domingo, 12 de maio de 2019

LEMBRANÇAS

Nossa mãe, mesmo não tendo formação escolar, era lutadora para que tivéssemos condições de estudar.

Naquela época, idos dos anos 70, nossas maiores necessidades na escola era possuir caderno e lápis. Livro, nem se falava, visto que o somente o professor tinha o livro didático.

Para suprir as necessidades básicas da ida à escola, fazíamos trança de palha para que ela fizesse chapéus e vendêssemos a Seu Severino Felinto.

Que tempos difíceis! Nossa mãe deixou o legado do trabalho que nunca irei esquecer.

Nenhum comentário: