domingo, 25 de agosto de 2013

QUEM SE LEMBRA?

Quem se lembra das cigarreiras? 

Cigarreira era um estabelecimento comercial que vendia de cigarro a confeito. Quando apareciam as figurinhas de times de futebol, as cigarreiras vendiam à beça.

Havia  uma cigarreira dessas na calçada do mercado de Upanema nos idos dos anos 80. Era de propriedade de um rapaz, que não era filho da cidade.

As cigarreiras hoje ainda existem, só com um nome diferente: trailler.

4 comentários:

Anônimo disse...

Lembro sim. Essa cigarreira era do filho de uma Srª que veio trabalhar em um cartório de Upanema. Acho que ela era tabeliã. Morava na casa que hoje mora a Srª Neta de Chico Paizinho. Lembro bem da venda das figurinhas dos times brasileiros, acompanhado com um chiclete....

Anônimo disse...

Lembro sim. Essa cigarreira era do filho de uma Srª que veio trabalhar em um cartório de Upanema. Acho que ela era tabeliã. Morava na casa que hoje mora a Srª Neta de Chico Paizinho. Lembro bem da venda das figurinhas dos times brasileiros, acompanhado com um chiclete....

Anônimo disse...

Lembro sim. Essa cigarreira era do filho de uma Srª que veio trabalhar em um cartório de Upanema. Acho que ela era tabeliã. Morava na casa que hoje mora a Srª Neta de Chico Paizinho. Lembro bem da venda das figurinhas dos times brasileiros, acompanhado com um chiclete....

Sarah disse...

XAVIER, PEÇO SE POSSÍVEL PUBLICAR A REDAÇÃO DE DÁRIO FILHO QUE FICOU ENTRE AS 4 MELHORES DO SIMULADO DIOCESANO.
JUVENTUDE EM AÇÃO
Muitos dizem que a juventude brasileira está acomodada, que não tem muito o que fazer a não ser assistir televisão, que não conhece e não luta por seus direitos, que são jovens completamente diferentes daqueles que deporam presidentes e lutaram pelo que queriam. Mas estamos mostrando que não é bem assim.
Pelas manifestações nas ruas, podemos ver que os jovens não estão inertes na sociedade. Estão provando que, em sua maioria são informados e conscientes de sua situação e da situação de seu país, e provando que a juventude não é apenas uma fase de pura rebeldia e experimentação. Porém, a falta de rigor nas escolas e nas famílias também vem mostrando suas consequências. É muito comum ver jovens de diferentes idades indo às ruas apenas para destruir o patrimônio público e causar tumultos em meio as pacíficas manifestações daqueles que desejam ver seu país prosperar. Infelizmente, essas atitudes da minoria estão dando argumentos para quem diz que a juventude é uma fase de rebeldia e que ela não deve ter voz na sociedade. Porém, sabemos que isso não é verdade, quando vemos manifestantes tentando impedir os baderneiros que insistem em manchar os bonitos protestos da grande maioria que está lá para exigir seus direitos.
Contudo, apesar de estarmos provando que a juventude já é uma fase de maturidade,sempre vai haver aqueles que dizem ser uma fase de rebeldia, como também, haverá aquela minoria de jovens que colocam argumentos na boca desses críticos.

QUE PALAVRA!

Carrapeta Pequeno pião que se faz girar com os dedos. (Aurélio) Espécie de pião que é girado com os dedos. (Soares Amora) Pequeno pião. (Ant...