domingo, 28 de agosto de 2022

ENTRETENDO - EDIÇÃO DE DOMINGO

Manhãs da serra (Mário de Alencar)

Aqui, em cima, graças à altitude e à distância, , graças à indiferença vagarosa da ferro-carril, graças à pobreza da municipalidade, graças à Providência, ainda as casas não estragaram a paisagem, a eletricidade respeita a sombra das estradas; e o aspecto é ainda de campo, ao menos onde me acolhi, e posso alongar a vista, sem a intercepção de casaria aglomerada.

As montanhas dispõem o alto cenário, de modo que se desdobra a madrugada, e a contemplação e o gozo da luz se prolonga, antes que o sol, assomando,  restrinja com o seu fulgor a capacidade do olhar circunfuso.

De lado a lado, de horizonte a horizonte, há uma trepidação azul. Assiste-se ao acordar das árvores: movem-se-lhes os ramos, espreguiçando-se; abrem-se-lhes as vozes que murmuram a primeira oração de bênção ao calor fecundante e sagrado; e de toda espessura do arvoredo o hálito das folhas, que sussurram as palavras em hino, sobe, condensado em névoa. (Do livro Contos e Impressões)

DICA DE LEITURA -  Um clássico da literatura brasileira digno de ser indicado é Inocência, de Visconde de Taunay. A história de Inocência é triste, mas é muito boa de se ler.

Hoje ninguém tem desculpa de não ler, pois há muitas plataformas de leitura. Se você não tem o livro em papel, a grande rede dispõe. 

UFERZA? Deixa de converza!

AJUDE-ME A TE AJUDAR - Há quem não queira ou não tenha dê brechas para que alguém o ajude. Daí o ditado: Ajude-me a te ajudar.

DO LIVRO DOS MIL PROVÉRBIOS - Estejamos alegres porque Deus é totalmente bom e completo.

ANOTAÇÕES DE INEZ - Os ex-prefeitos Antônio Lopes sobrinho e o filho, José Lopes Bezerra, protagonizam o único caso na política upanemense de pai e filho prefeitos da cidade eleitos pelo voto direto.

Inez Tavares de Mendonça faleceu em 10 de abril deste ano. Era assistente social. Pesquisava a história de Upanema. Em 2003, publicou em parceria com seu sobrinho, José Wilson, o livreto "Upanema: A história dos três poderes (De distrito à cidade)".

POEMA (*Severino Ramos)

Tu vens como imperiosa soberana,
O teu longo sorriso me põe medo
Ao te aproximar, fico espavorido
A olhar deslumbrado o teu corpo moreno.

Tu chegas e com teu jeito manso
Me enfeitiçando de pouquinho ao todo...
Semelhante a enlouquecer um louco
Eis que já não sinto, eis que já não penso.

*Severino Ramos era professor da rede estadual. Faleceu há exatamente vinte anos.

INTERNET DE ANTIGAMENTE

Se o estudante do passado estivesse pesquisando sobre Abbot, teria, pelo menos, três Abbots a ser pesquisado: Charles Greeley Abbot, Fernando Abbot e Jônatas Abbot. Escolho o segundo para descrevê-lo aqui:

Fernando Abbot - Médico e político brasileiro, n. (12-7-1857) e m. (1924) em São Gabriel, no Rio Grande do Sul. Diplomado em Medicina, exerceu a profissão e ao mesmo tempo dedicou-se à política. Filiado à facção republicana, coube-lhe assumir por duas vezes o governo do Estado, como vice-governador (1891)  e como secretário do Interior na presidência Júlio de Castilhos (1892-3). Em sua segunda gestão foi criada a Brigada Militar do Estado. Em 1907 candidatou-se à sucessão do Sr. Borges de Medeiros, em oposição ao candidato de seu próprio partido, mas foi derrotado. Viveu os últimos anos em sua cidade natal, dedicado à clínica (Enciclopédia Brasileira Globo, volume 1).

Nenhum comentário:

DICA DE REDAÇÃO DO ENEM

As figuras de linguagens são muitas. Por essa razão é que devemos estudá-las para que possamos utilizá-las adequada e corretamente.