domingo, 24 de junho de 2018

RESENHA DA COPA

O torcedor upanemense não é diferente dos demais do país. Torce com um pé atrás ou algumas vezes com os dois.
Acredita não acreditando. É um paradoxo cruel que ocorre durante alguns anos. O torcedor torce sem torcer; ganha sem ganhar; perde sem perder.

Haja paradoxo!

Nenhum comentário: