domingo, 31 de maio de 2009

BARRAGENS

BARRAGENS NÃO CORREM RISCO DE ROMPER
O texto a seguir foi extraído do Jornal De Fato de hoje.

O rompimento da Barragem de Algodões, na região de Cocal (PI), trouxe preocupação para a população de cidades sedes de barragens no Rio Grande do Norte.
Porém, de acordo com a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos, não há risco de rompimento em nenhum dos açudes do estado.
A assessoria de imprensa da Secretaria informou que todos os reservatórios foram vistoriados antes do início do inverno. "Todos os açudes foram vistoriados previamente e não há qualquer risco de rompimento", tranquilizou a assessoria.
MAGNOS ALVES
Da Redação

CHEGADA DO CELULAR

CELULAR CHEGA AO INTERIOR POTIGUAR

O texto a seguir é parte de uma matéria do Jornal De Fato de hoje.
No município de Upanema, a implantação do sinal de telefonia móvel modificou o cotidiano da vida das pessoas e incrementou o comércio local. É comum encontrar pessoas nas calçadas discutindo os benefícios do novo meio de comunicação e procurando informações a respeito de promoções ofertadas pela operadora. A troca de números e as brincadeiras com os erros dos outros fazem parte da novidade muito aguardada no município.

Os comerciantes da cidade já começam a contar os lucros. É o caso do senhor Naelson Fernandes, proprietário de uma farmácia e uma loja de conveniência. Ele explica que chegou a vender 35 cartões de recarga em um único dia. "Não trabalhávamos com esses produtos, mas estamos vendo que a procura está muito grande e graças a Deus apostamos certo", relatou.

A venda de celulares também disparou com a chegada do sinal da TIM no município. Airton Martins, gerente de uma loja de eletromóveis, informou que as vendas aumentaram tanto que o estoque de celulares mais populares já acabou. "Já solicitamos mais celulares ao fornecedor, para próxima semana", afirma o gerente. Os preços dos aparelhos variam de R$ 90,00 a R$ 900,00.

O celular já tá tendo até importância social no município. Ele tem sido um importante aliado do poder público nesse período de enchentes e foi responsável por tornar ágeis as ações da prefeitura de ajuda aos atingidos. "Algumas comunidades próximas à cidade estão isoladas, mas os agentes de saúde das localidades dispõem do aparelho e podem repassar a situação dos moradores em caso de doença", explicou a prefeita Maristela Freire.

(MAGNOS ALVES, da Redação)

sexta-feira, 29 de maio de 2009

AMANHÃ

EDIÇÃO DE JUNHO DO JU

Amanhã circulará uma nova edição do Jornal de Upanema.

Entre os assuntos, de Zé Wilson Tavares comenta sobre a estratégia para aproveitamento das águas da Barragem de Umari.

O professor Aldo Carvalho também enviou um texto. Ele disserta sobre o amor.

Amanhã nas padarias ou com Valdeci.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

VISITA DO GOVERNADOR EM EXERCÍCIO

GOVERNADOR EM EXERCÍCIO EM UPANEMA
O governador em exercício Iberê Ferreira de Souza continuou sua agenda de visitas aos municípios atingidos pelas cheias desse ano. Convidada pela prefeita de Upanema, Maristela Freire, o governador Iberê e a deputada estadual Larissa Rosado puderam observar de perto a situação em que se encontram as estradas, as lavouras, as famílias desabrigadas e a cobrança da sociedade para solução de vários problemas causados pelas cheias.

Antes de visitar pessoalmente as áreas atingidas, o governador se reuniu com as autoridades locais (vereadores da situação e oposição, secretários, representantes da sociedade civil, membros do Conselho Municipal de Defesa Civil etc), no gabinete da prefeita. Iberê perguntou a prefeita quais eram os problemas mais graves no momento. Maristela disse que a situação já esteve mais grave no dia anterior 26/05, já que várias casas estavam invadidas pelas águas e algumas famílias tiveram que ser transferidas para uma escola municipal. A prefeita informou que as chuvas cessaram um pouco e essas mesmas famílias já voltaram para suas casas. Para Maristela, hoje, a grande dificuldade é a falta de ligação asfáltica com Mossoró, desde que a ponte que liga as duas cidades, na RN-405, ficou submersa. A única estrada que dá acesso a cidade vizinha é a “BR-110” que desde a sua construção, continua carroçável. “O Senhor deve ter observado que a estrada está em péssimas condições. Hoje, não está chovendo, mas em dias de chuva, tememos pela vida de pacientes que precisem se deslocar para Mossoró, através dessa estrada”, relatou a prefeita. Em curto prazo a prefeita também reivindicou um barco, como forma de proporcionar maior segurança para a passagem de moradores que precisam atravessar o rio. Depois da inundação, a única passagem molhada que liga a cidade a mais de 25 comunidades rurais, está submersa. São mais de 300 famílias que estão sendo prejudicadas e precisam atravessar o rio em canoas que não oferecem a segurança necessária. A prefeita também solicitou do DER, que logo que as águas baixem, o órgão ajude na reconstrução dessa passagem que recentemente foi refeita pela prefeitura, mas que agora foi destruída pelas águas. “Em longo prazo governador, precisamos de uma ponte para que não tenhamos que depender de barcos para travessia dessas pessoas e da sonhada construção da nossa BR-110”, cobrou.

Antes de anunciar as ações do governo, Iberê fez questão de parabenizar a sociedade upanemense pela união – independente de cor partidária – em prol da solução dos problemas causados pelas chuvas. “Isso mostra a maturidade das autoridades e lideranças políticas de Upanema, que sabe separar o período eleitoral e as diferenças políticas do período de uma administração que busca o melhor para todos”, elogiou o governador. Em seguida, o governador apontou ações rápidas para tentar amenizar a situação em que se encontra o município e solicitou ao comandante do Corpo de Bombeiros que deixasse uma equipe com 05 bombeiros e um barco, para que a travessia dos moradores para o outro lado do rio fosse feita de forma mais segura. Outra providência tomada pelo governador foi solicitar do representante do DER em parceria com o DNIT, melhorias urgentes nas condições da BR-110. Com relação ao apoio solicitado pela prefeita para agilizar a construção da BR-110, o governador informou que a ordem de serviço para construção da mesma já foi assinada pelo Ministro dos Transportes e logo que as chuvas diminuam, cresce a expectativa pelo início da obra. Iberê também se comprometeu em ajudar o município na reconstrução da passagem molhada atingida pela enchente. “Essas reivindicações justas e que terão total apoio do nosso governo”, relatou o governador em exercício. A deputada Larissa Rosado, aproveitou o momento para dizer que enviará requerimento ao Governo do Estado, solicitando a construção da ponte que liga a cidade de Upanema as localidades rurais atingidas. “Sabemos que é uma ação de longo prazo, mas a importância da mesma justifica nossa rapidez”, explica a deputada.

Logo em seguida, as autoridades visitaram os locais atingidos, como o Terminal de Turismo e Lazer, a barrragem de Umarí e a comunidade conhecida com Teimosos, onde várias casas foram invadidas. Iberê viu de perto a situação dos moradores que mesmo com a água no muro de suas casas, preferem ficar no seu lar. O governador conversou com esses moradores e mostrou as ações que o governo do estado está realizando e caso venha ocorrer novas inundações, as ações de ajuda a esses moradores também chegarão.

Para a prefeita Maristela, a visita do governador Iberê ao município foi de uma importância muito grande, pois serviu para estabelecer uma relação de parceria administrativa. “Agora nos sentimos mais fortes, pois antes, era somente a prefeitura para resolver tudo”, desabafa a prefeita.

VISITA

GOVERNADOR EM EXERCÍCIO VISITA UPANEMA

O governador em exercício, Iberê Ferreira de Souza, entrou em contato ontem com a Prefeitura de Upanema e confirmou através de sua assessoria de imprensa, visita ao município de Upanema no dia de hoje.
Iberê virá observar de perto a situação em que se encontra o município depois das enchentes dos últimos dias, que provocaram prejuízos e transtornos para população.
O governador deverá chegar ao município por volta das 09:00h, tendo na agenda, a visita as famílias atingidas pelas cheias e a visita a barragem de Umarí.
A visita deve-se a cobrança de ajuda feita pela prefeita Maristela, que visitou nos últimos dois dias órgãos como a Secretaria de Meio-ambiente e Recursos Hídricos - da qual o vice-governador é titular da pasta -, DNIT, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.
FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO - ASSESSORIA DE IMPRENSA

quarta-feira, 27 de maio de 2009

DIÁLOGO

PREFEITA REUNIRÁ COM SINDICATO
A prefeita Maristela esteve reunida anteontem pela manhã com a presidente do SINDSERPUP, professora Rosemary Sobral. Em uma conversa informal, as duas líderes expuseram suas preocupações com a situação em que se encontra o município, como também a vontade de tentar melhorar as condições salariais dos servidores. Para achar o denominador comum entre as partes, a prefeita Maristela informou que pretende ainda na próxima semana, sentar com o sindicato para discutir a situação financeira em que o município se encontra e a possibilidade de dar um aumento aos funcionários. “Sabemos que o funcionalismo merece e temos a vontade de dar um aumento, mas isso deve ser feito com a razão e não com o coração. Tenho certeza que chegaremos num consenso”, enfatizou a prefeita.

CHUVAS

CHUVAS VOLTAM A DEIXAR UPANEMA EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA
A sangria da barragem de Umarí, localizada no município de Upanema, aumentou bastante depois das últimas chuvas caídas na região. A barragem, terceiro maior reservatório de água do Estado, está com 0,65 cm de lâmina d`água, sendo a maior de sua história e, causando estragos por onde passa. Com isso, a situação se agravou em algumas áreas próximas da margem do rio, que corta a cidade.

Nas primeiras horas de hoje, duas famílias tiveram que ser retiradas de suas casas devido à invasão das águas. Uma, foi transferida para casa de parentes, a outra está abrigada no colégio municipal Maria Gorete. No total, cerca de seis famílias já foram retiradas de seus lares em decorrência da enchente.
Outro problema causado pelas chuvas, é o isolamento das comunidades rurais. A única passagem molhada que dava acesso as comunidades localizadas a leste do município, está debaixo d`água. As aulas foram suspensas em virtude das estradas vicinais não apresentarem condições de tráfego. Ontem à noite, no caso mais grave, uma mulher em trabalho de parto teve que ser transferida para Açú, pois não conseguia chegar a sede do município upanemense. Toda a operação teve o apoio da Polícia Rodoviária Federal, que estava orientada pela Secretaria Municipal de Saúde, caso ocorressem problemas com os atoleiros da estrada de barro que liga os dois municípios. Pelas informações obtidas, mãe e filho passam bem.
A situação deverá se complicar ainda mais, pois nas primeiras horas de hoje, a ponte que liga Upanema a Mossoró, através da RN-405 está submersa. A mesma ponte tinha ficado coberta cerca de 20 dias atrás. A única saída do município será a BR-110, que desde a sua inauguração não foi asfaltada no trecho que liga Mossoró-Upanema-Campo Grande.
A prefeita do município, Maristela Freire já decretou estado de emergência e cobra das autoridades estaduais e federais, a ajuda para o município, pois até o momento, a única entidade governamental a agir no sentido de amenizar a situação caótica de Upanema foi a prefeitura municipal. Maristela informou que já cobrou da Defesa Civil Estadual, do DNIT e do Corpo de Bombeiros, ajuda para tentar ajudar as pessoas que necessitam de auxílio e os possíveis transtornos que ainda venham a ocorrer.

FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO DE UPANEMA – ASSESSORIA DE IMPRENSA

MELHORIA

TIM INSTALA NOVO EQUIPAMENTO
Técnicos da TIM, estiveram ontem em Upanema para instalar mais um rádio de ampliação da rede. O novo equipamento permite que mais 25 pessoas possam falar ao mesmo tempo, totalizando 100 pessoas. Segundo o secretário de Turismo e Comunicação, Anaximandro Eudson, o número ainda é pequeno se comparado a quantidade de celulares do município, mas houve a promessa de que em breve estaremos sendo contemplados com novos equipamentos e ampliação da rede. "Cobramos mais uma vez a ampliação para que possamos ter o serviço em perfeito funcionamento", disse o secretário. O novo equipamento já demonstra uma melhora com relação a rede disponível, pois os usuários já conseguem falar sem precisar ficar tentando por várias vezes conseguir uma "linha".
FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO - ASSESSORIA DE IMPRENSA

terça-feira, 26 de maio de 2009

CHUVAS

VOLTA DAS CHUVAS
Entre a tarde e a noite de ontem tivemos uma chuva muito boa. A chuva confirma as previsões e agrava a situação das estradas e por consequência atrapalha a vinda dos alunos da zona rural.
Nem podemos reclamar do fato porque é um fenômeno natural. Os humanos é que não conseguem se preparar para as dificuldades.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

AULAS

VOLTA ÀS AULAS
Hoje estamos voltando após 22 dias de recesso forçado. São 22 dias no Calazans e Alfredo Simontetti e 30 dias nas escolas municipais.
Voltamos. O que há de novo? Nas escolas estaduais vamos enfrentar a realidade de não termos conseguido um décimo do que revindicávamos.
Os profissionais das escolas municipais também têm muitas queixas contra o poder público.
Nossas caras vão encontrar outras que não estão satisfeitas com o que tem. São nossos alunos. Uns são bem receptivos. Outros estão achando bom até demais essas férias forçadas e antecipadas.

domingo, 24 de maio de 2009

DIRETO DO PASSADO

DO MEU CADERNO

Revirando umas anotações do passado, leio o seguinte:

“No dia 20 próximo passado a categoria dos trabalhadores em Educação, em assembleia, tanto em Mossoró quanto em Natal, decidiram acabar o movimento grevista. Não houve ganho substancial para a categoria, mas houve um ganho político. Essas foram as palavras da representante do SINTE-MO. O desgaste não foi só da parte dos educadores, mas também do governo.

Historiando o início: o governo ia dividir o aumento de 140% em quatro vezes. Com as negociações, chegou a somente duas parcelas e mais 10% em julho e mais 10% em agosto. E ainda a não punição para os grevistas. A greve ainda é salutar, apesar de muitos não pensarem dessa maneira.”

O texto entre aspas foi escrito no meu caderninho em 23 de maio de 1991. Como veem, ele está descontextualizado tendo em vista que a greve do Estado recente já terminou há muitos dias.

Quero, ainda contextualizar o texto acima. Naquela época, o governo do Estado era José Agripino, eleito em 1990. Outra coisa que podemos observar é que naquele tempo as percentagens de reivindicações eram bastante altas por causa da inflação galopante.

Observemos, também que nada mudou nos governantes. O que diferencia do resultado daquela greve é que houve algum ganho. E agora, que eu saiba, saímos quase de mãos vazias.

sábado, 23 de maio de 2009

LEITURA

PROJETO BUSCA INCENTIVAR O HÁBITO DE LEITURA NO RIO DE JANEIRO


Com o objetivo de incentivar o hábito da leitura entre alunos e professores, a Secretaria de Educação do município do Rio de Janeiro lançou no final de abril o projeto “Rio, uma cidade de leitores”. “O projeto busca disseminar uma ação leitora a partir da escola, articulando-a com a comunidade do entorno, mostrando a leitura como prática de prazer, dentro e fora da instituição de ensino”, explica a responsável pelo projeto, Simone Monteiro.

Fonte: Aprendiz.uol.com.br
NOTA: Como vimos aí, não é só aqui entre nós que há necessidade de leitura, ou seja, a crise da leitura percorre todo o Brasil, quiçá em toda parte.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

ATUALIZAÇÃO

GESTAR

Estou na expectativa para participar do curso de atualização que começou em Upanema no sábado passado, 16. o curso prossegue no sábado próximo e vai durar até o fim o ano.

O Gestar contempla as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Será de 15 em 15 dias na Escola Municipal Maria Gorete, Pêgas.

Não direi minha opinião agora, publicamente. Vou deixar para mais tarde.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

BEIRA RIO

NOVO CENÁRIO

Como um dos curiosos do beiço do rio, fui hoje ver se tinha alguma novidade.

Encontrei pelo menos duas. A primeira é que há uma grande quantidade de água no leito pela razão simples de a fenda ter sido fechada. Alguns pontos do leito estão bem fundos e perigosos. Noutros, bem rasos por causa dos bancos de areia que se formaram.

Podemos ver que há pouca gente olhando as águas, digo, o local do buraco fechado. O buraco era a grande atração. Agora que foi fechado, não há mais o que olhar. O mínimo que muitos podem fazer é torcer para que se arrebente de uma vez.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

TIM PROMETE AMPLIAR SISTEMA AMANHÃ
O secretário de Turismo e Comunicação, Anaximandro Eudson, conversou agora há pouco com o chefe do escritório da TIM aqui no Rio Grande do Norte. Anaximandro solicitou mais uma vez, a melhoria no sinal que a empresa instalou recentemente em nosso município. Pelas informações repassadas pela empresa, hoje 03 rádios estão disponibilizando acesso a rede da TIM aqui em Upanema. Ainda segundo a TIM, isso permite que 72 usuários upanemenses falem ao mesmo tempo. “O custo de um rádio é muito alto, por isso começamos a trabalhar com a capacidade mínima (03 rádios) do sistema para todas as 25 cidades, para depois ampliarmos”, informou o chefe do escritório. Ele explicou que a empresa está analisando o fluxo de ligações para que possa instalar a quantidade de rádio necessária para cada município, sem que haja desperdício de recursos para empresa. “Upanema realmente está com um congestionamento, diferentemente de outros municípios que tem a mesma quantidade de rádios. Isso se deve a grande quantidade de ligações”, explicou. Para tentar amenizar a situação existente no município, o secretário cobrou agilidade da empresa e foi informado que a empresa estará enviando mais 01 rádio para o município, amanhã. Segundo o secretário Anaximandro, mais um rádio não será suficiente para resolver o problema, mas poderemos ter uma melhoria na rede. “Continuaremos cobrando a melhoria no sistema, pois a prefeitura está aqui para lutar pelo desenvolvimento do município”, afirmou o secretário.


FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

VOLTEI

SAÍ DO PREGO


Depois de alguns dias fora do ar, entre falta de internet e desmantelo do computador, volto ao batente.

Confraternização

Começo falando sobre a festa que a prefeita Maristela promoveu domingo, 17, na Fazenda Poré.
Querem saber de uma coisa? Os que estão falando aí pelos cotovelos, principalmente os anônimos, é simplesmente porque estão com inveja. É uma tremenda dor no cotovelo. Só isso!

Passagem molhada

Depois de doze dias de luta – mesmo com uma torcida contra do tamanho do mundo – conseguiram vencer as águas e fechar o escoamento d’água que foi rompida há mais de um mês.
Tudo concorreu para isso, porque até as chuvas ajudaram e não ocorreram mais grandes chuvas depois do dia em que a parede foi rompida.

Telefone móvel

Muita gente já está utilizando o serviço, mesmo que seja precariamente. As coisas vão melhorar. Ainda acredito nisso.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

SAÍDA DO PADRE

PADRE JOSEMAR TERÁ NOVA MISSÃO
O Pe. Josemar Lima irá assumir uma nova missão na sua cidade natal, Camaragibe-PE. Passado aqui quase 3 anos, o mesmo é chamado a assumir uma nova frente de missão, deixando a nossa paróquia de Upanema. Ele que está sendo um grande pastor, que lutou, acreditou e concretizou o sonho dos católicos upanemenses, que foi a instalação da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, implantada em 08 de dezembro de 2008.

O Pe. Josemar Lima-SCJ celebrará a sua última missa como Administrador paroquial no dia 31 de maio, domingo, às 19:30 horas, na Igreja Matriz, partindo para a sua cidade natal, deixando muitas saudades e fortes emoções, mas com certeza irá com o sentimento de dever cumprido de pastor que cuida das suas ovelhas, pois em tão pouco tempo conseguiu desevolver o trabalho da evangelização na Zona Rural do nosso Município, contruindo capelas, reestruturando outras, priorizando a formação dos líderes e agentes de pastoriais, graças a sua dedicação e seu carisma que é reconhecido por todos que o conhece.
Fonte: Blog da Igreja Católica

domingo, 17 de maio de 2009

PARA QUEM AINDA NÃO VIU- EDIÇÃO DAS MÃES DO JU VI

DITADOS SOBRE A ÁGUA E SEUS SIGNIFICADOS
Águas-novas – São as primeiras águas das chuvas do inverno.
Água e azeite não se misturam – Há certas pessoas e idéias que não podem conviver juntas.
Água e conselho só se dá a quem pede – Hoje está difícil a gente querer aconselhar os outros. Se for pagando e fiado, para anotar na caderneta, aposto que muita gente vai comprar cem reais de conselho só pra ficar devendo.
Governador das águas – Garibaldi. Ainda que muita gente não concorde com isso, mas o atual senador Garibaldi Filho conseguiu fazer com que nos lembremos dele todas as vezes que falamos sobre os grandes reservatórios de água do RN. Entretanto, parece que ainda está pra nascer a pessoa que vai deixar registrada na nossa memória um projeto direcionado àquele mar de água, que a cada dia vai descendo e indo embora.
Águas de março – Título de uma música cantada por Tom Jobim.

(Fontes de informação: Calepino Potiguar, de Raimundo Nonato; Dicionário Upanemês, de nossa autoria).

TEXTO DE DOMINGO

HISTÓRIA DE CAMONGE
Camonge estava sentado no alpendre de sua casa quando um cavaleiro desconhecido chegou e perguntou:
- Camonge, qual é o melhor da galinha?
Camonge repondeu:
- O ovo.
Depois de um ano certinho, Camonge estava sentado no alpendre de sua casa novamente e o cavaleiro chegou para ele de novo e perguntou:
- Com quê, Camonge?
E Camonge respondeu:
- Com sal.
E o cavaleiro foi embora.

Dizem que Camonge só respondeu essa pergunta depois de um ano.
(Texto enviado por Cícero Thiago)

NOTÍCIA DA SECRETARIA DE URBANISMO

"ESQUECER É PERMITIR, LEMBRAR É COMBATER".

A Secretaria de Urbanismo e Ação Social e o Centro de Referência da Assistência Social através das Assistentes Sociais, Alecsandra Praxedes e Joelma Fernandes, realizaram durante essa semana um trabalho de conscientização e prevenção com as crianças e adolescentes que são atendidos pelos programas e projetos sociais como também com os pais/responsáveis e funcionários sobre a temática da violência sexual, visto a proximidade do dia 18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em que foram ressaltados conceitos relacionados com a violência doméstica, violência sexual, abuso e exploração sexual, pedofilia, pornografia infantil, violência psicológica com a perspectiva de formação de uma consciência de denúncia e rompimento do ciclo de violência.

O resultado desse trabalho será apresentado a toda população por meio de apresentações culturais no dia 18 de maio de 2009 com a seguinte programação:

07:30h – Concentração em frente a Secretaria Municipal de Urbanismo e Ação Social - SUAS

08:00h – Caminhada pelas principais ruas da cidade

08:30h – Concentração e encerramento com apresentações culturais ao lado da Prefeitura Municipal de Upanema na rua Francisco Marques.


sábado, 16 de maio de 2009

PARA QUEM AINDA NÃO VIU- EDIÇÃO DAS MÃES DO JU V

DITADOS SOBRE A ÁGUA E SEUS SIGNIFICADOS
Muita água ainda vai rolar por debaixo da ponte – Neste ano está ocorrendo isso literalmente, pois as chuvas têm sido intensas. Muita água ainda vai rolar porque segundo as previsões, teremos chuvas até o mês de junho. O significado figurado é que “muita coisa ainda vai e pode acontecer daqui pra frente.”
Água não tem cabelo - Nem pé, nem braço, nem cabeça, nem pernas, nem nada.
Água-de-cheiro – Perfume antigo vendido em pequenas garrafas. Era perfume de gente pobre.
Água-de-chocalho – Água em que foi lavado um chocalho e que é dada de beber ao menino que custa a falar para soltar a língua. Quando uma pessoa fala muito, costuma-se dizer que ela bebeu água-de-chocalho.
Água-na-fervura – Forma para dizer que vai baixar o entusiasmo de uma discussão. Acabar com uma teima.
Água-no-sal – Comida sem nenhum tempero ou que tem como tempero somente o sal.
Água suja – Em alguns lugares do nosso Estado significa um café muito fraco. Aqui entre nós, café muito fraco é lavagem de espingarda.

SINTE

ELEIÇÃO NO SINTE


O SINTE estadual vai renovar a chapa no dia 17 de junho. O número de aptos a votar é de aproximadamente 25 mil sócios.

Três chapas vão concorrer ao pleito. Nesse ano houve um racha de antigos aliados. Assim, a eleição parece ser bem disputada.

A chapa 3 é denominada de “Novo tempo – mudar é preciso”.

Quanto às outras duas, ainda não temos informações precisas.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

NOTÍCIA DA ASSESSORIA DA PREFEITURA DE UPANEMA

PREFEITA ADIA AUDIÊNCIA PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS SOBRE OS PRIMEIROS CEM DIAS DA ADMINISTRAÇÃO "AVANÇANDO COM RESULTADOS".
A presença da prefeita Maristela Freire na sessão de hoje (ontem) - a matéria foi enviada ontemd - a Câmara Municipal de Vereadores, que tinha como objetivo a prestação de contas dos primeiros cem dias de sua administração, foi adiada para o próximo dia 29/05, data na qual será apresentada a prestação de contas do primeiro quadrimestre do ano de 2009. Em conversa com a presidente da Câmara, vereadora Adelcina Barbosa, a prefeita explicou que os dois momentos na Casa seriam muito parecidos, pois tratavam-se de pretação de contas. "Achamos melhor deixar para apresentar tudo no dia 29", explica. A presidente Adelcina entendeu da mesma forma e repassou a informação do adiamento da participação da prefeita para os demais vereadores da Casa.
FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO - ASSESSORIA DE IMPRENSA



PARA QUEM AINDA NÃO VIU- EDIÇÃO DAS MÃES DO JU IV

VOZES DOS SAPOS


Se a gente prestar atenção ao canto dos sapos e se ligar numa frase, escutaremos direitinho aquilo. Na época em que parte dos servidores do Estado estavam em greve, nós servidores de Upanema ficamos na iminência de também engrossarmos o movimento. Assim, cada vez que eu ouvia um coaxar de um sapo, parece até que ele estava dizendo: “greve já! greve já!” Ou então: “Entrem em greve, entrem em greve!” Ou ainda: “Povo frouxo, povo frouxo!”
O coaxar dos sapos foi bem retratado pelo poeta Manuel Bandeira, quando fazia critica à poesia parnasiana:

“Enfunando os papos,
Saem da penumbra,
Aos pulos, os sapos.
A luz os deslumbra.
Em ronco que aterra,
Berra o sapo-boi:
- Meu pai foi à guerra!
- Não foi - Foi! – Não foi!

PARA QUEM AINDA NÃO VIU- EDIÇÃO DAS MÃES DO JU III


PAPEL DE MÃE
Os dias estão cada vez mais difíceis. Na proporção que aumenta o número de pessoas no mundo, mais os desafios aumentam para todos. Para as mães a coisa é ainda pior. Ela acompanha o filho desde a gestação. Com o filho no ventre, ela tem o poder de fazê-lo viver ou não. É a prática do aborto voluntário.
O tema tem sido o centro de debates recentes na grande mídia. A lei brasileira não dá o direito dessa prática por qualquer motivo, mas somente nos casos de estupros e riscos para a saúde da mulher.
No segundo caso, houve aquela menina que teria um filho indesejado. Os abortistas venceram a parada. Só não sei como andam as consciências deles! Depois de o filho nascer, a mãe o acompanha e dá os primeiros cuidados. Ele cresce. Vai pra escola. Ali é onde a mãe exerce outro papel que é o de professora adjunta. Sem ela, os professores primários sentirão dificuldades em educar plenamente o menino, pois os deveres de casa são também formas complementares na aprendizagem.
Como digo aos meus alunos grandes, direi agora nesse espaço: estudem em casa também. O tempo de estudo que a escola oferece é muito pouco para formar com eficiência. Digo às mães e também aos pais e responsáveis pelos filhos que ofereçam espaços e tempo para que os filhos estudem também em casa e em horários extras. Aos que souberem ler, leiam para os filhos menores para que deem exemplo a eles. Só assim poderemos sair desses níveis tão baixos de aprendizagem.
Ouçam: o governo, os professores e os diretores não levantarão os baixos índices de aprendizagem sem a participação de vocês.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

PARA QUEM AINDA NÃO VIU- EDIÇÃO DAS MÃES DO JU II

AS MÃES DE ANTIGAMENTE


As mães de antigamente podiam ralhar com o filho com a certeza de que seriam atendidas. Raramente elas seriam contrariadas. Quando isso acontecia, o pai dava o apoio a ela e a coisa quase sempre dava certo.

As mães de antigamente mandavam os filhos na bodega a fim de comprarem uma rapadura, meio quilo de arroz, meia barra de sabão, uma bucha de bombril, meio quilo de açúcar preto, um pacote de bolacha, uma caixa de fósforo. Naquele tempo chamávamos fosco. O menino ia e voltava menos de fosco.

As mães de antigamente arrumavam o filho e levava-o para a escola. Entregava à professora e dizia: se ele não fica direitinho aí, pode me dizer que eu dou um jeito nele.

Muita coisa mudou pra pior. Vieram uns psicólogos que mudaram os padrões de correção. O modernismo tomou de conta do mundo e confundiram trabalho infantil com o simples fato de ir à bodega comprar algo. Hoje a autoridade do professor não basta pra educar e formar as crianças. Sem a autoridade e presença da família a coisa não anda direito.

CELULAR

SEM SERVIÇO


Ligo o celular e vejo a mensagem: “Sem serviço”. Fico a pensar em tanta gente precisando de serviço e o celular está sem serviço.

Procurei saber se só era o meu que estava com esse problema pelo fato de ser velho e fora de moda.

Para minha grande alegria, vi telefones daqueles que só faltam pegar as brigas de vizinhos com o mesmo problema.

Sem serviço, não posso acreditar.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

NOTÍCIAS DA ASSESSORIA DA PREFEITURA DE UPANEMA

SOBRE A TIM
O Secretário de Turismo e Comunicação de Upanema, Anaximandro Eudson e a Prefeita Maristela Freire tentavam desde ontem entrar em contato com representantes da TIM aqui no Estado para saber quais os problemas que impedem os usuários upanemenses de utilizar o sinal da empresa, já que não foi estabilizado ainda o sinal da mesma.
Somente agora à tarde o secretário e a prefeita conseguiram falar com o responsável através do telefone fornecido pela empresa. Anaximandro Eudson informou que um funcionário da empresa em Natal, mostrou-se surpreso com a informação, pois o sistema da empresa mostrava que aqui em Upanema o sinal já estava em funcionamento.
Foi explicado que realmente havia sinal, mas este mesmo sinal não permitia fazer nem receber ligações, somente por alguns momentos e em alguns pontos da cidade. Pelo que ele informou, o problema deve estar ocorrendo no software da empresa e que isso seria resolvido depois de um mapeamento no programa, sem ser preciso vir nenhum técnico aqui para Upanema. Explicou também que se o problema for realmente esse, rapidamente teremos a solução, mas preferiu não se comprometer com data ou hora.

Outra questão que o técnico apontou foi um problema em uma das três antenas que transmitem o sinal para Upanema. O problema deverá impedir a distribuição do sinal com maior qualidade para um dos setores do município, mas isso não influiu no problema que está ocorrendo nem tão pouco impedirá que seja captado o sinal pelos usuários que estejam nessa área. Na próxima semana, os técnicos da Nokia, deverão voltar ao município para fazer a mudança da antena.
FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

PASSAGEM

PASSAGEM ESTRAGADA


A Passagem Estragada, ex-Passagem Molhada, é um ponto de encontro das pessoas curiosas da cidade. E quem não é?

Hoje pela manhã estive mais uma vez lá para ver o espetáculo do estrago. Próximas ao local as pessoas se abrigam na sombra das árvores da pequena praça do PSF.

Lá os “engenheiros” de plantão ficam dizendo como deve e como não deve ser o procedimento para fechar a fenda da passagem.

“Foi mais fácil fazerem a Barragem de Umari que taparem o buraco”, reclamou um.”
“Só fecha se colocar pedras grandes. Saco, não!”

Outro dia um dos “engenheiros” dizia: “Se quebrar a parede do lado de cá, a água vai sair por aqui e fica fácil de tapar o buraco lá.”

“Coloquem pedras grandes!” Disse outro.

Assim está a situação. O poste do outro lado já caiu desde o sábado, 9.

A coisa está assim: enquanto não resolverem de vez aquele problema, aquele ponto ainda continuará sendo ponto de atração durante muitos dias.

E as aulas vão retornar mesmo segunda-feira, 18?

Recomeço das aulas já é assunto para outras postagens.

PARA QUEM AINDA NÃO VIU- EDIÇÃO DAS MÃES DO JU

QUEM É A MÃE-DE-PANTANHA?


Há pessoas quando estão com raiva, dizem que falou até com a mãe de pantanha pra resolver tal problema. A expressão é bastante obscura, pois nos melhores dicionários não a encontramos. Somente fui encontrar alguma coisa nesse sentido através do pesquisador Raimundo Nonato, que escreveu no seu Calepino Potiguar: “Entidade fictícia. Mãe por acaso. Mãe dos filhos dos outros. Mãe dos filhos de Zebedeu, também sem identidade.

ISTO ENJOA, MAS PASSA

FLORENTINA
Lembram-se daquela música que dizia:
Florentina, Florentina,
Florentina de Jesus
Não sei se tu me ama,
Pra que tu me seduz?
É mais ou menos o que está ocorrendo agora com TIM e as barreiras do rio.
Muita gente se irrita com a mesma coisa que ocorre, mas é o preço da rotina. Quando for daqui a três meses quase ninguém vai se lembrar do que está ocorrendo hoje.
Aí onde entra o papel dos órgãos de imprensa e a tecnologia. Se ninguém ligar pra documentar o que ocorre agora, com certeza os fatos de hoje só ficarão na lembrança dos que vivem hoje.
Quer um exemplo? Algém aí tem a foto da enchente de 1961? Aquela que ficou próxima de Dieca? Aquela que foi uma das maiores, senão a maior cheia de Upanema?
Os antepassados dizem que foi uma grande cheia, mas naquela época, mesmo tendo a máquina fotográfica, as pessoas não tinham o costume de fotografar paisagens e prédios. Máquina era pra tirar foto de pessoas. Pessoas que precisavam de um documento, principalmente a certidão de nascimento ou reservista.
As máquinas de hoje são fantásaticas. Até os MP não sem quanto tiram foto, gravam, têm rádio e não sei o quê.
Só faltam eles fazerem um que sirvam como transporte alternativo.
Voltando ao assunto do início do texto. Vamos ter paciência com o tempo porque ele é mais sábio que nós.
PS. Quem tiver uma máquina ou celular que tirar foto, não perca tempo! Tire uma foto dos estragos que as águas do rio fez! E não se irritem com elas, pois elas não têm culpa de nada!

TEXTO ENVIADO

NOTAS SOBRE O POÇO FEIO

(*) José Romero Araújo Cardoso

A natureza privilegiou o patrimônio espeleológico potiguar com a presença de verdadeiros caprichos em diversas exposições superficiais da estrutura calcárea, a qual se constitui em uma das singularidades da bacia potiguar ao lado do importante depósito sedimentar conhecido no meio técnico como arenito Assú.
Integrando a bacia potiguar, o território pertencente ao município de Governador Dix-sept Rosado, antiga terra do gesso, do alho e da cebola, ainda importante na exploração calineira, abriga preciosas belezas naturais como o Poço Feio, localizado na comunidade rural do Bonito, distante cerca de quatro quilômetros da cidade.
Haver escoamento d’água dentro da caverna calcárea torna a caverna ainda mais importante para os estudos geológicos e espeleológicos, embora enseje impressionante e exponencial atrativo à população local e externa que busca lazer não raro marcado por incipiente consciência ambiental sobre a necessidade de preservação da formação calcárea submetida à intensa ação hídrica em moldes racionais.
O Poço Feio integra indelevelmente o imaginário do povo dix-septiense, cuja lenda foi divulgada e apresentada em peça teatral escrita e dirigida pelo teatrólogo Nonato Santos. Próximo à entrada da valiosa formação natural, encontra-se pedra calcárea em forma de baú, de onde, conforme os mais velhos, em noites de lua desencanta-se bela mulher que vaga buscando enfeitiçar homens.
Provavelmente o Poço Feio é um dos recantos de lazer e diversão mais freqüentados no município de Governador Dix-sept, bem como da região contígua à antiga Passagem do Pedro, Sebastianópolis e São Sebastião. Compromissos e responsabilidade com a preservação do ambiente natural que compõe a estrutura natural do Poço Feio são enfatizados por poucos, sendo a maioria nativa, a qual demonstra afeição e identificação com o patrimônio espeleológico potiguar, representado, no caso específico, pela interessante formação calcárea cortada por curso d’água que proporciona beleza ímpar aos serpenteares da bacia hidrográfica do rio Apodi-Mossoró.
Quebrar garrafas de bebidas alcoólicas e refrigerantes, sobretudo destas primeiras, bem, como deixar lixo acumulando, na entrada principal do Poço Feio, são práticas comuns, as quais atesta absoluta ausência de qualquer princípio engajado no processo ensino-aprendizagem referente à educação ambiental. Alguns relatos da população local indicaram que mesmo dentro da caverna inundada já houve casos semelhantes, denotando irresponsabilidade e falta de compromisso humano e ambiental.
Há décadas a SEP e a SEPARN, duas organizações não-governamentais, estudam o patrimônio espeleológico potiguar, motivo pelo qual despertou-se o interesse dos poderes públicos, resultando em primeira reunião realizada em Mossoró, no dia sete de abril de 2007, com Promotores do Ministério Público preocupados com as incertezas pertinentes à intensa relação do homem com a natureza, cujo enfoque centrou-se na necessidade de se implementar o desenvolvimento sustentável referentes às cavernas potiguares.
Além do Poço Feio, ficou acertado empreender lutas sem trégua para que também se tornem Áreas de Preservação Ambiental o Lajedo do Rosário, localizado no município de Felipe Guerra, e a Furna Feia, situada em terras da antiga Maisa, precisamente no assentamento Eldorado dos Carajás II, a qual se estende ainda por terras pertencentes ao vizinho município de Baraúna, sendo a mais extensa caverna de todo Estado do Rio Grande do Norte.
Matéria prima para inúmeros produtos usados na construção civil e militar, o calcáreo é extremamente visado pelo capital e sua dinâmica, razão pela qual é tarefa conjunta lutar para que as belezas naturais potiguares, as quais revelam infinito potencial turístico sustentável, deslumbrem e propiciem qualidade de vida às gerações futuras.

(*) José Romero Araújo Cardoso. Geógrafo. Professor adjunto do departamento de geografia da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente.

terça-feira, 12 de maio de 2009

NOTÍCIAS DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA DE UPANEMA

PLANO PLURIANUAL SERÁ DISCUTIDO HOJE
A prefeita Maristela Freire deverá se reunir hoje à tarde com os secretários e assessores para discutirem o plano plurianual (PPA) do município de Upanema. O plano plurianual (PPA) estabelece os projetos e os programas de longa duração do governo, definindo objetivos e metas da ação pública para um período de quatro anos. Após a elaboração, o plano será enviado para a Câmara de Vereadores, que poderão sugerir emendas antes da aprovação do mesmo. Em seguida, deverá ser encaminhado para a sanção da prefeita. A reunião contará com a presença do contador do município, o senhor Brito.

FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

quinta-feira, 7 de maio de 2009

INTERNET

AQUI OUTRA VEZ
Quando eu estava já me acostumando sem a internet, ela vem. Meu computador, que já não andava bem das pernas, sofreu um baque ontem, com uma súbita falta de energia. Não é que um parangolé parou?
E agora, José? A internet voltou, mas o computador está pior.
Mas apesar de tudo, as coisas estão voltando para os seus lugares.
As coisas ainda não estão do jeito que o cantor e compositor Benito de Paula cantou nos anos 80:
Tudo está no seu lugar
Graças a Deus
Graças a Deus
Não devemos esquecer de dizer
Graças a Deus
Graças a Deus!