o que garante um amigo mototaxista. Ele sempre que se encontra comigo diz a mesma coisa. 

Só tenho medo se ele tiver razão. Aí estaremos todos pebados.

ÀS VEZES

Às vezes precisamos saber de mínimos detalhes da vida como o acento de certas palavras ou a diferença entre assento  acento ou o uso do p e b. São pequenas coisas que a  escola não está conseguindo repassar com precisão.

Um dia, pequenas coisas como as que citei acima e outras como a função das cores, em certas circunstâncias, farão falta.

PRECIOSO LÍQUIDO

A expressão "precioso líquido" me acompanha desde a tenra idade. 

Com o tempo, apareceram outras coisas preciosas, como:

 - Precioso meio de comunicação e entretenimento;

 - Precioso transporte ou preciosos transportes;

- Precioso meio de enganar as pessoas e and so on.


ME INTERESSA MAIS

"Amar e mudar as coisas me interessa mais". (Belchior)

QUANDO DIZEM QUE É VERDADE

Há tempos que quando dizem "é verdade", cuidado, eles querem dizer "é mentira".

EU VOLTEI

Depois de um longo recesso, volto a escrever nesse diário eletrônico. Volto num dia especial, que é o meu aniversário de nascimento. 

Voltei porque preciso cumprir minhas promessas de postar o número exato dos meus anos vividos até agora.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

QUEM VIU?

Que lua, essa que desponta no horizonte, todas as noites, cara de bolacha gostosa, redondíssima.

Uma lua que exibe no céu, e, pelo visto, poucos estão vendo.

Uma cidade, que está cega e obcecada, olhando pra baixo além da conta. O que está em cima, seja na imensidão do horizonte, ou mais em cima ainda, poucos estão percebendo.

Que pena, diria Peninha.

O céu tem mais poesia do que se imagina.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

CUIDADO COM A CRUVIANA

Não é de quatro em quatro anos que a cruviana aparece por aqui.

A cruviana aparece todos os anos nesse período.

Por issso, alerto a todos:

"Cuidado com a cruviana!"

domingo, 5 de agosto de 2012

O DIA QUE CAMONGE PERDEU PARA O REI


O rei fez  um desafio a Camonge: queria que ele fizesse chover ouro, Mas como Camonge não conseguiu,  foi castigado. 

O rei ordenou que os guardas colocassem Camonge em uma caixa e jogassem no mar.

Os soldados seguiram a caminho do mar. No caminho, Camonge gritava: e .,  mas não caso com a filha do rei. Eu morro, mas não caso com a filha do rei. Disse isso em todo o caminho. Quando chegou em uma fazenda, o fazendeiro curioso foi saber o que estava acontecendo. Escutou  aquela ladainha:

-Eu morro, mas não caso com a filha do rei. Então disse o fazendeiro:

-Eu lhe dou tudo que tenho: casa, fazenda, gado, cavalos, tudo mesmo para trocarmos de lugar. Camonge disse: já que você insiste, vou fazer isso pelo senhor. Foi que trocaram de lugar. Dias depois, Camonge foi fazer uma visita ao rei e o rei perguntou como Camonge enriqueceu e ele logo respondeu: no mar tem tanto gado, boi, vaca, que é passando e pegando pelo pé.

Então o rei ordenou que jogassem ele numa caixa e levassem para jogar no mar. 

Texto enviado por Nicollas Kenedy Araújo Cruz