terça-feira, 29 de setembro de 2009

SUCESSÃO NO CALAZANS FREIRE

PARECE QUE AGORA VAI


Pelo andar da carruagem, a Escola Estadual José Calazans Freire vai ter diretor mesmo. O "mesmo" é porque ninguém até agora estava querendo ser candidato àquele cargo.

Pelas conversas que ouvi, vai ter candidato, sem dúvida.

A eleição só ocorrerá em novembro, mas os preparativos devem ser logo, porque a eleição para diretor é como as eleições para cargos maiores e políticos: há prazos.


P. S:

Eu sei quem são os candidatos, mas não digo.

AGORA.

domingo, 27 de setembro de 2009

NOTÍCIAS DA PREFEITURA

PETROBRAS NA REGIÃO
O município de Upanema está recebendo uma equipe Equipe Sísmica da PETROBRAS, com o objetivo colher dados geofísicos em área de 208,00 Km2 dividida entre os municípios de Upanema e Governador Dix-sept Rosado. O trabalho realizado pela Equipe Sísmica ES-27 constitui etapa fundamental para a ampliação das reservas e produção de petróleo e/ou gás na região.
A ES-27 é a equipe sísmica mais antiga e experiente atuando no Brasil, inclusive contando com certificações de conformidade de seu trabalho com normas nacionais/internacionais. De modo resumido, os trabalhos serão realizados em 5 etapas:

1º Liberação das propriedades
2º Abertura de picadas e Levantamento Topográfico
3º Perfuração e Carregamento
4º Registro Sísmico
5º Inspeção final de linhas sísmicas.

O tempo de execução dos serviços está estimado em 04 meses, podendo sofrer alterações para mais ou menos, em função de fatores alheios à vontade da ES-27, tais como adversidades climáticas, enchentes etc.


FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

DO JORNAL DE UPANEMA

CUIDADO COM A CRUVIANA

Das mais recentes histórias que me contaram, selecionei esta para que o leitor veja até que ponto uma palavra mal entendida faz efeito na vida da gente.

O homem da minha história era um viajante que cavalgava um jumento ou uma burra. Sei lá. O animal ia carregado com mantimentos pesados.

Depois de um dia de viagem, ele chegou numa casa de um desconhecido, já á noitinha.

Convidado a desapear, ele desceu do bicho e tratou de se sentar. Depois de lavar os pés, foi naturalmente convidado a jantar. E como naquele tempo não tinha mais nada a fazer – a TV ainda não tinha chegado na zona rural – o homem guardou o animal e foi dormir. O local da dormida fora questionada pelo viajante nesses termos:

- Quero dormir aqui mesmo debaixo dessa latada!

- Não, meu senhor. Durma dentro de casa.

- Por que?

- Por causa da cruviana.

- Que cruviana que nada! Nas viagens que fiz já enfrentei coisa pior que uma cruviana. Eu vou lá ter medo de cruaviana!

- É tô avisando.

E assim o homem teimou e não aceitou dormir dentro de casa. Ainda assim, antes de dormir, o dono da casa ainda gritou:

- Cuidado com a cruviana!

O homem nada respondeu, mas falou consigo mesmo: eu lá tenho medo de cruviana!
Como precaução, puxou a pistola dos quartos e se preparou para um eventual aparecimento da cruviana. “Se ela vier, eu mato”.

Não demorou muito, quando escutou umas pisadas de um negócio lá para o escuro. Olhou e viu um vulto.

“Lá vem a cruviana”. Preparou-se e “pei!” Mesmo no escuro, acertou num animal. Correu para olhar e – adivinhem o que era? – o seu próprio animal. Estava lá o corpo estendido no chão. O dono da casa correu pra ver o que era.

- Que foi isso?

- Atirei numa coisa pensando que era a cruviana.

- Que cruviana?

- A cruviana não é um bicho perigoso?

- Não, rapaz! Nós chamamos aqui de cruviana o grande frio que aparece por aqui nos meses de junho e julho.

E assim, o homem assassinou seu próprio animal porque não pediu explicação a tempo de uma palavra desconhecida.

sábado, 26 de setembro de 2009

PARA QUEM NÃO LEU O JU

OUTROS LEITORES

Quem milita na área da comunicação escrita depara-se constantemente com os mais variados tipos de leitores. Uns leem em voz tão baixa que é necessário que coloquemos o ouvido bem pertinho. Alguns só leem para si e utilizam somente a mente e os olhos para decodificarem o que está no papel. Há uns que não conseguem ler silenciosamente. Tem que baterem com os lábios nem que seja de levinho. Na minha coluna de agosto escrevia eu sobre o livro "O Código da Vinci", de Dan Brown. Fiz um relato do que diz o livro e depois fiz algumas críticas ao texto. Quem leu com atenção deu pra perceber que eu estou do lado dos evangelhos históricos nos quais dizem que Jesus foi um homem solteirnho da Silva e não possuiu mulher coisa alguma. Depois que o jornal foi publicado, alguns leitores vieram me dizer, estupefatos e escandalizados que "eu tivesse cuidado e que não brincasse com Deus". Perguntei a eles o porquê daquilo. Descobri depois que eles fazem parte daqueles leitores inconclusos, ou seja, os leitores que apenas começam a leitura e não terminam. Na verdade, no início do texto diz que Jesus Cristo foi um homem casado com Maria Madalena e tivera uma filha por nome Sara. Lá para o final do texto tem minha posição nas entrelinhas.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

SUCESSÃO NAS ESCOLAS ESTADUAIS

TÁ ROLANDO UM ZUNZUNZUN


A sucessão nas escolas estaduais em Upanema está com o meio de campo embolado.

No Calazans Freire ainda não temos certeza se alguém vai disputar o cargo de diretor.

Já no Alfredo Simonetti, o professor Ribamar pleiteia a sucessão, em chapa única.

Aliás. Pleiteava me chapa única. Agora já há umas conversas de pé de ouvido que dão conta que poderá aparecer uma grande novidade no quadro sucessório.

Vamos aguardar, pois.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

NOTÍCIAS DA PREFEITURA

ENTREGA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS BENEFICIA FAMÍLIAS RURAIS

A Prefeitura Municipal de Upanema realizou hoje pela manhã, a entrega de gêneros alimentícios para moradores da zona rural. Para prestigiar o evento, várias autoridades estiveram presentes, entre elas, a prefeita Maristela Freire, o vice-prefeito Manezinho, secretários municipais, presidentes de associações rurais e o deputado estadual Leonardo Nogueira, que visitava o município e aproveitou o momento para também participar da entrega dos gêneros alimentícios. Os itens que foram adquiridos junto a CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento foram: açúcar, leite em pó e macarrão. A solicitação foi feita pela Prefeitura Municipal de Upanema, que através da secretaria de Agricultura realizou o cadastro das associações rurais beneficiadas com os alimentos. Aizamaque Dáliton, secretário de Agricultura, informou que as associações tiveram um papel importante para que o município não deixasse de adquirir os alimentos, pois se mobilizaram rapidamente para efetivação do cadastro. Ele também destacou a importância da parceria com o Governo Federal nas ações que beneficiam os agricultores do município.

O deputado Leonardo Nogueira fez questão de dizer que as ações individuais dos municípios estão cada vez mais difíceis de realizar, em virtude da crise que abala as finanças dos municípios do Brasil. O deputado, que é esposo da prefeita de Mossoró Fafá Rosado, citou o exemplo da cidade vizinha, onde sua esposa também enfrenta dificuldades. “Não está sendo fácil administrar uma prefeitura no Brasil. Várias vezes Fafá comenta que está perdendo noites de sono pensando nas dificuldades e na falta de recursos”, comentou.

A prefeita Maristela disse que são de pequenas ações que se consegue chegar a uma grande administração. “Um pouquinho aqui, um pouquinho acolá, chegaremos a resultados expressivos, se Deus quiser”, afirmou. Maristela ainda comentou que a administração municipal está se movimentando no sentido de sempre estabelecer parcerias com os outros entes federados. “O momento financeiro que estamos vivendo as prefeituras não é bom, por isso é necessário buscarmos parcerias como essas”, disse a prefeita. No total, foram distribuídos 1.500 kg de alimentos para sete comunidades rurais do município.


FONTE: SECRETARIA DE TURISMO E COMUNICAÇÃO – ASSESSORIA DE IMPRENSA

AINDA A COPA OESTE

PROBLEMAS


A transmissão pela FM 104 da partida entre Upanema e Potiguar de Mossoró começou com onze muntos de atraso. A justificativa disso foi ter acontecido alguns problemas técnicos.
Problemas a parte, vamos a uma análise superficial da partida. Alguns torcedores disseram que Upanema jogou muito mal e o Potiguar simplesmente não jogou nada. Por isso o nosso time ganhou com a maior facilidade.

MAIS EMOÇÃO NO FUTEBOL

COPA OESTE


Para quem gosta de assistir às partidas de futebol no Freirão, poderá unir o útil ao agradável.

Além da magia do futebol, a narração do jogo ouvida pelo rádio faz uma boa dobradinha e ajuda a entender a partida de uma forma plena.

Comunga comigo o mesmo pensamento o professor João Marinho. Aliás, foi ele quem me disse que uma partida de futebol só fica completa quando também a escutamos pela FM 104 e narrada por Tarcísio Teixeira. É que seu jeito engraçado de narrar, de forma séria é muito sensacional.

Ir ao estádio sem ouvir Tarcísio, há um quê nisso tudo.

"Com Tarcísio Teixeira, é mais emoção", diria Anaximandro.

domingo, 13 de setembro de 2009

COPA OESTE

DAQUI A POUCO


No estádio Freirão Upanema jogará com o Potiguar de Mossoró pela Copa Oeste.

HISTÓRIAS DE DOMINGO

MEMÓRIAS DO PAI

Guardo muitas histórias do velho pai. Neste momento lembro-me das vezes que ele acordava bem cedinho, fazia um pote de café. Êpa! Uma paradinha para explicar aos mais novos o que significa “fazer um pote de café”.

No meu tempo de menino as pessoas não usavam as modernas garrafas. Antes dessas, usavam bules. (Aquilo que alguns chamam “builes).

Naquela época as pessoas botavam o café dentro de um objeto de barro, que chamávamos de pote. Era um potinho de barro. Num desses recipientes o velho enchia de café e depois tomava quase todo. Em seguida ia para a “vage” bater tijolo. O local da olaria era na terra de Seu Lino Pimenta, do outro lado do rio.

Naquele tempo ainda havia a coalhada com cuscuz e rapadura. O cuscuz era moído num moinho caseiro. “Moído” era simplesmente o particípio do verbo moer. Hoje um moído significa um boato, um fuxico, uma conversa jogada fora, ou ainda: quando reclamamos de um mal feito de um aluno, ele diz: deixa de moído! Ele nem sabe que antigamente quem era moído era o milho no moinho.

Hoje estamos nos tempos do iogurte, que muitas vezes confundimos com orkut. Do tijolo manual produzido na várzea eu remeto ao tijolo industrial produzido na cerâmica de Seu Sebastião, Oton e Zé Reis. Mas isso já é assunto para outra edição.

Fonte: Jornal de Upanema - agosto - 2009

sábado, 12 de setembro de 2009

NOTÍCIAS

GINCANA PARA A FELIZ IDADE
Este foi o tema escolhido pelo Centro de referência da Assistência Social – CRAS “Casa das Famílias” para as atividades de lazer voltadas para a 3ª idade. O evento aconteceu sexta feira – 05/09/09 e teve a participação do Grupo de Convivência "Dois Irmãos Cosme e Damião". As atividades baseadas no formato de gincana com duas Equipes (Equipe Amarela e Equipe Azul) disputando de forma bastante saudável e divertida onde o aprendizado e a descontração foi o objetivo principal desse momento.Atividades de convívio, lazer e brincadeiras estão nas diretrizes do projeto “Momento Psicossocial” que o CRAS vem realizando este ano no nosso município, e esse público aqui referenciado, constitui foco principal das ações de enfrentamento para a prevenção ao isolamento social, acesso a serviços de saúde, prevenção da violação de direitos e informações precisas para seus familiares considerados como seus “cuidadores”.Essa Gincana é um trabalho conclusivo, onde a primeira parte foi realizada através de palestra com o tema; “CUIDAR PARA VIVER A FELIZ IDADE”, ressaltando os cuidados que devemos ter para a prevenção de acidentes domésticos, prevenção de doenças e uso indevido de medicação.
Em breve esse bonito trabalho também estará sendo realizado no Grupo de Convivência "Damião Alexandre".

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

HISTÓRIAS DE DÁRIO

SINAL DOS TEMPOS


Um vendedor novato na rota chega para um comerciante de Upanema e pergunta, aqui tem TIM? o comerciante respondeu que sim e o vendedor rapidamente sacou o celular, mas, para sua decepção não havia sinal e o vendedor reclamou ao comerciante - Aqui mesmo não tem TIM não e o comerciante tascou de lá - Tem sim Tim de Antonio Buchudinho.

sábado, 5 de setembro de 2009

NOTÍCIAS DA PREFEITURA

HOMENAGEM


A prefeita Maristela Freire foi uma das homenageadas na FINECAP, evento que teve início ontem, na cidade de Pau dos Ferros.
A homenagem era para todas as primeiras prefeitas de cada município do Rio Grande do Norte, além das pioneiras da política estadual. A iniciativa da homenagem partiu do fotógrafo Clenildo Maia, que montou o estande na FINECAP.
O Estande foi um dos mais visitados pelo público presente a feira.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

PARA QUEM NÃO VIU A EDIÇÃO DO JU DE AGOSTO

PAI DOS BURROS


Corre na boca de muitas pessoas, a meu ver, erroneamente, a definição de que o dicionário é o pai dos burros. Sentindo-se assim, os dicionários definem, sem constrangimentos, o significado como tal. Não posso admitir tal definição, pois assim iria concordar com uma boa parte dos alunos e de que seus colegas são burros. É. Ao admitirmos tal definição acabamos nos autodenominando de burros, já que vez por outra precisamos consultá-lo. Assim, prefiro chamar o dicionário de pai dos inteligentes, levando em conta que só os inteligentes têm a capacidade e a humildade de buscar nele as palavras que ainda não conhece seus significados. Já os burros, não. Estes não conseguem diferenciar um dicionário de um fusca, muito menos procurar saber o significado das palavras.