sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

COMO SE FOSSE

Entendemos perfeitamente os analfabetos seu jeito de se expressar.

Entretanto, ficamos intrigados quando pessoas com altos níveis de escolaridade se expressam como se nunca tivessem ido à escola.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

PAUSA PARA REFLEXÃO

Em quê têm contribuído as redes sociais para seus usuários?


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

CONTAGEM REGRESSIVA

Já estamos a contar os dias para a chegada do carnaval, inclusive os que não vão e chegam até a detestar esse período.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

CHUVA DE ONTEM

A boa chuva de ontem em Upanema foi de 49,3mm.

Informações de Yamashiro e leitura da Emparn.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

QUEM SE LEMBRA?

Nos velhos tempos, a gente tinha mais ou menos uma ideia quem era pobre e, digamos, rico, pela comida.

Pobres e ricos eram identificados pelo açúcar. Os primeiros adoçavam com o preto (mascavo); os outros, branco.

A coisa inverteu-se: por ser mais caro, poucas pessoas usam o mascavo. Parte da geração dos quinze anos sequer conhece o açúcar preto.

Antes o branco era caro; o preto, barato.

Quem se lembra?

sábado, 18 de fevereiro de 2017

QUE PALAVRA!

Avena: sf. Antiga flauta pastoril.

PRECIPITAÇÃO PLUVIOMÉTRICA DA NOITE/MADRUGADA EM UPANEMA

15,3mm foi a boa chuva da virada da noite de ontem para a madrugada de hoje.

Com leitura da Emparn e informação de Yamashiro Messias.

DE AMANHÃ A OITO

De amanhã a oito dias, domingo, 19, acaba o horário de verão versão/2016.

Há quem diga que horário de verão não economiza dinheiro coisa nenhuma.

Eu acho que sim. Acho que você também acha. Se não houver economia, muita gente está sendo enganada e a mentira foi bem articulada.

UPANEMA BANHADA POR CHUVA

Nesta madrugada/manhã fomos banhados por uma forte chuva.

Aguardamos a quantidade dos milímetros.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

ANO LETIVO

Termina hoje a primeira semana do ano letivo em curso.

Persiste a esperança que os alunos despertem para o estudo.

Enquanto isso, plantamos a semente da esperança para que um dia brote e frutifique.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

TRÉGUA

Algumas previsões de chuva para essas bandas indicam um bom inverno, maior do que o ano de 2016.

Depois de alguns dias invernosos, hoje veraneou.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

UM OLHO NA CHUVA, OUTRO NO QUINTAL

Neste período precisamos estar com um olho na chuva e o outro no quintal.

Nem é necessário dizer que a dengue vem junto com as chuvas.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

CHUVA

A chuva de ontem pela tarde foi de 11mm.

Informações de Yamashiro Oliveira.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

CHUVA DE ONTEM

24mm foi a precipitação pluviométrica de ontem.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

QUEM SE LEMBRA?

Quem se lembra da via urbana que ia até o cemitério?

Até fins dos anos 70, não havia casas depois do cemitério.

Foi a partir da construção dos conjuntos residenciais é que a cidade cresceu.

A construção do IPE e COHAB impulsionou o crescinento da cidade e não parou.

Até os dias atuais a maioria das casas são construídas nesse setor.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

QUE PALAVRA!

É do nosso conhecimento a palavra agourar, no sentido de predizer algo, especialmente coisa ruim. Quem agoura, influencia negativamente nos agourados.

Há na nossa língua uma palavra sinônima: augurar.



sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

HOJE TEM SESSÃO

A câmara de vereadores vai se reunir hoje em sua sessão ordinária.

Hoje provavelmente haverá desdobramentos da  sexta passada.

Aguardemos, pois.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

NORMAL

A falta d'água constante em Upanema, mesmo havendo água suficiente, faz parte do pacote dos muitos problemas da cidade que há solução, mas quem poderia resolver, não o faz.

O chegou-faltou-e-chegou da água nas torneiras é uma constante.

Neste momento estamos no chegou.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

ÁGUA

A água é artigo de luxo para todo mundo.
Em Upanema ela não falta nos reservatórios naturais, mas falta nas torneiras.

A razão disso todos daqui já estão cientes. O problema é a solução que não vem.

A falta d'água nas torneiras foi um dos assuntos da sessão da câmara de vereadores, na sexta, 3.

Esperamos que o problema seja resolvido o mais breve possível.

INDICATIVO

O governo do Estado, através da Secretaria de Educação, está irredutível concernente ao retorno das 24 aulas semanais.

A categoria ganhou uma redução para 20 horas. E agora o governo insiste na implantação das 24 aulas.

Upanema tem ficado de fora nos últimos embates. Porém, agora tudo caminha para a greve.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

ASSOCIAÇÃO GANHA SEDE

A Associação dos Agricultores Familiares vai ganhar uma sede em breve.

A sede será um ponto de apoio e de venda de seus produtos que há anos praticam nas segundas-feiras.

Questionados se vão continuar no dia da feira, eles pensam que não é bom deixar a venda naqueles dias.

Eles já têm o terreno, que fica no final dos conjuntos, como quem vai para o assentamento Esperança.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

AS SESSÕES DOS REQUERIMENTOS

Como escrevi sobre a sessão de abertura das reuniões ordinárias deste ano, houve muitos requerimentos.

Quando abriram espaço para comentar um dos requerimentos apresentados, o vereador Gineton  disse que não acreditava que aqueles requerimentos fossem atendidos, visto que em outras ocasiões a câmara emitiu muitos, não foram atendidos pelo poder executivo.

O vereador Higor  falou que via uma falta de esperança, em não acreditar no atendimento da parte do executivo.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

QUEM SE LEMBRA?

Quem se lembra das bolsas que serviam para levar a feira?

Antigamente a população era mais rural que urbana, assim como hoje. Mas a rural chegou a ser minoria lá depois dos anos 70.

Está fotografada em minha mente a figura do homem do campo com uma bolsa de palha e em direção de uma bodega, numa segunda-feira de manhã.

Fica fácil entender por que uma bolsa tão pequena cabia a feira para suprir uma família de 5, 8, 10 membros. Lembremos que a feira era semanal e não mensal. Além disso, consideremos os itens consumidos. O dono da casa só comprava o que dava para a sobrevivência, como café, açúcar preto, farinha, arroz (talvez), rapadura e rolo de fumo com seus acessórios.

Como veem, não havia materiais de limpeza e higiênicos modernos como pasta, sabonetes, limpol, creme disso, daquilo, escova, protetor solar, xampu, condicionador, etc.

Esse era o quadro daquele tempo. Uma bolsa cabia o necessário.

Quem se lembra?

sábado, 4 de fevereiro de 2017

QUE PALAVRA!

Poucos dicionários trazem o significado de Au. Aurélio e Silveira Bueno, como sempre, não falham.

Quem pensar que seja algo relacionado a cachorro, enganou-se.

Au. : Símbolo do ouro.