quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O QUE FAREMOS DAS REGRAS?

As regras, normas, como queiramos, são coisas da nossa vida que estão entranhadas ou intrinsecamente intrinsecadas, grudadas em nós.

Se elas são chatas, que sejam, mas não podemos viver sem elas. Costumamos reclamar por causas das normas que exigem que façamos isso ou aquilo. Mas elas são indispensáveis até.

Ilustro o assunto acima com as filas e o trânsito. Sem elas, as normas, elas, as filas e o trânsito não sobreviveriam. Imagine as pessoas quererem andar numa via só, pra lá e pra cá.

E num banco, as pessoas quererem ser atendidas tudo de uma vez!

E o pior é que é isso mesmo o que muita gente anda fazendo ou tentando fazer. Cômico, não?
  

Nenhum comentário:

CHUVA NOS ATOLEIROS

Choveu ontem 10mm no sítio Atoleiro, município de Upanema. Por aqui, só nuvens.