quinta-feira, 31 de outubro de 2019

SEM GRAÇA

O dia das bruxas, celebrado principalmente nos Estados Unidos, para a cultura brasileira não tem nenhuma graça.

Penso assim, e muitos como eu.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

SE LIGA NA ORTOGRAFIA

Prova de redação

Uma palavra homônima muda totalmente o sentido da palavra. Paço é diferente de passo, mesmo que a pronúncia seja a mesma.

O candidato desatento com relação à ortografia não pode errar nesse sentido, pois o leitor perceberá e cobrará.

E se o leitor for quem estiver corrigindo a prova?

terça-feira, 29 de outubro de 2019

SEDIMENTADAS

Nem todas as ideias sedimentadas são saudáveis à nossa vida. 

Às vezes preferimos não mudar de ideia e agimos como Deus: Eu sou.

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

SEGUNDA PARADA

Hoje o serviço público está parado.

Há unanimidade  ou quase isso sobre o fato que a maior vantagem de se pertencer ao serviço público é essa paradinha apelidada de ponto facultativo.

domingo, 27 de outubro de 2019

UMA SEMANA PARA OS FINALMENTES

No próximo domingo, 3, será a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM.

Os inscritos farão prova de redação, linguagens e códigos e ciências da natureza. 

A semana que entra é somente para os finalmentes. Nada de estudos profundos. "Isto não te pertence mais". Agora é centrar-se no que aprendeu nesses anos de estudo e controlar as emoções.

QUEM SE LEMBRA?

TOCO DE CIGARRO


"Liroca tirou um toco de cigarro de trás da orelha, prendeu-o entre os dentes e, esquecido de acendê-lo, ficou olhando para o céu." (Trecho de "O continente", da obra grandiosa O tempo e o vento, de Érico Veríssimo, página 12)

A história do início do Rio Grande do Sul é bastante longa. Foi dividida pelo autor em três partes: o continente, O retrato e O arquipélago.

No fragmento que destaquei, Liroca, um maragato destemido e macho, me traz à lembrança um senhor que conheci na meninice, entre a Carnaubinha e Baixa do Juazeiro, ele muito novo ainda, talvez uns trinta anos e eu, dez ou menos. O senhor da minha lembrança não tinha nada de seu Liroca a não ser colocar a piúba do cigarro por trás da orelha. A bem da verdade, nunca o vi fumando. Uma das marcas daquele senhor era ter aquele hábito.

Aquele senhor faleceu há uns dois anos atrás. Sem letras, sem estudo - nunca conheceu a história de seu Liroca - e nunca manejou uma arma. Mas vejam só: como os humanos, mesmo longe do outro, têm hábitos idênticos. Certamente Érico Veríssimo conhecia uma pessoa de carne e osso como a que eu conheci na zona rural de Upanema.  

Quem se lembra de alguém que usava ou ainda usa toco de cigarro de trás da orelha?



sábado, 26 de outubro de 2019

QUE PALAVRA!

Caburé - Cafuzo. Caboclo (de cor acobreada e cabelos lisos). Nome comum a pequenas corujas com tufo na cabeça. (Aurélio)

Ninguém por aqui chama caburé, mas caboré.

"Ave notívaga Vive nos buracos do chão. Espécie de coruja. Diz-se caboré a um homem taciturno. Caladão. Notívago."

Assim define a palavra em evidência Raimundo Nonato em seu Calepino Potiguar.

De caboré ainda podemos dizer que um homem dito feio e orelhudo é apelidado com esse nome.

MANHÃ

Manhã azul e branco. Nuvens dividem o céu com o lindo azul.
E para melhorar, temos momentos de nublagem.

ESTILO DE VIDA

A geração de hoje, desde as crianças até os que tem vinte e poucos anos, é uma geração literalmente do barulho. Gostam do barulho e fazem muito barulho.

Assim, se está na rua, necessitam de um carro com som nas alturas, mesmo que perturbem pessoas a longa distância. Se está na escola, não se importa com o barulho do colega. E se ninguém reclamar, enfiará nos ouvidos fones. A aula que se dane, pois não é pra ele.

Depois de algum tempo com esse estilo de vida, surgem as inquietações. Fingem não saber de que se trata. Mas eu sei.

FRASE PRA COMEÇAR O SÁBADO

Conselho

Nunca vá à festa gratuíta. Pelo menos eu nunca vou.

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

O CERTO

Aqui e acolá presenciamos pessoas que dizem que aquilo ou aquela outra coisa deve ser feita daquela maneira. O remédio para aquele mal é tal e qual.

A depressão já é considerada doença e todos dizem saber sua prevenção, mas poucos largam as armas que as ferem e depois levam a ela.

O cigarro, as bebidas e todas as demais mazelas da sociedade matam, mas muitos esperam pela doença para tentarem a cura.

O certo é certo. Sempre é bom lutar por isso.  

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

NOVOS VENTOS


Novos ventos vêm por aí. Antecipo a renovação na câmara de vereadores de Upanema. Alguns nomes estão botando a cabeça fora bem antes do período permitido pela legislação.

Já botaram a cabeça pra fora como quem dizem:

I am here. Ou. "Já estou aqui e quero que me vejam como alguém que vai disputar uma vaga."

Tem um acolá, que pelas minhas contas, ele quer coisa de novo.

Ele já está aqui há muitos anos. Avisou.

O DIREITO: TODOS SABEM UM POUCO

Como reproduzi um texto neste veículo de comunicação recentemente no qual mostrava que a medicina é a profissão mais frequente, elejo o Direito como a segunda profissão mais frequente, mesmo no meio do povão que nunca pisou num banco escolar.  Todo mundo gosta de julgar os outros, apesar dos alertas bíblicos.

No caso do direito constitucional e penal, está na cabeça de todos o que pensa sobre se a lei deveria ser assim ou daquele jeito.

O correto é levar à prisão imediatamente após a segunda instância ou até esgotar todas as instância?

É o que ora julga o STF nesses dias.

O ASSUNTO É A BASE

De tempos em tempos, os grandalhões da Educação resolvem mudar algumas diretrizes do ensino.

Há mais de vinte anos, foram os PCNS - Parâmetros Curriculares Nacionais - que vieram para revolucionar o ensino. Vinha como uma proposta de melhoria, já que, segundo eles, a escola não andava bem das pernas.

Os PCNS, apesar de não ser lei, fez um grande estrago na educação. Foi isso que vi muitos anos depois.

Tenho críticas severas contra aqueles parâmetros, visto que, pasmem, dentro deles há uma base forte para o freirismo.* E por falar em freirismo, a culminância foi o patrono da educação brasileira levar o seu nome.

Agora é a Base Nacional Comum Curricular que está em discussão. Ela já começa mal, pois propõe as mesmas diretrizes defendidas pelo nosso patrono. Resumindo: tem tudo para continuar estragando a educação.

*Referência ao educador Paulo Freire


quarta-feira, 23 de outubro de 2019

BOM PRA VISTA

De repente o mundo ensaia uma volta ao passado, influenciado sabe lá por que.

O podcast, que já foi desse humilde instrumento de comunicação, é uma nova forma de comunicação à moda antiga. Hoje o podcast substitui o rádio, com a diferença que são textos gravados e por uma plataforma moderníssima.

Por outro lado, as mídias digitais são indubitavelmente nocivas à vista. Se essa moda dos pods pegar de verdade, a vista das pessoas vai agradecer sobremaneira.

terça-feira, 22 de outubro de 2019

AGUÁLATRA

De repente, um neologismo

Se para os bebedores de bebidas que contêm álcool, convencionou-se chamá-los alcoólatras, por que não alcunharmos os bebedores de água, mesmo que seja para prevenção de doenças, aguálatras?

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

A POLÍTICA

A política é dinâmica até demais.

Numa hora uma coisa é uma coisa. De repente, mais que de repente, aquela coisa deixa de ser aquela coisa e vira outra coisa que nem coisa era.

SEGUNDA

Segunda lembra segundo lugar, segundos, secundário - antigo segundo grau, hoje ensino médio.

domingo, 20 de outubro de 2019

QUAL A PROFISSÃO MAIS FREQUENTE?

Você sabe, por acaso, qual a profissão mais frequente? Se você não sabe, ocorre com você o mesmo que ocorreu com aquele sultão: fazendo esta pergunta ao bobo da corte, recebeu imediatamente a resposta: 

-"A profissão mais frequente é a de médico."
Surpresa, admiração, incredulidade.

-"Eu vou provar" - prometeu o bobo.

Na manhã  seguinte, um homenzinho frágil, trêmulo acocorou-se ao lado do portão do palácio. Quase todos os que passavam, paravam e perguntavam ao doente o motivo do seu mal. E quase todos conheciam um bom remédio para o problema. Ou porque este "remédio" também já o tinha ajudado uma vez ou porque livrara sua tia de umas "dorzinhas". Finalmente uma muralha humana rodeou o débil ancião, uma multidão de "médicos" tagarelas, discutindo, questionando. Quando de repente o sultão, sobre o cavalo, apareceu e perguntou a razão do tumulto, o velho levantou-se do chão e tirou a barba do rosto. Era o bobo! 

(Do livro "Como tratar doenças pela massagem reflexógena, do dr. Alfred Bierach, Editora Ediouro, p. 17) 

O que está retratado no belíssimo texto acima é uma grande realidade. Todo mundo que já ficou doente - e quem nunca adoeceu? - já passou pela experiência descrita aqui.


QUEM SE LEMBRA?

Sarampo

A pergunta poderia ser outra: Quem já teve sarampo?

Quem se lembra dos incômodos daquela doença?

Dia D

Ontem foi dia D de vacinação para prevenção do sarampo. Aquilo que era comum outrora em qualquer família, graças aos avanços da medicina, o sarampo não aparece com frequência no presente. Mas se não houver vacinação em massa, ela voltará com força.

sábado, 19 de outubro de 2019

QUE PALAVRA!

Cabrocha- Qualquer mestiço escuro. Mulata jovem. (Aurélio)

Aqui entre nós a palavra cabrocha- é raramente pronunciada. E quando é usada nem é com sentido a uma mulata. Basta ser uma mulher jovem, sem nenhuma notoriedade.


POR UMA ESCOLA DE QUALIDADE

Uma escola de boa qualidade, eis o que todos almejam.

O que é uma escola de qualidade?

É uma escola em que os estudantes aprendam, desde as mais rudimentares às mais complexas.

As dificuldades de aprendizagens são inimagináveis. Há alunos no Ensino Médio que não sabem escrever bem uma frase bem simples como esta: o brasil e feito por nos.

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

O MÉDICO, O PACIENTE E O GALO

Nos  tempos em que não havia tantos médicos como hoje, um senhor foi ao prático para que ele passasse um remédio para sua senhora que estava ardendo em febre.

Depois de contar o que ela tinha, o médico prático receita o remédio e disse que era pra tomar de hora em hora.

"Não tenho relógio pra marcar", disse o homem.

"Tem galo em casa?"

"Tenho"

"Então, cada vez que o galo cantar, dê um comprimido."

"Está certo".

No dia seguinte, o homem vai muito cedo para o doutor se queixar:

"A mulher ainda está se ardendo em febre."

"A mulher tomou o remédio direitinho?"

"Que conversa é essa, doutor? Mulher?

"Como foi que você fez?"

"Cada vez que o galo cantava, eu dava o remédio."

"À mulher?"

"Não. Ao galo". 

NEBLINA

Neblina leve ao morrer da tarde.

Muito do ótimo! Vem em boa hora. Estamos precisando.

MÉDICO

Hoje é o dia deles. Profissão nobre. Além de exigir de cada profissional a vocação, obriga o dobramento a responsabilidade. 

O médico não pode errar de jeito nenhum, a começar pelo diagnóstico entre as milhares de doenças até o remédio certo. E ainda precisa da ajuda indispensável do paciente em tomar o remédio certo e na hora certa.

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

DE QUÊ ESTÃO COM MEDO OS CONTRÁRIOS À ESCOLA MILITAR?

Suspeito de que os que se opõem à escola militar fazem isso por birra ideológica - o governo quer  perseguir os pobres, etc - ou têm medo de dar certo, visto que a escola do passado que nem militar era e deu certo - pode dar certo de novo.

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

A ESMOLA RECEBE REFORÇO

Para cumprir promessa de campanha, o presidente da república assinou ontem o decreto do décimo terceiro do bolsa-família.

O benefício reforçado foi uma sugestão do então candidato a vice, Mourão, no ano passado, quando os adversários apostavam que se o candidato vencesse a eleição, acabaria o programa. Como veem, o tiro saiu pela culatra.

Agora a esmola continua, e ainda de quebra, um reforço.

Sei que para quem não precisa dela, isso não faz diferença, mas que não é sinal de progresso da nação, isso não é.

terça-feira, 15 de outubro de 2019

ANTIGAMENTE NÃO ERA ASSIM

Desde quando comecei a me entender de gente, aquela pessoa que ficava próximo ao quadro e birô era chamado de professor.

Aos poucos, sorrateiramente, inrroduziu-se no meio de nós o educador.

E quando demos conta, já era.

Outros identificam-se como pedagogo.

Duas expressões mais novas foram introduzidas no nosso meio: facilitador da aprendizagem e mediador da aprendizagem.

Num dia como hoje, somente o professor aparece. Amanhã, aposto cem e uma cocada que muitos se esquecerão da palavra professor.

DIA DO PROFESSOR: ALGUMAS HISTÓRIAS

Estudei na antiga Escola Municipal 31 de Março, que depois transformou-se em CNEC e depois escola estadual.

Feito o intróito, passo a recordar como funcionava a estrutura daquela escola. Como hoje, havia um diretor, professores - nem era preciso mencionar professoras - supervisores, coordenador de turno, algumas asgês, alunos - naturalmente - e um vigia.

Quem eram os professores? Alguns eram soldado, outros juízes de direito. Tive diretor-advogado, diretor-médico e diretor-juiz de direito.

Meu depoimento sobre a autoridade do corpo docente é a mais positiva possível. Nunca reclamei dos meus professores ou diretores pela postura deles como superiores a mim.

Minha referência à autoridade é por causa da chegada das escolas militares no Brasil. Sou a favor delas, pois sou a favor da ordem.

Naquele tempo havia indisciplina, mas pelo menos os indisciplinados não tinham apoio de quer que seja.

Que venha a escola cívico-militar. Os bons alunos agradecem.

DICAS PARA PROVAS DO ENEM

Algumas palavras-chave devem ser levadas em consideração. A primeira é leia.

Depois é atenção. Depois vem bastante.

Temos uma geração que lê muito, mas não no formato calhamaço de papel. Assim, muitos ficam muito assustados com aquilo. Depois da leitura, faz-se necessário muita atenção, sem sair do foco.

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

UMA MANHÃ NUBLADA

Num cenário de um incêndio aqui, outro acolá, hoje pela manhã nublou e até pingou levemente. Infelizmente ficamos nos pingos. O resto é calor.

domingo, 13 de outubro de 2019

QUEM SE LEMBRA?

Buzina de plástico

A buzina de plástico pra bicicleta popularizou-se, pelo que me consta, nos anos 80.

Apesar de não ser tão necessário como hoje, a buzina era peça acessória garantida numa bicicleta daquela época.

As cores mais pedidas eram azul e vermelho.

Alguns carroceiros também adotaram a buzina, mas não na proporção da bicicleta.

sábado, 12 de outubro de 2019

ENEM: MINISTRO DIZ QUE NÃO PODE

Pelo Twitter, o ministro da educação, Weintraub, disse que neste ano o telefone não pode tocar durante a prova. 

"Tirando isso, boa sorte! Vai lá que você consegue!". Palavras textuais do ministro.

Como veem, o foco está na disciplina. Não que o Enem tenha sido um exame indisciplinado. Fiz um em 2013 e vi o quanto eles prezam pela disciplina. Só não entendo porque na base muitos chamam isso de opressão.

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

ESCOLA MILITAR: O QUE ENTENDEMOS

Em conta-gotas

O assunto da escola militar é tão complexo para muitas pessoas que devemos tratá-lo em conta-gotas.

Para os que são contra pelas vias ideológicas, não tem jeito. Só quem pode fazer com que mudem de opinião é o tempo.

NOVO IMPRENSÃO

Novo imprensão em breve. Será dia imprensado na próxima segunda-feira. Terça-feira é dia do professor.

Ou do educador?

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

A BELEZA E COMPLEXIDADE DA LÍNGUA

A beleza da língua portuguesa é que ela é feita feita também com o auxílio de outros idiomas.

Ite é sufixo que significa inflamação. Assim fica fácil: bronquite é inflamação dos brônquios. Apendicite é inflamação da apêndice.

Há quem diga que está com apêndice, quando está com apendicite.

A complexidade da língua é para chamar a atenção dos desavisados e fazê-los estudar mais.

AS ITE

Pelo visto, todas as ite doem muito.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

OLHAR PARA 2020

Não faltou aos analistas políticos um olhar para o próximo ano, eleitoral, depois que os votos foram apurados para o Conselho Tutelar. Muitos veem uma tendência do eleitorado pender para um lado da balança política.

Outra constatação é que alguns dos nomes dos eleitos podem ser colocados no jogo, sejam como candidatos ou cabos eleitorais.

SOSSEGO

Sossego é um dos grandes bens.

terça-feira, 8 de outubro de 2019

MUNDO TRANSFORMADO

As coisas do mundo estão andando tão depressa que não conseguimos alcançar nada: nem a tecnologia, nem a linguagem, nem as notícias.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

ELEITOS DO CONSELHO

Mateus Rocha, Maria Gilvanete, Joyce Fernandes, Paulo Gondim  e Elma Carvalho são os nomes, pela ordem de número de votos, eleitos ontem para um mandato de quatro anos no Conselho Tutelar.

Capto a informação do Contexto Upanemense, blog de Renato Medeiros.

AS DORES DO MUNDO

Muitas dores pessoais refletem as dores por que passa o mundo.

31 ANOS

Constituição de 1988

A Constituição de 1988 foi promulgada em 5 de outubro daquele ano.

Vi pela TV o evento celebrado em Brasília e dirigido pelo então presidente da Câmara, Ulisses Guimarães, deputado do PMDB. Era a chamada constituição cidadã. Muito extensa e complexa, na ótica de alguns críticos.

domingo, 6 de outubro de 2019

sábado, 5 de outubro de 2019

QUE PALAVRA!

Futico: O diabo, segundo o nosso linguajar regional. 

Raimundo Nonato em seu Calepino Potiguar escreve fute no lugar de futico. E o que chamamos futico, ele escreve futrico. Futricar é atanazar, aborrecer, intrigar.

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

DAQUI A UM ANO

De hoje a um ano, neste fim de tarde e já entrando pela noite, já teremos o nome do futuro prefeito de Upanema e de milhares de cidades brasileiras onde onde também não há segundo turno.

Além dos prefeitos, os vereadores eleitos já estão comemorando a vitória. 

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

DIREITO

Além de juiz, somos grandes "entendedores" do direito. Vejo neste momento pela TV um sabichão do direito.

FERIADO NUBLADO

Hoje é feriado nublado. 

Dia de ficar em casa e aproveitar a vida, pois "esta está encolhida".

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

JUÍZES

Acredito que a profissão que mais as pessoas exercem informalmente seja a de juiz.

Frequentemente julgamos e somos julgados.


terça-feira, 1 de outubro de 2019

DEZENOVE ANOS

Eleição pra prefeito

Hoje faz dezenove anos que ocorria uma eleição pra prefeito. Naquele dia, Jorge Luiz era eleito para o primeiro mandato. Tinha como vice, Antônio Targino.

Jorge vinha de uma eleição de vereador da campanha anterior, em 1996, que teve como eleito, Amarildo Martins.

"Primeiro de outubro
Jorge está com tudo"

Era um trecho de uma das músicas de sua campanha.

NA LABUTA

Diariamente estamos na trincheira da vida, na luta sempre posicionando-se  quase sempre na vanguarda.

A vanguarda é o lugar privilegiado de quem luta. E é esse o lugar que devemos estar.

SEGUNDO TURNO

Já estamos em fins do segundo turno do ano. 

PESQUISA

Um instituto de pesquisa estava aqui ontem colhendo dados das duas eleições do próximo ano.

DADOS

Dados já rolam do jogo político do próximo ano.

PROVÉRBIO

Cipó não trepa em pau morto.