sexta-feira, 14 de abril de 2017

CAFEZINHO

O cafezinho está presente em praticamente todas as repartições pois está entranhado na nossa cultura.

Toma-se café com leite, sem leite ou leite com café.

A palavra café permeia a música, a literatura, a política, enfim.

Na música, Roberto Carlos cantou em português - café da manhã - e italiano - sail away.

Quem não se lembra da velha política do café-com-leite? Um presidente de São Paulo era eleito com a ajuda de Minas. Quatro anos depois, Minas era eleita com a ajuda de São Paulo.

Aceita um cafezinho, caminheiro? Belo conto de autor que me foge da memória é um exemplo na literatura.

Há tomadores circunstanciais de café, beberrões de café, os que tomam somente pela manhã e os bebedores tanto faz.

Sabe-se muito sobre seus benefícios e malefícios, mas ainda há muito o que pesquisar sobre essa bebida. Os estudos sobre o café têm trazido confusão que esclarecomento.

Sei também que há quem sinta dor de cabeça pela tarde e fica curado com uma xícara de café.

Lembro-me de depoimentos de fumantes que não resistem um cigarro depois duma xícara de café.

Esse remédio é tão extraordinário que tem o dia internacional: hoje.


Nenhum comentário: