terça-feira, 29 de setembro de 2015

PARA QUE AINDA SERVE A ESCOLA

Para uns, a escola é um meio de ganhar (pouco) dinheiro. Para outros é um lugar de diversão, queimação de tempo.

Para outros, lugar de aprender e apreender cultura geral.

A escola nos bons tempos tinha uma finalidade: repassar cultura. Hoje desviou sua função para educar.

Taí um dos motivos do fracasso da escola pública: não se preocupa na "ensinação", mas na educação, função da família.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

SEJAMOS FORTES

Nos momentos de dificuldades é que precisamos ser fortes para atravessarmos os mares e subirmos as montanhas.

domingo, 27 de setembro de 2015

QUEM SE LEMBRA?

Quem se lembra de uma seca desse tamanho em todas as regiões do país?

sábado, 26 de setembro de 2015

PROVÉRBIO DE SÁBADO

Aprender nunca é demais

Diz Sherlock Holmes, personagem de Conan Doyle que não precisava aprender qualquer coisa.

Ele só procurava aprender o que interessava ao campo de seu estudo, que era a investigação. Ele focava suas pesquisas em áreas específicas para não perder tempo e deixar o cérebro cansado com assuntos inúteis.

As ideias de um dos maiores detetíveis da ficção de todos os tempos chocam-se com o provérbio acima.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

UMA COINCIDÊNCIA?

Quando tento entender o fracasso de muitos estudantes na área das letras ou cultura geral, recorro a perguntas como "que músicas vocês curtem?"

Quando eles me dizem, fico a pensar: será coincidência?

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

TEMPOS DIFÍCEIS

Vivemos tempos difíceis em todos os setores da sociedade. Atualmente o que mais é notado é na economia, política. A crise econômica é reflexo da política.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

UMA CAMPANHA

Uma campanha que vai de vento em popa é a do conselho tutelar.

Os candidatos pedem, pedem e pedem os votos. A campanha está arrochada, segredou um cabo eleitoral. Disse ainda que está difícil ganhar um voto e que os candidatos serão bem votados e não haverá uma grande distância de número de votos entre um outro.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

QUALÉ?

A cada dia o mundo fica mais complicado. Em todas as áreas do conhecimento e da sociedade temos exemplos de equívocos de todos os tamanhos.

Na educação os grandalhões lutam para encontrar a porta certa. Só que não encontram porque estão fundados em ideologias sei lá o que sejam.

Enquanto a escola privada continua com o currículo tradicional, a escola tenta elaborar um currículo.

Qualé?

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

A CORRIDA DA TECNOLOGIA

Vi a TV preto e branco e o disco vinil sair de moda e serem engolidos pela TV em cores e o CD.

Hoje o CD já foi engolido pelo pen driver. Pode-se colocar milhares de músicas num só local e deixar tocar até cansar.

Até onde a tecnologia vai?

domingo, 20 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 50

Entre a rádio Am e Fm

Entre a rádio am e fm, sou mais a primeira. A am é mais mista, popular e tradicional.

A fm é mais elitista, moderna. Até suas músucas.

Por isso, que entre uma e outra, prefiro a am.

50 ANOS - TEXTO 49

Por que sou Flamengo

Porque na minha turma a maioria era em consequência da boa atuação do time. Havia o galinho de Quintino, o Zico, que fazia muitos gols e armava outros.

Era uma maravilha ser Flamengo.

50 ANOS - TEXTO 48

Descriminalização

A descriminalização da maconha e do aborto poderá ser mais um equívoco dessa geração metida a sabida demais.

Quando o ser humano (tropo) reivindica para si o direito de ser o centro do mundo - quem manda aqui somos nós - corre-se o risco de afundarmos a humanidade mais depressa.

50 ANOS - TEXTO 47

Paz

Uma das fórmulas da paz é acendermos a luz no lugar de amaldiçoarmos as trevas. É tentarmos apagar as chamas no lugar de botarmos lenha na fogueira.

50 ANOS - TEXTO 46

Pergunta

Qual a rua mais arborizada em Upanema?

50 ANOS - TEXTO 45

Mania de professor de português

Quando alguém diz que sou mal, pergunto:

- Com l ou com u?

50 ANOS - TEXTO 44

Quem se lembra?

Quem se lembra da antiga prefeitura, próxima dos correios?

No final dos anos 90, a câmara de vereadores também funcionava lá.

sábado, 12 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 43

Dia de festa

Nas comemorações dos 62 anos de emancipação política está a inauguração da escola infantil Severino Ramos Martins de Moura.

Será hoje, no bairro Pegas.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 42

Onze de setembro

Há catorze anos o mundo ficava chocado com o que viu ao vivo na TV: torres incendiadas por aviões.

Aproximadamente três mil pessoas morreram nos mais de cem prédios incendiados.

Era o onze de setembro que ia para a história.

Cheguei a ver ao viveovó. Estava em casa olhando a TV quando os jornalistas noticiaram e posicionaram as câmeras em direção das torres.


quarta-feira, 9 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 41

Nuvem passageira

Música do sumido cantor Hermes de Aquino, "nuvem passageira" é uma música que fez muito sucesso em meados dos anos 70.

A música tem uma grande mensagem existencial, além de utilizar duas figuras de linguagem: metáfora e comparação.

"Eu sou nuvem passageira que com o vento se vai"

"Eu sou como um cristal bonito, que se quebra quando cai."

terça-feira, 8 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 40

Ter 50

Ter 50 anos tem a vantagem de revivermos um passado de menos vaidades na área tecnológica. Tínhamos o disquete como único disco móvel para armazenarmos dados.

Num disquete cabia somente alguns textos e poucas fotos. Vídeo, nem pensar.

Hoje há pen drive que armazena muitos vídeos.

50 ANOS - TEXTO 39

Ter 50

Ter 50 anos tem algumas vantagens, como ver algo moderno deixar de sê-lo como a TV em preto e branco ser jogada para escanteio, bem o disco vinil ser desprezado por todos.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 38

São do mei

Como paráfrase do sábio que disse que não há novidades "debaixo do sol", é recorrente neste modesto veículo de comunicação e entretenimento o trânsito. Não é novidade o que vou escrever agora.

Vejo com temor o fato de que a média do mal comportamento dos condutores de veículos automotores ou não e dos pedestres é acima da média.

Não dá pra medir, mas se fosse possível, daria um 8,0.

Vez por outra há pessoas que tomam o asfalto da perigosa BR, seja a pé ou em cima do veículo. Até onde sei, as ruas e avenidas foram feitas para passar e não para estacionar.

- São do mei, meu povo!

domingo, 6 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 37

Quem se lembra?

Na lista de automóveis do passado que Jessier Quirino faz, está a rural.

Já escrevi sobre ela aqui, mas não dá pra esquecer da rural de Jalmiro ( ou estou enganado?)

O transporte de passageiros de Jalmiro era mesmo uma rural?

sábado, 5 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 36

Provérbio de sábado

Falar é prata; calar é ouro.

Todo mundo precisa de ter esse provérbio na mente a todo instante. Não se trata de ficarmos inertes, sem falarmos nada diante de problemas e irregularidades daquilo que vemos.

É falarmos na hora certa.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

50 ANOS - TEXTO 35

Já entrou setembro

Já entrou setembro. Há alguma "boa nova nos campos" e nas cidades? 

Não. Está claro que não estamos presenciando boas-novas no nosso meio. As más notícias circulam com tanta intensidade que as boas não conseguimos enxergar.

A cada dia temos novidades sobre práticas reprováveis por aqueles que elegemos e confiamos o governo.