domingo, 17 de setembro de 2017

QUEM SE LEMBRA?

Xícaras

Quem se lembra das xícaras de antigamente?

As xícaras eram geralmente de louça frágil. A asa era a parte mais fácil de quebrar. Raramente havia uma com asa.

sábado, 16 de setembro de 2017

QUE PALAVRA!

Banzar: Pensar detidamente: cismar. (Minidicionário Aurélio).

Se alguém está banzando, está andando ao léu, à toa, sem rumo, reza o nosso linguajar local.



sexta-feira, 15 de setembro de 2017

TRI-CAMPEÃO

A Escola Estadual José Calazans Freire, Ensino Fundamental e Médio ganhou pela terceira vez o intercolegial.

Como sempre, a disputa foi dura, mas o Calazans obteve mais de quinhentos pontos e venceu mais uma vez.






quinta-feira, 14 de setembro de 2017

TRIBUTO

A tradicional apresentação da peça "Tributo a Upanema" terá estreia hoje a partir das 19 horas, na Praça de eventos.

O Tributo contará a história dos 64 anos do município de Upanema emancipado da vizinha Campo Grande.

Esperamos um espetáculo igual ou melhor do que os anos anteriores.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

INTER-COLEGIAL

Ontem e hoje as escolas do município participaram de gincana, jogos.

O resultado ainda não saiu, mas temos algum palpite.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

UPANEMA EM FESTA

As escolas da cidade têm uma programação esportiva hoje e amanhã.

A programação faz parte da comemoração dos 64 anos de emancipação política.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

FESTA

Parecido com os velhos tempos, o desfile de hoje em Upanema transformou- se em festa.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

A SEMANA

Durante toda a semana, o serviço de telefonia foi comprometido. Num segundo prestava. Logo em seguida, não.

Normalizou. Ainda bem.

LULA CÁ

Está prevista a passagem do ex-presidente Lula pela nossa cidade hoje, lá pelas dez da manhã.

Coisa nunca vista, diria o povo mais antigo.

domingo, 27 de agosto de 2017

QUEM SE LEMBRA?

Quem se lembra dos catálogos telefônicos?

O catálogo era uma ferramenta valiosa para os telefonistas e telefonadores. O catálogo priorizava as empresas e entidades.

Era o tempo dos catálogos e das decorebas de números telefônicos.

Hoje decoramos apenas o nosso número.

Quem se lembra disso? 

domingo, 20 de agosto de 2017

QUEM SE LEMBRA?

Quem se lembra do sabonete gessy?

Nos anos 70, era um dos sabonetes mais usados por aqui. Não é que fosse ruim, mas não tínhamos muitas alternativas. Depois apareceu lux, rexona, phebo, senador.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

DESORGANIZAR

Parece paradoxo, mas muitas vezes o que é organizado precisa ficar desorganizado para que as coisas funcionem bem.

O resultado das torcidas e crimes organizados já falam por si.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

SEM REDE

Quase sempre quando telefonamos nesses últimos dias, uma mensagem diz que estamos sem rede.

domingo, 13 de agosto de 2017

PAIS

Na média, os pais são heróis no exercício a que se propôs. É uma missão difícil, razão pela qual muitos preferem evitá-la.

DOMINGO É DIA DE LEMBRAR DE VALDECIR

Houve um tempo que em todos os dias da semana, Valdecir, conhecido por Ninhada, distribuía jornais em toda a cidade.

Primeiro, ele representava os extintos Diário de Natal, Gazeta do Oeste, Tribuna e O mossoroense. Também vendia o De fato. Depois, já em 2003, o Jornal de Upanema. Aos domingos havia as edições especiais.

No terceiro número do JU, a coluna Linguagem.com assim homenageou Valdecir:

JORNALEIRO

Todo jornaleiro tem algo de jornalista, pois conhece todas as notícias que estes escrevem e as anunciam aos leitores para que comprem os jornais. Nossa homenagem, portanto, aos entregadores de jornais ou, como também são conhecidos, os gazeteiros, de modo especial a Valdecir, o "Ninhada", e ao conterrâneo Joab Carvalho, que distribui o JORNAL DE UPANEMA em Natal, pela passagem de seu dia: 15 de dezembro. (quinta, 25 de dezembro de 2003).

Obs: Valdecir faleceu na segunda-feira, 7 de agosto próximo passado.


QUEM SE LEMBRA?

Lamparina de querosene

Há quarenta anos era raro o uso da energia elétrica. A lamparina era praticamente o único meio de iluminar uma casa.

Dificilmente alguma tinha um lampião. Energia de outra forma somente para alguns privilegiados.

Apesar dos anos passados, ainda nos lembramos do cheirinho e da fumaça do gás.

Não dá pra ter saudade, mas dá pra sentirmos uma coisinha boa que rói dentro de nós.



sábado, 12 de agosto de 2017

QUE PALAVRA!

Mulherio: sf. Grupo de mulheres. Mulherada.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

ESTUDANTES

Hoje é o dia deles. Aliás, é meu dia também, pois apesar de não estar nos bancos esvolares, considero-me um eterno estudante.

Portanto, parabéns para nós, nesta data querida!

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

É ESCANTEIO!

  • Nossas jogadas precisam ser transformadas em gols. Escanteio é pouco.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

PERDA

A cidade despediu-se hoje de Valdecir, conhecido por Ninhada.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

ENCEJA

Começaram as inscrições para o ENCEJA.

domingo, 6 de agosto de 2017

QUEM SE LEMBRA?

Fogão a lenha

O fogão movido a lenha faz parte das coisas antigas que a minha geração lembra até com uma ponta de saudosismo.

Não queremos que volte aquele tempo, mas sentimos saudades do tempo em que esperávamos nossa nossa mãe terminar de ferver o cafezinho ou o almoço, e sentido a quentura do fogo.

Há até quem queira nos fazer acreditar que a comida cozinhada no fogão a lenha era mais gostosa.

Sei não. Só sei que a era daquele tipo de fogão já passou. E será difícil a gente encontrar alguém que ainda cozinhe daquele jeito.

Quem se lembra daquilo?

sábado, 5 de agosto de 2017

QUE PALAVRA!

Banguela: adj2g e s2g. Diz-se de, ou pessoa ou arcada dentária é falha na frente. (Minidicionário Aurélio).

Banguela diz-se de algo que desembesta, fica sem controle. "A bicicleta desceu na banguela,  pois não tinha freio."


sexta-feira, 4 de agosto de 2017

DIAS DE AGOSTO

Os dias de agosto não são mais desgostosos do que os não agostianos.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

FRASE

As pedras no nosso caminho faz-se necessário que as quebremos.