sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

CAINDO DAS NUVENS

Quando se trata de administração pública, é melhor que a gente fique com um pé bem firme no chão da História passada e outro na realidade presente.

Se tivéssemos outro pé, é que poderíamos colocá-lo no chão das promessas e juramentos, de pés e mãos juntas, no calor da campanha eleitoral.

Toda essa precaução é para não nos decepcionarmos depois e ficarmos lamentando.

A solução dita acima não é propriamente uma receita, mas apenas uma reflexão. Afinal, seguro morreu de velho e desconfiado, acho, que ainda vive. Se não o mataram de desgosto.

DIA DE CERIMÔNIAS

Hoje haverá posses de mandatos por todo lado. Na presidência da República, haverá a posse da primeira mulher a galgar aquele grau de poder.

No Estado, não é novidade a chegada de uma mulher no Palácio Potengi, pois já tivemos Vilma de Faria. Nem tampouco uma mulher mossoroense, já que a ex-governadora também o é. Rosalba tem só um diferencial: é que vive há muitos anos por lá, militando na política e trabalhando como médica. José Agripino também é mossoroense, diferente da ex-governadora, tem vínculos com Rosalba.

Há uma informação sobre Rosalba Ciarlini que passa desapercebido de muitas pessoas: ela é nora do ex-governador Dix-sept Rosado. Este governou o Estado durante pouco tempo: menos de seis meses de mandato. Foi vítima de um acidente aéreo.

Em Upanema também teremos a posse do Presidente da Câmara de vereadores. Dárcio toma posse hoje pela tarde.


NOS FINALMENTES

No último dia do ano e com os trabalhos escolares em seus dias finais, a gente fica meio assim sem ter como elaborar um bom texto por causa do tempo que se estreita.

Como hoje feriamos, vamos colocar algumas reflexões de fim de ano.


quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

NOVA EDIÇÃO DO JORNAL DE UPANEMA

Está à venda na Padaria Celina, Panificadora Dois Irmãos, Valdeci e à disposição dos assinantes a mais nova edição do Jornal de Upanema.

O jornal traz como matéria principal as perspectivas para o ano que vem.

Outra matéria interessante é o trabalho da estudante de Turismo, Najara Gracielly, sobre a história de Upanema, especialmente sobre a casa de Zé Jerônimo.

Boa leitura!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

ADMINISTRAÇÃO DA PREFEITA MARISTELA ENCERRA MAIS UM ANO PAGANDO O FUNCIONALISMO EM DIA

O compromisso da prefeita Maristela Freire em realizar o pagamento do funcionalismo em dia será cumprido mais uma vez em sua administração. Está sendo anunciado para hoje, o início do pagamento do funcionalismo municipal, da maioria das secretarias e órgãos da administração “Avançando com Resultados”. Segundo o calendário divulgado pela Secretaria de Finanças, terão seus vencimentos creditados hoje, os funcionários das seguintes secretarias:

Agricultura, Administração, SUAS, Finanças, Gabinete, Turismo e Comunicação, Obras, FUNDEB 60%, FUNDEB Educação Infantil, funcionários do PSF, da Sec. de Saúde e da Sec. de Educação.

Amanhã, receberão os funcionários da Unidade Mista de Saúde, FUNDEB 40%, FUNDEB EJA. A única dúvida sobre a data do pagamento é com relação aos Agentes de Saúde, que depende do envio dos recursos por parte do Governo Federal, mas a expectativa é de que o repasse possa acontecer ainda amanhã.

Com o cumprimento do pagamento em dia no mês de dezembro, a prefeita Maristela encerra seu segundo ano de mandato, cumprindo rigorosamente em dia o calendário de pagamento do funcionalismo público. Mesmo sendo uma obrigação, é importante ressaltar que sem o compromisso do executivo em dar prioridade ao funcionalismo, poderíamos ter casos parecidos como o de outras cidades, onde o pagamento está atrasado em mais de um mês. “Trabalhamos duro para que pudéssemos estar iniciando esse pagamento hoje. Fizemos cortes, tomamos medidas duras, mas cumprimos o nosso compromisso com o nosso servidor”, comemorou a prefeita Maristela.

FONTE: Sec. de Turismo e Comunicação – www.prefeituradeupanema.blogspot.com

PELOS CAMINHOS

"Pelos caminhos do mundo
Existem o mal e o bem
Ajude sempre que possa
Não olhe como e a quem."

(Trecho da música "Pelos caminhos", de Antônio Marcos)

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL

O deputado Alceni Guerra - DEM-PR defende a escola de tempo integral, através da PEC 134-07.

Ele disse que o projeto prevê pelo menos uma escola de sete horas.

Ele falou também que haverá um prazo elástico de dez anos para que as prefeituras se preparem.

Num contexto atual, digo eu, será que uma escola integral nos moldes de hoje conseguirá manter os alunos dentro dos muros num período de no mínimo de sete horas?

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

METAS PARA 2011

Uma das metas para 2011 de todos os que trabalham, especialmente os que militam na Educação deve ser as condições de trabalho.

Apesar dos salários estarem ainda muito aquém do almejado, já houve avanços significativos. O piso salarial ainda não deu certo, mas ainda há tempo pra isso.

Sobre as condições de trabalho, principalmente em algumas escolas, notadamente as municipais, notícias dão conta de que é uma calamidade.

Só sabe o que é um ambiente sem condição de trabalho digno quem o vive e o sente na pele.

Meta para 2011 para os trabalhadores em educação: condições dignas de trabalho.

DOIDO PELA VIDA

Uma notícia que passa na grande mídia que não podemos deixar de lado é a luta do Vice-presidente da República, José Alencar. Ele luta com todas as armas e forças de que dispõe. Para termos uma ideia, já até perdemos a conta dos anos que ele luta contra o câncer. Em nenhum momento ele fraquejou e entregou os pontos.

Agora, ele teima com todo mundo para ir à posse da presidenta, Dilma.

Um contraponto triste é vermos diariamente muitas pessoas lutando pra morrer, desesperadamente, de muitas formas, com todas as forças. É no dia-a-dia do vício; na velocidade do carro, sob o efeito do álcool; é na violência das ruas que mata-se e morre-se todos os dias, banalizando-se a vida.

Enquanto isso, José Alencar briga com a morte e aposta na vida. Se dependesse dele, ele não morreria nunca!

domingo, 26 de dezembro de 2010

O QUE SE VENDE NAS LIVRARIAS

No meu tempo de criança e adolescente, o que se vendia nas livrarias era livros. O quadro mudou de uns anos pra cá.

Em Mossoró, que se arvora como capital do Oeste, não tem mais uma livraria de livros. As livrarias são de material escolar, quase que exclusivamente. As que vendem livros, não priorizam os livros, mas o material escolar e esportivo.

O fenômeno já se tornou normal e corriqueiro. O que nos resta é migrarmos para os sebos. Por sinal é um comércio que cresce a cada dia.

sábado, 25 de dezembro de 2010

A 100 POR HORA

Incrível, gente! Incrível mesmo é o comportamento de alguns motoristas de alternativo no item botar cinto de segurança antes do cruzamento de Zé da Volta quando vamos a Mossoró e na volta, antes do posto da polícia rodoviária.

Segundo a mentalidade deles, só pode haver um acidente logo depois daqueles lugares.

A cem ou mais por hora, não há nenhum perigo, desde que seja fora daqueles percursos.

Incrível! Mas é a mais pura verdade. Educação para o trânsito já!

FRANCISCO CARLOS DE CARVALHO II

O cargo de vereador nos anos 70 não era tão cobiçado como nos dias atuais por várias razões. Uma delas era a remuneração. Nem o vice-prefeito sequer recebia dinheiro pelo cargo.

Se por um lado era desestimulante ser vereador, pelo outro, era compensador porque o candidato investia muito pouco em sua candidatura. Para ganhar, bastava ter uma família unida e uns poucos amigos. Com poucos votos e um punhado de amigos e familiares, o candidato estava eleito.

Ser vereador também era sinal de respeito na sociedade. Muito mais do que hoje. Se o candidato não digladiava-se com os outros, utilizando sua prata para chegar ao poder a todo custo, chegaria ao poder sem que fosse exigido dos súditos.

Foi nesse contexto que Francisco Carlos foi vereador na quinta legislatura, de janeiro de 1971 a janeiro de 1973.

Foi colega de trabalho a senhora Antônia Auta Bezerra de Mendonça, conhecida como Tonhita de Venceslau. Tonheiro Barbosa, Eliseu Freire, Zé de Cocó, Manoel Messias e Nelson da Farmácia, completavam a lista. Eliseu Freire foi vice-prefeito na gestão de Vicente Rocha; Tonheiro chegou à presidência da Câmara e Nelson foi candidato a prefeito em 1976.

Francisco Carlos não continuou com mandatos eletivos, mas prosseguiu na política durante muitos anos. Em todos os pleitos, era consultado pelos candidatos, tendo em vista sua liderança que conquistou. Sempre falava em política. Havia uma admiração recíproca com o ex-prefeito Rosvaldo Bezerra.


sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

UM DIA ESPECIAL

Hoje, apesar dos pesares - leia-se exploração comercial - é um dia especial porque mexe com todo mundo. Não importa a que grupo ou grupelho a pessoa pertença, todo mundo de certa forma lembra-se do homem que dividiu a História em duas partes: antes e depois.

Até os que se voltam totalmente para o papai Noel não podem se esquecer do "aniversariante".


FRANCISCO CARLOS DE CARVALHO

Faleceu ontem Francisco Carlos de Carvalho. O saudoso ex-prefeito Rosvaldo Bezerra o saudava como "Chico Preto de Umari".

Chico Preto, além de cabeleireiro - época em que ainda chama-se barbeiro - foi vereador ainda na época em que os edis não eram remunerados. Foi na primeira gestão do prefeito Luiz Cândido.

Noutras postagens darei mais detalhes.

O sepultamento será ainda hoje pela manhã. Antes haverá homenagens na Câmara de vereadores.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

MEU PARTIDO E O BOM POLÍTICO

"O meu partido é um coração partido", cantou Cazuza no final dos anos 80. Ele desencantou-se com os partidos e os políticos já naquele tempo.

E continuou cantando em sua "Ideologia": "as ilusões estão todas perdidas".

Desiludido com os políticos e os partidos, um cidadão daqui desabafou nesses termos:

Político bom é aquele que compra e paga."

Fim de papo!

O QUE SIGNIFICA O NATAL

Natal, sem sombra de qualquer dúvida, é sinônimo de gastança, exploração. O significado que poderia e deveria ser levado em conta não aparece.

O clima natalino é visto com a maior precisão, mas não do jeito que se propunha fazê-lo. Infelizmente é este o quadro que aparece no período e nenhum outro qualquer.

COLEGA DE INFÂNCIA

Soube ontem à noite que um vizinho de infância e colega da escola de Nilra, foi assassinado no Ceará e sepultado ontem em Jucurutu.

Trata-se de Luizinho, filho de Seu João Conceição e primo de Aisamaque, secretário de Agricultura. Ele tabalhava no ramo de vendas de redes, etc. Vender e comercializar era o forte dele.

Luizinho era o mais novo dos três filhos homens de Seu João Conceição. Estudou comigo na escola da Rua das pedrinhas entre dezembro de 1973 e março do ano seguinte.

Estudávamos na escola de Nilra para "desarnar". Tenho boas lembranças daquela época em que estávamos dando os primeiros passos nas letras e números. Saudade!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

LIMÃO AZEDO

Meu texto é oriundo de uma ideia roubada, ainda hoje, naqueles momentos do "conversa vai, conversa vem".

A ideia é basicamente esta: se alguém te dá - até obriga a tomar - um suco forte de um limão bem azedo, qual é a solução?

Responde o meu amigo: é tentarmos botar pelo menos um pouco de açúcar para que o suco não fique tão ruim de beber.

Foi assim que nós - numa conversa informal - discutíamos um assunto bem sério. Decidimos que iríamos botar açúcar num limão bem azedo que estavam oferecendo a gente.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

MOMENTOS DE APERREIO

Fim de ano é tempo de se colocar termo à atividades que começamos no início. As atividades escolares é um bom exemplo.

Isso vale para os alunos, mas também para os professores. Se os alunos necessitam obter uma nota final – média anual – para galgar uma outra série, a gente, muito mais do que eles, necessitamos de concluir as atividades e fecharmos o ano letivo.

Fim de ano letivo é tempo de aperreio também para a secretaria escolar. Sem as notas, não haverá renovação de matrículas.

Quem também passa por momentos aperreados são os governos, principalmente os que vão deixá-los, e ainda por cima, não se saíram bem nas eleições.

É o caso do governo do Rio Grande do Norte. Com a equipe de transição, hoje sabemos que o Estado – que há poucos meses, ainda durante a campanha – estava com a receita equilibrada.

Agora, a coisa é outra. Não podem negar.

O fim do ano está se aproximando. E todos – mas todos – precisam fechar o balanço final.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

ARQUITETURA

Um dos muitos assuntos da feira do Alfredo Simonetti foi a arquitetura. Eles discorreram sobre o tema fazendo um histórico da arquitetura, com destaque para Oscar Niemayer.

Ficaram devendo o enfoque na arquitetura local.

COMÉRCIO NO PASSADO

O comércio no passado foi um dos temas trabalhados pelos alunos da Escola Alfredo Simonetti em sua feira de ciências e cultura, na sexta passada.

Eles enfocaram a forma como as pessoas vendiam seus produtos, com ênfase no peso das mercadorias:

"Antigamente não se vendia produtos já prontos, pesados, como agora."

Então, eles mostravam quilos de arroz e feijão. Depois explicavam como era antigamente.

Os shoppings centers, em comparação com o passado também foi objeto de explicação sobre o comércio ontem e hoje.

JORNAL DE UPANEMA É DESTAQUE

Uma das apresentações feitas pelos alunos da Escola Alfredo Sinometti na feira de ciências e cultura (sexta passada) foi sobre o Jornal de Upanema.

Na sala em que a mídia local era destaque, o nosso jornal foi destacado pelos apresentadores, ao lado de um jornal falado.

Noutra sala, os estudantes fizeram uma exposição de recortes das principais matérias e entrevistas que o Jornal de Upanema fez durante os sete anos de existência.

Eles também explicavam aos visitantes a trajetória do jornal desde a fundação até as perspectivas para o futuro. E mais: falavam com muito orgulho.

Foi gratificante a gente ver que o que produzimos está sendo reconhecido pela sociedade. Para nós é motivo de orgulho. No bom sentido, é claro.

É com gestos desse tipo que nos empurram para frente e faz a gente ouvir uma voz que diz:

-Vocês não podem recuar. Têm de continuar, porque o Jornal de panemajá se tornou patrimônio de Upanema.



domingo, 19 de dezembro de 2010

PENSAMENTO DE CHAPLIN

"Só a verdade e a beleza podem convencer o público". (charles Chaplin)

DIA DE BATALHA

Hoje é o primeiro dia de disputa por uma vaga na Universidade. É o tradicional vestibular da UERN.

Semelhante a uma guerra entre nações, o vestibular constitui-se numa grande guerra, na qual cada pessoa luta pela sobrevivência e tenta minar o adversário.

Diferente das guerras tradicionais, aqui não se luta ao lado de companheiros que o defenda. Aqui cada pessoa que está ao seu lado quase sempre é um inimigo que está ali para lhe tirar o couro.

Empunhando as armas do saber, cada um dar o que tem. Se estiver despreparado, fatalmente sucumbirá. A vantagem é que terá muitas outras chances de se reabilitar.

Vestibular é como carnaval: tem todo ano e ainda fora de época.

sábado, 18 de dezembro de 2010

ESSA TAL QUALIDADE

"Professor será prioridade, diz novo secretário da Educação de São Paulo". Ele pretende primar pela qualidade do ensino.

O Portal Aprendiz traz uma reportagem que divulga um documento que traz propostas para a melhoria da Escola Básica:

• A reestruturação da formação e da carreira do magistério;
• O fortalecimento da liderança e da capacidade de gestão nas escolas;
• A reforma da estrutura da escola e novos sistemas de ensino;
• A reforma do ensino médio;
• A criação de um currículo mínimo nacional e o aperfeiçoamento das avaliações e reforço das políticas de investimento.

Dos pontos acima, há uns que na minha visão, podem mudar o quadro por que passamos na qualidade ruim do ensino. Estamos falando da realidade do Estado de São Paulo. No nosso a coisa não é diferente. Eles lá podem se gabar de serem um Estado importante no setor de produção, mas no item educação estão muito parecidos com a gente.

Sobre os pontos acima, a carreira do professor mexe, com certeza, com a qualidade do ensino porque mexe com a qualidade de vida.

Quanto a qualidade e capacidade de gestão das escolas, é um assunto bastante complexo. Tentar fortalecer a gestão e capacitá-los não é tarefa fácil. Capacidade não se ensina: depende de cada um. Não podemos transmitir capacidade a outra pessoa. Há tanta gente se capacitando, mas entre grandes aspas.

Uma escola com uma estrutura física excelente poderá fazer milagres. Ela aumenta a autoestima de todo mundo que lá comparece. O Calazans que o diga.

Reformar o Ensino Médio. Mas reformar em que sentido? Seria mexer na grande curricular? Seria tirar uma disciplina e colocar outra? Seria criar algumas disciplinas que não têm profissionais disponíveis? Aqui no Rio Grande do Norte ano após anos temos mudanças. Desvincularam Literatura e Redação de Língua Portuguesa. Isso não foi legal. As escolas particulares não mudaram. Durante uns tempos tiraram Filosofia e Socilogia da grade. Há tempos que tiram uma disciplina e botam outras. Há anos que diminuem aulas de uma matéria e aumentam noutras.

Como foi provado, nada mudou para melhor.

A melhoria da qualidade do ensino é um parto bastante difícil. Ela não deve mudar através de ações isoladas, como o investimento no profissional e na estrutura física das escolas. Não é mexendo na grade que as coisas melhoram. É preciso mexer na consciência de todos, inclusive na dos pais e dos discentes. Os pais precisam estar cônscios de suas responsabildades. Pra que pôs os filhos no mundo?

Quanto aos alunos (que precisam ser mais estudantes) devem entender mais e mais a sua missão como tal. Eles devem olhar pra um lado e outro e se perguntarem: o que estou fazendo aqui? O que eu quero realmente que a escola faça por mim? Se eles conseguirem responder a esses questionamentos, já é meio caminho andado.

Depois disso, conscientes do que querem, já poderão tomar um rumo: ou assumem seu papel, ou procurarão outro destino fora da escola.

PASSANDO POR AQUI

Esteve aqui ontem na cidade, numa rápida passagem, o ex-colega de Universidade e de profissão, o amigo paraibano Francisco Soares Vieira.

Ele estudou na mesma sala comigo o curso de Letras pela UERN - no tempo em que ainda chamávamos FURRN.

Soares, ao passar no concurso para professor em 1989, necessitava de uma escola na regional de Mossoró. Foi então que ele veio para Upanema e justamente na nossa casa, na Rua Francisco Agostinho. Na Escola Estadual José Calazans Freire, antiga CNEC, ele lecionou Literatura e Língua Portuguesa.

Morou em Upanema durante todo o ano letivo de 1990, no fim da era Geraldo Melo. Depois transferiu-se pra Mossoró e hoje está em Parnamirim.

Ainda ontem Soares seguiu viagem para sua terra, a cidade paraibana de Brejo do Cruz, a mesma do cantor Zé Ramalho. O tempo estava muito apertado, mas pudemos relembrar os bons e os difíceis momentos que dividimos há exatamente vinte anos. Ainda sobrou tempo para a gente visitar a barragem de nossa cidade. Ele veio acompanhado de um sobrinho que mora em Minas Gerais.

ÚLTIMA HORA

Muitos alunos vestibulandos ainda fazem revisão no dia de hoje, que é o que antecede o vestibular. Há divisão de opinião. Alguns preferem nem pegar nos livros e apostilas nesse dia, porque acham que o que tinham de dar, já deram. Outros preferem estudar até a última hora.

O bom é que cada um faça o melhor para si. E vamos à luta. Viver é lutar.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

CHOVE CHUVA

A chuva da tarde de hoje, entrando pela noite, impediu que houvesse algumas atividades na cidade como a normalidade das aulas no turno da noite.

Alguma coisa está se configurando como um inverno para o ano que vem.

Entretanto, escutei algumas vozes experientes sobre o inverno que disseram haver anos que as chuvas de dezembro os deixaram sem colher uma espiga de milho ou um quilo de feijão no ano seguinte. Foi uma seca verde ou total. Mas esse é somente mais um relato dos muitos que escutamos sobre o inverno.

FEIRA DO ALFREDO SIMONETTI

Estive hoje na Feira de Ciêncas do Alfredo Simonetti hoje. Amanhã estaarei postando algumas impressões do que vi lá.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O MÍNIMO DO MÍNIMO

Nos tempos da inflação galopante no Brasil, o salário mínimo, ao contrário de agora, perdia seu valor por um curto período de tempo.

Os grandes defensores de salários melhores para os trabalhadores, como a CUT e outros sindicatos, diziam que a inflação corroía o salário.

"O salário mínimo é o mínimo do mínimo", diziam eles.

Hoje o salário mínimo continua ainda muito aquém de um salário adequado e justo, mas essa história de "mínimo do mínimo" eu não escutei mais.

Hoje escuto muita gente falar de mínimo do mínimo quando refere-se a atitudes e comportamentos.

"O conteúdo dado aos alunos de escola pública é o mínimo do mínimo. Por isso que eles não se dão bem nos vestibulares. Por isso que eles precisam de cota para que tenham mais vagas nas Universidades".

Ou noutra ocasião: "Botar o lixo no depósito de lixo é o mínimo do mínimo que devemos fazer como cidadão."

Expressões como essas e outras desaparecem e ressurgem depois com outros sentidos.

PROGRAMAÇÃO DE HOJE DA FEIRA DE CIÊNCIAS E CULTURA DA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ALFREDO SIMONETTI

Palestras

8:00h
Local – Centro de Convenções
Tema – A arte de ler e escrever
Palestrante – Antonia Zilma (12ºDIRED)

13:30h
Local – Centro de Convenções
Tema – Programa Saúde na Escola e Hábitos Saudáveis
Palestrantes – Regivânia Moura e Célia de Medeiros.

19:00h
Local – Centro de Convenções
Tema – Educação começa em casa ( pais e responsáveis)
Palestrante – Dr Emanuel Jonas Freire.

DESPORTISTAS UPANEMENSES CONSEGUEM MATERIAL ESPORTIVO ATRAVÉS DO MINISTÉRIO DOS ESPORTES

Direto de Brasília, a prefeita Maristela Freire manda boas notícias para os desportistas upanemenses. A prefeita conseguiu junto ao Ministério dos Esportes, material esportivo de várias modalidades, que serão distribuídos com os desportistas da cidade e zona rural. O material é composto de bolas de futsal, vôlei, futebol de campo, redes para quadras de futsal e campo, redes de vôlei, camisas de time etc. Essa foi uma solicitação da prefeita Maristela desde a sua última viagem a Brasília, onde se encontrou com o ministro Orlando Silva. Segundo a prefeita, foi feita uma relação do material que o município precisará no ano de 2011, pela Coordenação de Esportes do município e, repassada ao Ministério. Diante da relação, não foi possível a contemplação imediata com todos os pedidos, mas existe o comprometimento por parte do Ministério em enviar o restante do material em breve.

A prefeita também esteve visitando os Ministérios do Turismo e a FUNASA. No Ministério do Turismo, a prefeita foi levar alguns documentos para sanar algumas pendências burocráticas. Na FUNASA, Maristela se reunião com responsáveis pelo órgão, que deram boas notícias sobre a liberação do início da obra de saneamento do município. A prefeita foi informada que na quinta-feira à tarde, deverá participar em Natal, de uma reunião que irá dar um grande passo para liberação da obra tão aguardada pela população upanemense.

A visita a gabinetes de parlamentares também foi outro ponto importante no dia da prefeita Maristela. Ela entregou a deputada Fátima Bezerra – PT, a solicitação da construção de uma escola na comunidade de Palheiros III. A solicitação já tinha sido feita na última sexta-feira, quando da visita da deputada a comunidade. A oficialização do pedido foi protocolada e deverá contar com o empenho da deputada para liberação dos recursos, já que a mesma assumiu o compromisso em lutar pela construção do prédio. Outro pedido da prefeita a deputada refere-se a aquisição de equipamentos para o Centro de Convenções de Upanema. A solicitação inclui equipamentos de sonorização, iluminação, projeção e cortinas. Segundo o secretário de Turismo e Comunicação de Upanema, Anaximandro Eudson, esses equipamentos serão importantíssimos para que o Centro de Convenções possa oferecer com melhor qualidade, um ambiente adequado e com toda estrutura para população.

Maristela ainda visita ministérios e gabinetes parlamentares hoje. A volta da prefeita ao estado está prevista para amanhã.

FONTE:Sec. Turismo e Comunicação – www.prefeituradeupanema.blogspot.com

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

HISTÓRIA DE UPANEMA É ASSUNTO DE FEIRA DE CIÊNCIAS DE ESCOLA

A história de Upanema será explicada por alguns alunos na feira de ciências e cultura da Escola Estadual Professor Alfredo Simonetti.

A feira do Alfredo já começou hoje, mas o ponto alto, na minha visão, será na sexta-feira, durante os turnos matutino e vespertino.

A história de um lugar não deve ser esquecida. Vamos lá ver o que a garotada vai mostrar pra a gente.

SAINDO DA TARDE

Saudade.
Palavra que chega
Na nossa cabeça
Nessas horas
Que vão
E chegam a noite.
Ela - a saudade
Se parece com fim de tarde
E consequentemente
Entrada da noite.

Chega sem avisar
E igualmente desaparece
Sem que percebamos.


CONVITE DO DIRETOR DA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ALFREDO SIMONETTI

A Escola Estadual Prof. Alfredo Simonetti tem a honra de convidar Vossa Senhoria para participar da VI FECCEAS ( Feira de Ciências e Cultura da Escola Alfredo Simonetti ) com o tema “Profissão – uma escolha para a vida” que realizar-se-á nos dias 15 a 17 de dezembro de 2010, com a seguinte programação:
• 15/12 (quarta-feira) Ação cidadã – (corte de cabelo, maquiagem, depilação e aplicação de flúor).
8:30h
Local – Escola Estadual Prof. Alfredo Simonetti
• 16/12 (quinta-feira) Palestras:
8:00h
Local – Centro de Convenções
Tema – A arte de ler e escrever
Palestrante – Antonia Zilma (12ºDIRED)
13:30h
Local – Centro de Convenções
Tema – Programa Saúde na Escola e Hábitos Saudáveis
Palestrantes – Regivânia Moura e Célia de Medeiros.
19:00h
Local – Centro de Convenções
Tema – Educação começa em casa ( pais e responsáveis)
Palestrante – Dr Emanuel Jonas Freire.
• 17/12 (sexta-feira) Exposição dos projetos
Local – Escola Estadual Prof. Alfredo Simonetti
8:00h as 11.00h – manhã
13:00h as 16:30h – tarde.

AULAS PARA VESTIBULANDOS

Hoje teremos aula de Geografia, na Escola Estadual José Calazans Freire, a partir das sete da noite.

Todos os alunos são convidados para revisão na reta final que antecede o vestibular da UERN.


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

A SABEDORIA E A INSTRUÇÃO

"Os estultos desprezam saber e instrução". (Livro dos Provérbios de Salomão 1,7).

Num mundo globalizado, internetizado e moderninho até demais, há uma tendência a que cada um queira aprender sem que necessite de instrutor.

Saber - informação - instrução: elementos indispensáveis nos dias agitados e hoje. Não sabe? Pergunte, pesquise. É isso!

PROGRAMA DE GOVERNO DO PARTIDO BEM EFICIENTE - EDUCAÇÃO

Olha o que escreveu Stephen Kanitz sobre soluções para a Educação:

Aumentando a Eficiência.

Para aumentarmos a eficiência do ensino, basta uma única medida administrativa para os professores melhorarem seu desempenho.

Nenhum professor poderá corrigir as provas de seus próprios alunos. Provas finais serão corrigidas por órgãos independentes.

Professores fingem que ensinam, e passam despercebidos dando boas notas no final do curso.

Quando um órgão independente corrige as provas, quem é avaliado no fundo é o professor.

Não é à toa que os melhores professores no Brasil são de cursinhos.

Não são eles que corrigem a prova do vestibular.

(www.kanitz.com.br)

RAMOS E FLORES

Naturalmente
Em período chuvoso
Crescem
Renovam-se
Sem que o toquemos.

Vestem-se
De uma bela roupagem
Verdinhas
Embelezam a natureza
E limpam nossa vista
Que ao longo do estio
Vivia ofuscada.

Os galhos secos
Transformaram-se
Em lenhos verdes
E as flores
Saem da murchesa
E abrem
Para também
Limpar nossa vista.

QUANTO LIXO!

Muito impressionante a quantidade de lixo que ficou espalhado até o outro dia da manhã seguinte ao bingo.

Numa pequena análise, podemos verificar que o ser humano produz uma quantidade de lixo muito grande e ainda não conseguiu, por definitivo, transformá-lo em utilidade.

Noutras paragens já há soluções para o problema. Pelo visto, por aqui, ainda vai demorar um tempão.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

PREFEITA ASSEGURA PAGAMENTO DO 13º SALÁRIO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

A Prefeitura de Upanema estará creditando na noite de hoje, o pagamento do 13º salário da grande maioria dos servidores municipais. A exceção serão os Agentes de Saúde, que depende do repasse do Governo Federal.

Segundo Gilvandro Fernandes, Controlador Geral do Município, assim que o Governo Federal enviar os recursos, o 13º salário dos Agentes será depositado nas contas. A prefeita Maristela conseguiu concluir mais uma etapa do seu compromisso com os servidores municipais, pois era grande a expectativa com relação ao pagamento do 13º salário. Agora, o desafio maior é garantir o pagamento do mês de dezembro.

Em conversa com a assessoria de comunicação da PMU, a prefeita se mostrou otimista e acredita que sua administração conseguirá honrar mais esse compromisso. “Tivemos que tomar medidas amargas, mas acreditamos que foram necessárias para garantir o pagamento de todos os servidores”, concluiu a prefeita.

FONTE: Secretaria de Turismo e Comunicação – www.prefeituradeupanema.blogspot.com