domingo, 30 de novembro de 2014

QUEM SE LEMBRA?

O desenho da cidade de Upanema tem mudado a passos largos. Quem não costuma a andar pelos quatro cantos da cidade com frequência não conhece nem a geografia nem as pessoas que moram lá.

Uma ilustração da mudança da geografia da cidade é a quantidade de casas e conjuntos residenciais existentes na banda oeste da cidade.

Quem se lembra da cidade antes dos conjuntos?

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

PIP

PIP é a sigla de Projeto de Inovação Pedagógica, que pertence ao RN Sustentável.

O projeto será executado em 2015.

A Escola Estadual José Calazans Freire foi contemplada e já está nos finalmentes.

O projeto visa à melhoria da educação.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

OUTUBRO E NOVEMBRO

O rosa e o azul não passarão com o fim dos meses de outubro e novembro. A campanha vai continuar, dizem os promotores da campanha.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

FALTA DE PREPARO

No Brasil há milhares de empregos que não estão sendo preenchidos por falta de pessoas preparadas.

Essa constatação vem de longe. Já vi diversas reportagens sobre o assunto que apontam o problema e indicam a solução: que as pessoas estudem para que possam ser capacitados para preencher as vagas.

Dependendo do tipo de serviço, muitas vezes nem exige estudo formal, ou seja, aquele estudo em bancos escolares, mas apenas o estudo profissionalizantes.

Para se ter uma ideia, há muitos automóveis pesados que estão esperando que mais pessoas aprendam a dirigi-lo. Esse tipo de transporte exige muito estudo e preparo.

O que há muito no país são pessoas desocupadas porque não são capacitadas para determinados serviços. Outro caminho não há, senão o que me referi nas linhas acima. 

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

SEM FIM

Até parece que não tem mais fim o fio que conduz o caminho da corrupção que percorreu e ainda está percorrendo os denunciados de corrupção no escândalo da Petrobrás.

O fio é tão comprido que pelo visto, não é impossível chegar bem pertinho de nós. É denúncia  que não acaba mais.

domingo, 23 de novembro de 2014

QUEM SE LEMBRA?

As bicas de antigamente serviam para o divertimento da meninada na época de chuva.

Outras vezes serviam para suprir a falta d'água.

Não é que as bicas voltaram a ter a função de suprir a falta d'água?

Hoje muitas pessoas armazenam grande quantidade de água em grandes cisternas. O passado está se encontrando com o presente.

sábado, 22 de novembro de 2014

AS FORMIGAS

As formigas que criam asas apontam para início de chuva.

Esta é outra intrigante experiência sobre inverno. É tiro e queda!

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O CANTO DO SAPO

Um cidadão me deu uma informação gratuitamente sobre as previsões sobre o inverno para o ano que que vem.

"O sapo tá cantando. É sinal de bom inverno."

Segundo ele, o coaxado do sapo é bom sinal de que haverá chuva. apesar de não colher, ele está se preparando para o tempo invernoso.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

PREVISÕES

Há previsões de alguns institutos de meteorologia de que não haverá um bom inverno em 2015.

Se isso acontecer, muitos problemas serão multiplicados, pois os humanos ainda não conseguiram conviver com as cheias e muito pior com a seca.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

BANDEIRA

"Salve lindo pendão da esperança" é uma expressão que desapareceu da mente da maioria dos brasileiros.

É o primeiro verso do hino à bandeira, composição do poeta parnasiano Olavo Bilac.

Apesar de ter sido abolido, algumas pessoas pensam que ainda é feriado. 

A bandeira é um dos símbolos nacionais.

UM MUSEU DE GRANDES NOVIDADES

As ações dos seres humanos apenas se repetem com o tempo. A corrupção é velha companheira dos humanos. Basta folhearmos a história antiga e recente que constataremos as manobras que grandes e pequenos personagens engendraram para se dar bem em detrimento do mal dos outros.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

FALTAS

Depois da falta de água, foi a de energia.

Hoje faltou energia, por algumas horas. Ainda bem, pra mim, que logo voltou.

domingo, 16 de novembro de 2014

QUEM SE LEMBRA?

Além de jogarmos futebol na rua, a bola não ajudava muito. Geralmente a bola era canarinho, uma marca muito usada naquela época: anos 70 e 80.

Os meninos da classe mais privilegiada jogavam com bola dente de leite.

Quem se lembra disso?

sábado, 15 de novembro de 2014

CADERNO DE ANOTAÇÕES

Leio aqui num dos meus cadernos que em 13 de novembro de 2005, um domingo, o governo do Rio Grande do Norte realizavaconcurso para professor. "Muita gente jogou sua sorte lá," fecho o texto.

Os concursos para professor desapareceram do vocabulário dos governos. Não só dos estaduais, mas também dos municipais.

A PAZ

Não adianta buscarmos a paz com armas da guerra.

PROCLAMAÇÃO

Num dia desse, em 1889, o Brasil deixava de ser monarquia para tornar-se uma república.

A proclamação se deu um ano após a extinção da escravatura.

Foram  duas datas amiudadas, em dois anos consecutivos que mudaram os rumos do país.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

EDUCANDO

Educando com a 104 é o nome de um dos programas da FM Liberdade que vai continuar na grade de programação.

Consoante a gerente comercial, Talita, o programa deve continuar, pela sua importância na área educativa. Além de prestar esse serviço na área educativa, ele irá transmitir ao vivo, lista dos que passarem no vestibular da Uern.

O programa Educando com a 104 estará no ar, todos os sábados, a partir de amanhã, 15. A apresentação de Francisco José. Colaborarei, dentro do possível, com as curiosidares e broncas gramaticais.

PRECIOSO LÍQUIDO

O precioso líquido, depois de dois dias em falta, voltou.

A água é como a respiração: só nos damos conta da sua verdadeira importância quando falta.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

HORA DE CAUTELA

Quase não fecham-se as urnas e já escutamos más notícias acerca das ações anunciadas pelos candidatos eleitos.

As ações más, obviamente.

Algumas são oficiais, outras não. Saíram da boca de pessoas, mas não da pena.

Por enquanto, é hora de cautela. Precisamos esperar que janeiro chegue.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

POLÍTICA PARA O TRÂNSITO

Cada dez vítimas que vão para a UTI, seis são de acidentes de trânsitos, principalmente por motocicletas e com pessoas de dezoito a trinta e quatro anos.

A informação foi feita no Bom dia, Brasil de hoje, rede Globo.

A notícia merece uma reflexão e uma provocação: um pedido para que as autoridades façam alguma coisa. Essa alguma coisa é leis mais duras.

Na esfera federal já endureceram a lei sobre a ultrapassagem absurda. Multa dura neles.

Aqui também poderemos ir pensando nisso, pois desobedece-se a lei de uma forma absurda:

*Há que faça negócios na pista: compra, venda, etc. Fazem barreiras de carros e motos;

*Há quem levante o pneu e corra em alta velocidade e ainda ache o máximo;

*Há quem corra demais, sem ser Roberto Carlos. Etc, etc.

Política pública para o trânsito. Enquanto isso, na escola precisamos tratar desse tema como transversal.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

UTILIDADE PÚBLICA

A utilidade pública é o ponto forte, mais alto da FM 104, Liberdade.

É nesse item que a rádio recebe, digamos, a unanimidade da população.

Os perdidos e achados, as notas de avisos de morte são itens que prestam relevantes serviços.

A VOLTA

A FM 104,9 está no ar oficialmente desde o sábado, 8.

A programação está aos poucos sendo encaixada. Os programas mais tradicionais, como o de Dequinha Bezerra, Fabiano e Valdir já estão no ar.

AS HERANÇAS

Ninguém gosta de receber como herança dívidas, mas algo lucrativo.

Este é o quadro das heranças administrativas para 2015. Os governadores esperam cofres cheios, ou pelo menos com alguma coisa.

A sociedade não quer chororô.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

ENEM

Muitos estudantes fizeram as provas só por experiência.

Isso é muito bom.  A experiência  prévia será valiosa para exames futuros.



TEMA DA REDAÇÃO DO ENEM

Publicidade infantil, foi o tema da redação do Enem 2014. Um bom texto deveria abordar a ética na publicidade. Os cuidados que os puboicitários devem ter quando propagam certas propagandas.

E o que se publica no face?

domingo, 9 de novembro de 2014

DICAS DE REDAÇÃO PARA ALUNOS DO ENEM

Para produzir um texto na prova do Enem, pequenos detalhes farão grande diferença. Uma delas é o tamanho de cada período.

Para facilitar, vou traduzir a palavra período. Período é uma frase. Vou chamar período de frase.

* Portanto, escreva frases curtas, e não quilométricas, pois terá mais chance de acertar. Ou seja, numa frase pequena é mais fácil a pontuação.

E não se esqueçam de colocar ponto final quando finalizarem uma frase. Vejam a entonação.

QUEM SE LEMBRA?

Num dia como o de hoje, dia de prova do Enem, lembro-me dos tempos duros da escola. Não havia as facilidades que temos hoje, principalmente a acessibilidade nos seus mais variados aspectos: vagas e o como chegar à escola.

Não havia facilidades, mas tinha um ponto positivo: quem conseguisse transpor aquelas barreiras era Phd com apenas um segundo grau.

Agora a concorrência aumentou. Cada um deve investir na qualidade.

sábado, 8 de novembro de 2014

HOJE É DIA DE DESAFIO

Dia de Enem é dia de desafio dos grandes para quem está disputando pra valer uma vaga na Universidade.

Há quem faça prova somente para cumprir tabela. Dentre estes, uns o fazem porque ainda não estão no terceiro ano ou que não estudaram suficientemente para concorrer em condições para passar.

Seja qual seja o caso, é bom que mantenham a calma. Se conseguir isso, já vai ganhar nesse item para muitos, pois esse motivo derruba muitos estudantes.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

UM ESPAÇO E TEMPO PARA ESTUDAR

Há muitos anos - assim nos anos 90  - um pai de um dos meus alunos do Ensino Médio me abordou e disse:

Dê uma ajudinha a meu filho, porque ele não tem tempo de estudar. Trabalha desde cedo.

Respondi, sem gaguejar:

Dê condições a seu filho para ele poder estudar em casa.

A todos, eu digo hoje:

Arranjem tempo e um bom lugar para estudar. Pode ser em casa, na escola ou noutro lugar. Os vencedores fizeram assim.

MÚSICA É ARTE

Revi ontem um velho conceito de música: "arte de combinar sons".

Munidos desse conceito, podemos seguramente dizermos que as produções modernas em que um vocalista fica gritando e lançando palavrões contra as mulheres e emitindo uma letra agressiva, pode ser chamada de música.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

FORA DA LISTA

Upanema não está incluída na lista das cidades do Rio Grande do Norte que correm perigo de epidemia de dengue. Treze cidades do nosso Estado correm esse risco.

A quem atribuiremos os méritos?

Seja quem for, palmas para nós!

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

VINTE E CINCO E VINTE E SEIS

Hoje faz vinte e cinco anos que a Constituição do Rio Grande do Norte foi promulgada e vinte  e seis anos e um mês da promulgação da nossa lei maior, a Constituição Federal.

Lembro-me de ambas as promulgações, mas a que mais me marcou foi a constituição cidadã, levantada pelo presidente  da câmara federal, Ulisses Guimarães.

Naquele dia todo mundo tinha a ilusão de que a partir daquela lei, quase todos os nossos problemas seriam resolvidos.

É PRECISO SONHAR

Diz o poeta que "nossos sonhos a gente é quem constrói". Nem sempre temos a força para construirmos nossos  sonhos.

Mas mesmo assim, vale a pena sonhar. Aliás, temos  a obrigação de sonharmos.

UM EXEMPLO A NÃO SER SEGUIDO

Defendo com unhas e dentes a ideia que quem deseja fazer uma boa redação precisa escrever todos os dias, com o próprio punho e de caneta.

Convenhamos que para a geração do celular seja difícil escrever com caneta.  Não. Não censuro esta geração em pensar assim. Entretanto, convido-a a refletir comigo sobre o fato de não haver saída. Que fazer, se vivemos numa época digital e continuamos com exames vestibulares com redações escritas a mão?

Escrever todos os dias, textos gordos, robustos, sobre os mais variados temas do quotidiano.

Textos robustos, sim. Não devem seguir meu exemplo, de escrever textos magros como eu. Devem ter pelo menos o triplo deste que já estou quase no fim. Eles devem ser bem escritos, fundamentados em argumentos convincentes.

Quem assim proceder, terá a chance de fazer uma boa redação.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

UM SER EM FORMAÇÃO II

E o como aplicar os conteúdos é dose forte.

Quanto mais a gente estuda, mais desaprende. As estratégias pedagógicas que funcionam de verdade  não surtem o efeito que desejamos. É como se receitássemos um remédio fraco e não tivesse efeito.

E assim caminha a educação formal.

UM SER EM FORMAÇÃO

O que sempre escutei sobre o médico de que nunca para de estudar, vale para todas as ocupações. Com o professor não é diferente. Precisa estar se atualizando não só em conteúdos, mas como aplicá-los.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

DICAS IMPORTANTES

O sucesso de quem estuda depende de algumas atitudes interessantes feitas na hora certa. Por exemplo: o uso da fala. Se o estudante fala na hora de perguntar, de responder ou de questionar um assunto, ele tem muita chance de obter sucesso, pois ele dependerá do  que está estudando.

Fazer anotações do que está estudando. Pode ser o resumo do conteúdo e até as explicações do professor.

Estudar em casa, de preferência no mesmo dia aqueles conteúdos que viu na aula. O assunto ainda fresquinho facilita a aprendizagem. O mal de muitos ditos estudantes é que não ligam nem para o que vê na sala, imagina revê-lo em casa depois.

E quando fracassam, botam a culpa em muita gente, menos neles mesmos.

Estas broncas servem para estudantes de todos os níveis de ensino. Os que estudam em cursinho também precisam se ligar.

domingo, 2 de novembro de 2014

QUANDO FALECEM CERTOS PROFISSIONAIS

O bombeiro - apagou-se
O alfaiate - abotoou o paletó
O açougueiro - desencarnou
O locutor - saiu do ar
A telefonista - cortou a ligação
O político - renunciou
O futebolista - foi expulso de campo
O árbitro - trilou o apito final
O jornalista - colocou ponto final
O humorista - ficou sério
O carpinteiro - bateu o prego
O fazendeiro - trelou as botas
O massagista - esticou as canelas
O marceneiro - vestiu paletó de madeira
O ricaço - perdeu os cobres
O advogado - requereu moratória
O motorista - fez a última viagem
O maquinista - chegou ao fim da linha
O leitor - virou a última página
O professor - quebrou o giz.

João Fernandes, de Joviânia-GO, da Folhinha do Sagrado Coração de Jesus.



QUEM SE LEMBRA?

Os remédios caseiros do antigamente da minha criancice e adolescência eram basicamente os mesmos de hoje.

Destaco a papaconha como remédio que combatia o fastio.

Se havia um menino que não queria comer, só era tomar um chá de papaconha.

sábado, 1 de novembro de 2014

A DEMOCRACIA NAS BASES

Desde cedo, ainda na escola, as pessoas precisam entender, reforçar e aceitar o jogo democrático, que não é perfeito, nem cem por cento, mas ainda é o melhor que nos engendraram.

O jogo dos regimes totalitários é horrível e não desejado por nenhuma pessoa de bem.

É na escola que precisamos e devemos aprender o verdadeiro sentido da liberdade e do direito de voto. 

É lá que deve-se entender que todos têm o direito de escolher o seu candidato.

A eleição de um grêmio deveria ser um laboratório para os que porventura um dia se sintam capazes de assumir um cargo político.

Mas o que ocorre é que o mau comportamento dos grandalhões está levando os pequenos a se comportarem da mesma maneira.

Pois bem. A eleição do grêmio do Calazans Freire foi anulada até que os candidatos amadureçam e aprendam a se comportar como gente grande que faz da democracia um instrumento de mudança e progresso da Educação.